Seguir o O MINHO

Alto Minho

Monção: Um morto e um ferido grave em acidente num poço

em

Um acidente num poço, em Pias, concelho de Monção, causou um morto e um ferido grave, indicou o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viana do Castelo.

Fonte do CDOS de Viana do Castelo referiu que o acidente, que ocorreu às 16:03, aconteceu num poço de 12 metros, durante uma operação de reparação.

O chefe dos Bombeiros de Monção, Hugo Souto, adiantou que a vítima mortal tinha 51 anos e o ferido grave 61 anos.

De acordo com o proprietário do terreno onde se encontrava o poço e que presenciou o acidente, “os dois homens encontravam-se a mudar uma bomba de água”.

“Um dos homens, a vítima mortal, o primeiro a descer ao poço para proceder à mudança de equipamento, deixou de dar sinal. O segundo homem desceu, em seu auxílio, e também foi afetado pelos gases que existem no interior do poço e que não conseguimos identificar”, explicou.

O responsável da corporação local afirmou que o ferido grave “apresentava problemas a nível respiratório, tendo sido estabilizado antes de ser encaminhado para a unidade hospitalar de Viana do Castelo”.

Das operações de resgaste resultaram ainda dois bombeiros com ferimentos ligeiros.

“Apesar de devidamente equipados, sentiram-se muito mal, tendo sido aconselhados pelo médico da viatura VMER, presente no local, a receber tratamento hospitalar”, explicou.

No local estiveram 23 elementos e dez viaturas dos Bombeiros Voluntários de Monção e do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

Notícia atualizada às 09h46, com a correção do posto relativo ao elemento que está a comandar as operações.

Anúncio

Alto Minho

Pixies no festival Paredes de Coura em 2020

Duas das primeiras confirmações anunciadas

em

Foto: DR

Os Pixies e os Woods regressam em agosto de 2020 ao festival minhoto de Paredes de Coura, sendo duas das primeiras confirmações anunciadas pela organização.

A 28.ª edição do festival está marcada de 19 a 22 de agosto, na margem do rio Coura.

Além dos Pixies e dos Woods, que estiveram em edições anteriores do festival e que contam agora com novos registos para mostrar ao vivo, em Paredes de Coura estarão ainda os Parquet Courts e os Black Country, New Road.

Segundo a organização, este ano o Paredes de Coura contou com mais de cem mil pessoas para verem nomes como New Order, Car Seat Headrest, Spiritualized, Father John Misty e The National.

Continuar a ler

Ponte de Lima

CIM do Alto Minho promove debate sobre competitividade, inovação e empreendedorismo em Ponte de Lima

Este mês

em

José Maria Costa vai ser um dos oradores. Foto: DR/Arquivo

A Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho promove, no dia 27, na sua sede, em Ponte de Lima, um debate sobre competitividade, inovação e empreendedorismo 2030, informou hoje a associação que congrega os 10 concelhos da região.

Em comunicado, a CIM do Alto Minho adianta que o seminário, com início marcado para as 09:30, terá como oradores José Maria Costa, presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo e presidente da CIM Alto Minho; Victor Mendes, presidente da Câmara de Ponte de Lima, Carlos Rodrigues, presidente do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC), e Luís Ceia, presidente da Confederação Empresarial do Alto Minho (CEVAL).

O encontro inclui dois painéis sobre “Competitividade, Inovação & Empreendedorismo: Balanço 2014-2020”, nos quais serão abordadas quer as perspetivas europeias e nacionais, quer as perspetivas regionais para 2030.

Os painéis contam com as intervenções de representantes da CIM Alto Minho, da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional Norte (CCDR-N) e de Alexandre Almeida, da Agência Nacional de Inovação (ANI).

Continuar a ler

Alto Minho

Arcos de Valdevez investe mais de 750 mil euros nas estradas municipais

Em 14 freguesias

em

Foto: DR / Arquivo

A Câmara de Arcos de Valdevez vai investir mais de 750 mil euros na reabilitação e beneficiação de vias municipais em 14 freguesias, informou hoje aquela autarquia.

Em comunicado, o município liderado pelo social-democrata João Manuel Esteves referiu que as empreitadas agora consignadas terão um prazo de execução “máximo de 365 dias”.

“Os três lotes de empreitadas dispersas por 14 freguesias do concelho representam um investimento total 751.110,09 euros”, especifica o município, destacando que “as intervenções pretendem contribuir para a melhoria das acessibilidades e da segurança rodoviária das populações”.

Continuar a ler

Populares