Connect with us

Rui Vitória antecipa dérbi com o Braga resolvido nos pormenores

Desporto

Rui Vitória antecipa dérbi com o Braga resolvido nos pormenores

O treinador do Vitória de Guimarães, Rui Vitória, disse hoje que o dérbi minhoto com o Sporting de Braga, na sexta-feira, será resolvido nos pormenores, na antevisão ao jogo da 29.ª jornada da I Liga de futebol.

A equipa vimaranense já defrontou por duas vezes o rival minhoto nesta época, tendo perdido para a Taça de Portugal, em casa, por 2-1, e alcançado um ‘nulo’ para o campeonato, em Braga. Para o técnico, o equilíbrio reinou nessas partidas.

“Vamos encontrar um Braga que tem qualidade. Vamos colocar as armas em campo para ganhar, como o Braga vai fazer. Cada uma das equipas tem os seus argumentos. Já fizemos dois jogos e nenhuma das equipas se superou muito. Amanhã [sexta-feira], os pormenores farão a diferença”, afirmou.

O treinador vimaranense reconhece a importância do ‘duelo’ para as cidades e para os adeptos de ambos os clubes, mas adiantou que a equipa tem preparado este jogo como todos os outros do campeonato.

“É bom que exista este tipo de dérbi no país. Vamos jogar aquilo que estamos a trabalhar. O Braga é uma boa equipa, como muitas que encontrámos no campeonato, mas nada mais do que isso. É um jogo especial, mas se dissesse que nos íamos entregar mais, isso significaria que nos outros jogos não o teríamos feito”, afirmou o técnico.

Derrotado pelo Moreirense na jornada anterior (1-2), o Vitória, com 43 pontos, ficou apenas com um ponto de vantagem sobre o sexto classificado, o Belenenses, mas Rui Vitória negou que a equipa sinta qualquer pressão adicional para o jogo com os bracarenses.

“Sempre senti essa pressão. Desde que estou aqui, já percorremos os lugares todos da classificação. É a pressão de apanhar o da frente. Vamos jogar com o adversário que está à nossa frente e tentar somar mais três pontos. O importante é ir somando, e, no final, fazemos as contas”, reiterou.

O treinador vitoriano abordou também a contestação dos adeptos à equipa, após a partida de Moreira de Cónegos, e constatou que, após o mau resultado, a “tristeza veio ao de cima”, fazendo questão de agradecer o apoio dos adeptos.

Rui Vitória, recorde-se, foi expulso contra o Moreirense, mas, após a análise ao lance, o castigo foi anulado, pelo que o técnico vai poder sentar-se no banco no dérbi minhoto.

“Considero que, fruto das circunstâncias, me exaltei uma vez ou outra, mas, no lance em que fui expulso, não fiz nada e as imagens acabam por comprová-lo. Acho que foi reposta a verdade”, defendeu.

A partida anterior também deixou ‘marcas’ nas opções ao dispor de Rui Vitória, visto que Alex, lesionado, e Josué e Bruno Gaspar, castigados, não podem jogar com o Braga, embora o central Kanú e o lateral-esquerdo Breno estejam de regresso, situação que agrada ao treinador vimaranense.

“Ontem, o Bayern de Munique não contou com os melhores jogadores e teve dificuldades [derrota por 3-1 com o FC Porto na primeira mão dos quartos de final da Liga dos Campeões]. Estamos a falar de uma das melhores equipas do mundo. Quando os treinadores têm em mãos maior capacidade de escolher as suas peças, estão mais habilitados a ganhar”, explicou.

Rui Vitória aproveitou ainda para elogiar a política do clube vimaranense, no que diz respeito, à “eficiência” e ao rendimento obtido pela equipa em função do investimento do clube.

“Há uma rentabilização muito grande dos recursos que temos à disposição. Houve contenção de custos e aproveitamento de jogadores das camadas inferiores. Nesta matéria, somos pioneiros”, constatou.

O Vitória de Guimarães, quinto classificado, com 43 pontos, defronta o Sporting de Braga, quarto, com 53, para a 29.ª jornada da I Liga, sexta-feira, pelas 20:30, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, com arbitragem de Carlos Xistra, de Castelo Branco.

Mais em Desporto

Bitnami