Redes Sociais

Westway Lab Festival em Guimarães em abril

Braga

Westway Lab Festival em Guimarães em abril

O Westway Lab Festival, a decorrer de 10 a 18 de abril em Guimarães, promete uma “interação privilegiada” entre artistas como Noiserv, Blaudzun, Mr. Herbert Quain, entre outros, assente em residências artísticas, conferências PRO, showcases e concertos.

Naquela que vai ser a segunda edição daquele festival, adiantou hoje a organização em comunicado enviado à agência Lusa, o Westway Lab Festival quer “provocar encontros, estimular processos criativos, formular soluções para percursos profissionais e apresentar mostras autorais consolidadas”.

O Westway Lab Festival, informa o texto, integra a “família” European Talent Exchange Programme (ETEP) e será o meio de ligação entre Portugal e a Europa no que diz respeito à música independente.

“É a partir de Guimarães que Portugal lança uma rede única de colaboração com a Europa através do Westway Lab no âmbito da música independente e do circuito profissional, num momento de importante transformação da indústria e com a criatividade cada vez mais na ordem do dia”, lê-se.

Segundo a organização, o Westway Lab, vai levar a Guimarães “muita música e criatividade ao reunir um conjunto de artistas nacionais e internacionais, consagrados e emergentes, para uma série de atividades que têm como objetivos fundamentais provocar encontros, estimular processos criativos, formular soluções para percursos profissionais e apresentar mostras autorais consolidadas”.

O festival, explica o comunicado, “assenta em 3 eixos fundamentais: Processo (residências artísticas), Pensamento (conferências PRO) e Produto (showcases e concertos)”.

O evento começa a 10 de abril, no Centro de Criação de Candoso, onde músicos nacionais e internacionais se encontram para formar 4 grupos de trabalho, tomando por ponto inicial a partilha das ideias e a experimentação enquanto processo que haverá de provocar cumplicidades artísticas que serão desvendadas depois em showcases finais.

“Para que haja uma real contaminação com a normal vida da cidade, estes artistas disponibilizam-se para falar sobre esta vivência original em espaços públicos referenciais de Guimarães. O Westway Lab sai, assim, para as ruas e funde-se com a cidade nas denominadas talks”, informa.

Pelo palcos do Centro Cultural Vila Flor vão assim passar os Fismoll, Young Karin, Sensible Soccers, Noiserv, Blaudzun, Mr. Herbert Quain, entre outros projetos, para showcases, concertos, talks.

Os bilhetes para o festival já estão à venda, o passe geral, que dá acesso a todos os concertos, custa 12 euros, e os showcases e talks

Toda a informação relativa ao Westway Lab Festival, bem como sobre as formas de inscrição nas Conferências PRO, encontra-se disponível em www.ccvf.pt.

Clique para comentar

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais Braga