Seguir o O MINHO

Braga

Escola Superior de Enfermagem da UMinho celebra 106 anos

em

Foto: DR/Arquivo

Com a participação do coordenador para a reforma dos Cuidados Continuados do Serviço Nacional de Saúde. A Escola Superior de Enfermagem (ESE) da Universidade do Minho assinala o seu 106º aniversário esta segunda-feira, dia 26, com uma sessão solene a partir das 10:00, no anfiteatro B1 do campus de Gualtar, em Braga.

A cerimónia inicia-se com a palestra “Alguns Desafios da Enfermagem Atual”, proferida por Manuel Lopes, coordenador para a reforma do Serviço Nacional de Saúde, na área dos Cuidados Continuados Integrados. Seguem-se as intervenções do reitor da UMinho, Rui Vieira de Castro, da presidente da ESE, Ana Paula Macedo, e do representante da Associação de Estudantes da ESE, Duarte Dona Rodrigues. O programa prevê ainda a entrega das cartas de curso e de prémios escolares aos melhores alunos e um momento musical protagonizado por estudantes do Departamento de Música da instituição.

A ESE-UMinho “é considerada uma referência no ensino da Enfermagem”, tendo já sido premiada pelo Conselho Ibero-Americano em Honra da Qualidade Educativa, pela Organização das Américas para a Excelência Educativa e pelo Município de Braga. A unidade politécnica foi criada em 1912 sob a dependência da Santa Casa da Misericórdia de Braga, com o nome Escola de Enfermagem do Hospital de São Marcos, que mais tarde passou a Escola Superior de Enfermagem Calouste Gulbenkian de Braga, até ser integrada na UMinho em 2004. A sua oferta educativa inclui a licenciatura em Enfermagem, que teve a melhor média de ingresso a nível nacional, além de mestrados, pós-graduações e cursos de curta duração. O ensino baseia-se na “elevada qualidade, exigência, rigor” e na “promoção do desenvolvimento científico, técnico, cultural e ético dos estudantes”. O site oficial é www.ese.uminho.pt.

Populares