Seguir o O MINHO

Famalicão

Trabalhadores da Tesco cumprem mais uma jornada de greve em Famalicão

Enquanto não forem ouvidos pela administração

em

Foto: Divulgação

Os trabalhadores da empresa Tesco – Componentes para Automóveis, em Vila Nova de Famalicão, cumprem hoje mais uma jornada de greve parcial, iniciativa que se manterá enquanto não forem ouvidos pela administração acerca do caderno reivindicativo que apresentaram.

O representante do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Atividades do Ambiente do Norte (SITE-NORTE), Joaquim Costa, disse à Lusa que estas jornadas de greve começaram em meados de outubro e vão repetir-se todas as sextas-feiras.

As greves são de dois períodos de duas horas, um por cada turno.

“Os pontos do caderno reivindicativo prendem-se com as desigualdades salariais dentro da empresa, aumentos salariais justos, medidas contra a discriminação salarial, redução do horário de trabalho, passagem ao quadro dos trabalhadores com vínculos precários, aumento do subsídio de refeição e aumento dos dias de férias para 25 dias úteis”, disse o responsável sindical.

Joaquim Costa apontou que “há trabalhadores a fazer a mesma função e no mesmo escalão com diferenças salariais de 50 euros”, sendo que os salários variam entre os 600 e os 750 euros.

Outra questão, referiu, “é que houve efetivamente um aumento de salários, mas deu-se também o caso de trabalhadores terem sido aumentados 40 euros, outros 17 e outros nada sem qualquer explicação”.

A Tesco – Componentes para Automóveis está em Portugal há 25 anos, primeiro no concelho Trofa, tendo-se mudado para Famalicão há “cerca de 20”.

Anúncio

Famalicão

Famalicão: Roubam 16 mil euros de moradia e deixam proprietário em estado grave

Em Ribeirão

em

Foto: DR / Arquivo

Um homem, de 65 anos, ficou com ferimentos graves na sequência de um violento assalto na moradia onde reside com a esposa, de 62, em Ribeirão, concelho de Famalicão, na terça-feira.

Os larápios entraram na moradia de forma violenta, dá conta o jornal Correio da Manhã, esta quinta-feira, relatando que os quatro assaltantes surpreenderam o casal no quarto, sequestraram a mulher na casa de banho e agrediram o companheiro, de forma a obter o código de um cofre.

Imagem via Correio da Manhã

A vítima acabou por revelar o código, não evitando ter sofrido ferimentos graves que o levaram a ser transportado diretamente para o Hospital de São João, no Porto.

Os ladrões, que ainda não foram alvo de detenção, terão levado 16 mil euros em dinheiro e várias peças em ouro. O mesmo jornal dá conta de que alguns documentos levados pelos assaltantes foram encontrados, na quarta-feira, em Lisboa.

A GNR de Famalicão registou a ocorrência que passou para investigação da Polícia Judiciária.

Continuar a ler

Famalicão

Morreu mulher vítima de explosão em Famalicão

No Hospital de São João

em

Hospital de São João. Foto: Divulgação

A mulher de 65 anos, que ficou, na passada segunda-feira, com o corpo totalmente queimado, na sequência de uma explosão dentro da sua habitação, em Joane,  no concelho de Famalicão, não resistiu aos ferimentos, com o óbito a ser declarado no Hospital de São João, no Porto. A informação é avançada pela rádio Cidade Hoje.

Em declarações a O MINHO, fonte do comando dos Bombeiros Famalicenses indicou que a vítima “ficou com a grande maioria do corpo queimado, entre 95% a 100%”, não confirmando os motivos da explosão, mas que se poderia tratar de uma fuga de gás.

Na altura, foi pedido um helicóptero para transportar a vítima até à unidade de queimados do Centro Hospitalar da Universidade de Coimbra (CHUC), mas o mesmo terá sido desmobilizado, segundo o INEM, por falta de camas na unidade hospitalar solicitada. A vítima acabou por ser transportada por via terrestre até ao Hospital de São João, onde acabou por falecer.

O MINHO, contactou, via telefone e email, o gabinete de comunicação do CHUC, para confirmar a versão do INEM relativamente às vagas, sendo que, até ao momento, não foi enviada qualquer resposta oficial.

Continuar a ler

Famalicão

Famalicão: Ganha 10 mil euros em raspadinha. “Só existem 40 em mais de 6 milhões”

Sorte

em

Foto cedida a O MINHO

Uma mulher, com cerca de 60 anos, ganhou, esta quarta-feira, em Famalicão, 10 mil euros na “Raspadinha do Amor”.

Esta é uma edição com mais de 6 milhões de cartões impressos, onde apenas 40 fornecem o valor máximo, como explicou Nuno Veloso, proprietário da Tabacaria Sampaio, na cidade de Famalicão, onde saiu o bilhete premiado.

Este é o segundo prémio, acima dos 5 mil euros, a sair nesta tabacaria nos últimos meses. Em agosto, um apostador, que pediu anonimato, ganhou 180 mil euros numa raspadinha “Pé de Meia”.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares