Seguir o O MINHO

Região

PSP deteve três homens por condução sobre o efeito do álcool, em Braga e Guimarães

Taxa de Alcoolemia entre 1,24 e 1,67 g/l no sangue

em

Foto: DR

A PSP, durante o fim-de-semana, nas cidades de Guimarães e Braga, procedeu à detenção de três cidadãos com 25, 26 e 42 anos de idade, por condução de veículo automóvel sob influência do álcool. Ao serem submetidos ao teste quantitativo do álcool acusaram uma TAS entre 1,24 e 1,67 g/l no sangue. Os detidos foram notificados para comparecer em junto dos respetivos Tribunais.

Anúncio

Ave

Guimarães disponibiliza 1.000 tablets com acesso à Internet a alunos do 1.º ciclo

Telescola

em

Foto: Divulgação / CM Guimarães

A Câmara de Guimarães vai disponibilizar 500 ‘tablets’ aos alunos do 1.º Ciclo, de forma a que estes possam acompanhar a escola à distância, informou hoje a autarquia, prometendo articular respostas para o 2.º e 3.º ciclos e Secundário.

Os ‘tablets’ serão distribuídos a alunos que não têm equipamento tecnológico, precisa a Câmara de Guimarães, do distrito de Braga, em comunicado, estando em causa, acrescenta, “as medidas anunciadas pelo Governo no âmbito do ensino à distância para o 3.º período escolar”.

“Além destes 500 ‘tablets’ que o município dispõe, estão a ser adquiridos mais 500 equipamentos com acesso à Internet, para resolver os problemas dos alunos que não têm equipamentos nem acesso à Internet”, revela a autarquia.

A Câmara de Guimarães aponta, também, que “em articulação com as escolas Básicas do 2.º e 3.º ciclo e as escolas secundárias” estão a decorrer os contactos para “ajudar na resolução dos problemas que afetam os alunos deste nível de ensino a fim de terem acesso aos meios necessários para corresponder ao ensino à distância”.

Estas medidas resultam do levantamento efetuado pelas escolas do concelho, tendo a autarquia constatado que 20% dos alunos do 1.º ciclo não têm equipamento tecnológico e 10% dos alunos não têm acesso à Internet.

Já no que diz respeito ao Secundário, o cenário é considerado “menos grave”, uma vez que “apenas 10% dos alunos não têm equipamento tecnológico e 5% não têm acesso à Internet”.

O Governo anunciou quinta-feira que o 3.º período recomeça a 14 de abril sem aulas presenciais para o ensino básico, do 1.º ao 9.º ano.

Os exames e provas de aferição do 9.º ano foram cancelados, enquanto os exames nacionais do Secundário adiados para julho, e a segunda fase será em setembro.

O concelho de Guimarães, de acordo com o relatório epidemiológico divulgado hoje pela Direção-Geral da Saúde (DGS), regista 174 casos de infeção pelo novo coronavírus.

A pandemia do novo coronavírus já matou 96.340 pessoas em todo o mundo e infetou quase 1,6 milhões em 193 países e territórios desde o início da pandemia, em dezembro passado, na China.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Portugal regista hoje 435 mortos associados à covid-19, mais 26 do que na quinta-feira, e 15.472 infetados (mais 1.516), indica o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde.

Continuar a ler

Barcelos

Cerca de 20 bombeiros combatem incêndio num prédio em Barcelos

Covid-19

em

Foto: DR / Facebook

Já está dominado o incêndio que deflagrou hoje à tarde no elevador de um prédio na Rua Pedro Álvares Cabral, em Arcozelo, Barcelos.

Para o local foram destacados 24 operacionais suportados por nove viaturas.

Uma jovem de 16 anos foi transportada para o Hospital de Barcelos por “ansiedade”, disse a O MINHO fonte dos Bombeiros de Barcelos.

O alerta foi dado às 18:25.

Foto: Miguel Bastos

Foto: Miguel Bastos

Foto: Miguel Bastos

Foto: Miguel Bastos

Foto: Miguel Bastos

Vídeo: Tiago Loureiro / Facebook

Ao que O MINHO apurou, o prédio não tem medidas de autoproteção.

(em atualização)

Continuar a ler

Braga

GNR fiscalizou 530 viaturas no concelho de Braga, durante a manhã, e mandou oito para casa

Covid-19

em

Fotos: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

O Comando Territorial da Guarda Nacional Republicana de Braga fiscalizou, ao longo da manhã desta sexta-feira, 530 viaturas que seguiam em circulação rodoviária, disse a O MINHO fonte oficial daquela guarda.

A ação decorre no seguimento da fiscalização perante a proibição de deslocação entre concelhos durante o período da Páscoa, decretada aquando da renovação do Estado de Emergência face à pandemia de covid-19.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

As operações incidiram na EN 101, na zona da Morreira, fronteira entre os concelhos de Braga e Guimarães, e em Tebosa, na EN 14, em direção a Famalicão.

No total da operação foram sensibilizados 640 passageiros, entre os quais doze com mais de 70 anos. Os militares procuraram explicar as medidas em curso e de que forma é possível a proteção contra o novo coronavírus e que ações adotar para mitigar o seu avanço rápido por entre a população.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

A mesma fonte disse a O MINHO que apenas oito viaturas seguiam em incumprimento, sem justificação válida para circularem fora do concelho de residência, tendo sido acatada a ordem de regressarem aos respetivos lares.

Braga, com 546 casos confirmados nesta sexta-feira (+25 do que ontem), é o concelho mais atingido pela pandemia no Minho e o quinto do país.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Famalicão com 180 (+12) e Guimarães com 174 (+13) são os restantes que figuram com números mais expressivos no distrito de Braga.

Existem 1.421 casos confirmados no Minho, mais 81 do que ontem.

Continuar a ler

Populares