Seguir o O MINHO

Hóquei em Patins

Óquei de Barcelos e Juventude de Viana entram com ‘o patim direito’ na Taça da Europa

Antiga Taça CERS.

em

Juventude de Viana na Áustria. Foto: Facebook de Juventude de Viana

Óquei de Barcelos e Juventude de Viana, do Minho, e Sporting de Tomar, do distrito de Santarém, entraram hoje a vencer nos 16 avos de final da Taça da Europa de hóquei em patins, antiga Taça CERS, enquanto o Turquel, de Alcobaça, distrito de Leiria, empatou na Alemanha.

O Óquei de Barcelos, finalista vencido da última edição e vencedor em 2015/16, 2016/17 e 1994/95 da Taça CERS, derrotou em casa pela margem mínima os franceses do Nantes, por 5-4, e deixa tudo em aberto para a segunda mão, em 17 de novembro.

A Juventude de Viana foi ganhar a casa dos austríacos do Dornbirn, por 5-2, enquanto o Sporting de Tomar, condição de anfitrião, venceu os espanhóis do CH Caldes, por 4-2.

VER: Jogo completo da Juventude de Viana na página de Facebook do RHC Dornbirn

Também a jogar fora de casa, o Turquel foi empatar 4-4 ao recinto dos alemães do Walsum, deixando boas hipóteses para garantir a continuidade na prova no jogo da segunda mão.

Vila Praia de Âncora recebeu primeiro jogo do FC Porto na Liga Europeia

Quem já está praticamente com os ‘dois patins’ na próxima ronda da Taça da Europa é a formação italiana do Valdagno, que goleou em casa os alemães do Dusseldorf-Nord, por 11-2.

Os também italianos do Sarzana derrotam os franceses do Noisy Le Grand, por 8-2, colocando praticamente um ponto final na eliminatória, tal como os espanhóis do Igualada que venceram por 7-1 os suíços do Uri.

Os espanhóis do Girona venceram em casa do Darmstadt, por 6-1, construindo uma vantagem tranquila para a segunda mão, enquanto que nos restantes encontros o equilíbrio foi uma constante.

Os austríacos do Wolfurt venceram por um golo os suíços do Uttingen (5-4), os helvéticos do Biasca foram ganhar por um a casa dos alemães do Iserlohn (5-4) e os franceses do Coutras venceram os germânicos do Remscheid também pela margem mínima (4-3).

Além do empate entre o Walsum e o Turquel (4-4), também os franceses do La Vendeenne e os suíços do Diessbach igualaram o marcador a 6-6 e deixam tudo em aberto para a segunda mão.

Anúncio

Desporto

Hóquei em patins: Resultados dos 32 avos de final da Taça de Portugal

Sete equipas do Minho apuradas

em

Foto: DR / Arquivo

Resultados dos 32 avos de final da Taça de Portugal de hóquei em patins com 7 equipas do Minho apuradas:

– Sábado, 11 janeiro:

Viana – (+) Marco, 3-4

(+) Famalicense – Sanjoanense, 3-1

Termas – (+) Valença, 1-3

Fabril – (+) Limianos, 4-10

Grândola – (+) Juventude de Viana, 0-4

Santa Cruz – (+) Óquei Barcelos, 0-14

Biblioteca – (+) HC Braga, 1-4

HC PDL – (+) Riba d’Ave, 2-8

Salesiana – (+) Turquel, 3-5

Cascais – (+) Oliveirense, 0-14

Escola Livre – (+) FC Porto, 0-7

(+) Pessegueiro – Sesimbra, 5-0

Vasco Gama – (+) Juventude Pacense, 1-7

(+) Póvoa – Nafarros, 7-1

(+) Marítimo SC – Paço de Rei, 8-2

Marítimo – (+) Candelária, 1-7

Paredes – (+) Académica, 8-10

Gulpilhares – (+) Tigres, 4-5

Cucujães – (+) Infante Sagres, 2-4

(+) Entroncamento – Vilafranquense, 5-3

Juventude Ouriense – (+) Sporting de Tomar, 1-5

(+) Torres – Murches, 3-0

(+) Mealhada – Sintra, 8-6

(+) Oeiras – Cambra, 7-5

(+) Alenquer – Física, 5-1

Alverca – (+) Espinho, 1-6

Marrazes – (+) Paço Arcos, 1-5

(+) Parede – Campo Ourique, 5-2

(+) Santa Cita – Fânzeres, 6-4

Carvalhos – (+) Valongo, 5-9

Lavra – (+) Benfica, 3-11

Marinhense – (+) Sporting, 4-8

(+) Apurados para os 16 avos de final, cujo o sorteio se realiza no dia 13 de janeiro, às 18:00.

Continuar a ler

Desporto

HC Braga-Óquei de Barcelos parou 45 minutos após cuspidela. PSP chamada ao pavilhão

Dérbi minhoto

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Agentes da Polícia de Segurança Pública (PSP) foram chamados a intervir durante o dérbi, este sábado, entre Hóquei Clube de Braga e o Óquei de Barcelos, que terminou empatado 4-4.

Depois de cuspidelas para com o árbitro da partida e alegadas agressões entre adeptos, o jogo foi interrompido, durante cerca de 45 minutos, à espera de agentes daquela polícia, uma vez que apenas seguranças privados se encontravam no recinto.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

O árbitro só retomou o encontro depois de assegurar que existia reforço policial para o resto da partida.

O jogo foi, aliás, bastante quente, sobretudo na primeira parte, com jogadores de ambas as equipas a serem expulsos. Também o treinador dos bracarenses viu um cartão azul.

Pavilhão das Goladas, Braga. Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Ao intervalo, o jogo estava em 4-3, com o Braga na frente. No segundo tempo, e depois da espera pelas autoridades, os de Barcelos conseguiram igualar o marcador, através do inevitável Alvarinho.

Alvarinho, OC Barcelos, Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Com este resultado, o Óquei de Barcelos mantém a liderança do Campeonato Nacional da I Divisão de hóquei em patins, mas apenas de forma provisória, enquanto aguarda pelos restantes jogos desta jornada.

Continuar a ler

Desporto

Reviravolta a um minuto do fim da vitória ao FC Porto frente ao Benfica

Hóquei em patins

em

Foto: Imagens Porto Canal

O FC Porto conseguiu hoje uma importante vitória, por 4-3, frente ao Benfica, com a reviravolta a ser conseguida a 1.30 minutos do final, em jogo da sétima jornada do campeonato de hóquei em patins.

Com esta vitória os portistas contabilizam 13 pontos e estão na quinta posição, estando agora a cinco pontos da líder Oliveirense. O Benfica, por outro lado, sofreu a primeira derrota no campeonato e somou 16 pontos, seguindo na terceira posição.

O Benfica foi avassalador nos primeiros minutos do encontro e ‘calou’ um Dragão Arena, completamente lotado, com dois golos em sete minutos – o primeiro de Carlos Nicolia e o segundo de Lucas Ordoñez.

O FC Porto, com sérias dificuldades, estava apático perante a supremacia benfiquista, e sem capacidade de reagir à desvantagem madrugadora.

Ainda assim, e após alterações feitas pelo treinador Guillem Cabestany, o FC Porto assumiu uma postura mais dominadora e agressiva.

Os ‘dragões’ reduziram ainda na primeira parte, numa altura em que era a equipa portista que mais ameaçava a baliza de Pedro Henriques. Aos 18 minutos, Gonçalo Alves num remate de longe reduziu a desvantagem.

O Benfica, por outro lado, estava a sentir dificuldade em recuperar e em assumir novamente o comando da partida, permitindo aos portistas que continuassem a pressionar.

Após o golo, o FC Porto teve oportunidade de chegar ao empate, mas Carlo Di Benedetto não conseguiu concretizar um livre direto.

Já na segunda parte o Benfica, mais eficaz nos lances de bola parada, e numa altura em que o FC Porto ameaçava com o golo do empate, marcou o terceiro por intermédio novamente de Lucas Ordoñez, num livre direto.

Logo de seguida, Reinaldo Garcia repôs a diferença deixando o jogo em aberto até ao final.

E, na verdade, o FC Porto, já na reta final, conseguiu chegar à igualdade com um golo de Rafa.

A 1.30 minutos do final a formação ‘azul e branca’ fez a reviravolta com Gonçalo Alves a marcar um livre direto e a carimbar a vitória portista.

O Benfica ainda beneficiou de uma grande penalidade a um minuto do final, mas o jovem Tiago Rodrigues, que entrou para substituir Xavi Malián que viu cartão azul após ter saído da baliza duas vezes, impediu o golo na terceira tentativa de Nicolía e segurou a vitória.

Ficha de Jogo

Jogo disputado no Dragão Arena, no Porto.

FC Porto – Benfica, 4-3.

Ao intervalo: 1-2.

Marcadores:

0-1, Carlos Nicolia, 03 minutos.

0-2, Lucas Ordoñez, 07.

1-2, Gonçalo Alves, 18.

1-3, Lucas Ordoñez, 29 (livre direto).

2-3, Reinaldo Garcia, 29.

3-3, Rafa, 20.

4-3, Gonçalo Alves, 49 (livre direto).

Sob a arbitragem de Joaquim Pinto e Pedro Silva, as equipas alinharam:

– FC Porto: Xavi Malián, Rafa, Reinaldo Garcia, Carlo Di Benedetto e Sergi Miras. Jogaram ainda: Tiago Rodrigues (gr), Gonçalo Alves, Hugo Santos, Giulio Cocco, Poka.

Treinador: Guillem Cabestany.

– Benfica: Pedro Henriques, Valter Neves, Diogo Rafael, Carlos Nicolia e Lucas Ordoñez. Jogaram ainda: Jordi Adroher, Edu Lamas, Gonçalo Pinto.

Treinador: Alejandro Dominguez.

Assistência: Cerca de 2.000 espetadores.

Continuar a ler

Populares