Seguir o O MINHO

Barcelos

“O Gil Vicente, para o ano, estará na I Liga. Esse é um facto adquirido”

Presidente da Liga confirma

em

Foto: LPFP

O Gil Vicente vai ser reintegrado na I Liga portuguesa de futebol na próxima temporada, assegurou hoje o presidente da Liga de clubes, após uma reunião com os clubes do G15.

“O Gil Vicente, para o ano, estará na I Liga. Esse é um facto adquirido”, disse Pedro Proença.

O dirigente falava após a reunião que manteve, em Vila Nova de Gaia, com o grupo dos clubes da I Liga de futebol com exceção dos três ‘grandes’, e do qual faz parte também o Paços de Ferreira, da II Liga.

O porta-voz dos clubes, que hoje foi o presidente do Paços de Ferreira, Paulo Meneses, confirmou o que Proença dissera.

“Essa era a decisão que todos nós esperávamos que saísse daqui, que fosse mais ou menos consensual”, afirmou Paulo Meneses, indicando que tal decisão corresponde a uma “conclusão” sobre a subida do Gil Vicente à I Liga, questão acerca da qual, contudo, se levantaram algumas dúvidas na semana passada.

Clubes querem recompensar o “sacrificado” pelo regresso do Gil Vicente à I Liga

O G15 pediu esta reunião com Pedro Proença na quinta-feira com o intuito de esclarecer aspetos relacionados com a reintegração do Gil Vicente na I Liga na temporada 2019/20, nesse mesmo dia exigida em comunicado pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

O presidente do Marítimo, Carlos Pereira, foi o porta-voz do grupo nessa altura e explicou então que o G15 queria perceber melhor o “memorando, o acordo e a norma em vigor” que sustentam a decisão de devolver o Gil Vicente à I Liga de futebol, em 2019/2020.

Hoje, Proença admitiu que “havia algumas questões que era preciso interpretar”, nomeadamente a nível regulamentar, referiu que a reunião com os clubes decorreu com ” um espírito muito aberto e de grande disponibilidade” e elogiou os clubes pelo seu “sentido de responsabilidade”.

O presidente da Liga de clubes disse que foi também discutida “uma compensação” para o terceiro clube que irá ser despromovido esta época, que caso fosse hoje seria o Tondela, atual 16.º classificado.

Pedro Proença dirigiu ainda “um agradecimento à Federação Portuguesa de Futebol pela forma como tratou este processo”, que já se arrasta há mais de 13 anos.

“Hoje foi um esclarecimento que se fez a bem da competição” para que a próxima época possa decorrer com “toda a normalidade”, reforçou Proença, considerando que este foi o “ponto final” desse processo.

Despromovido à II Liga na época 2006/07, por alegada irregularidade na utilização de Mateus, avançado atualmente no Boavista, o Gil Vicente viu a LPFP anunciar a sua reintegração na I Liga em 12 de dezembro de 2017, na sequência de uma decisão do Tribunal Administrativo do Círculo de Lisboa, em 2016.

Esta instância de recurso declarou nula a decisão de descida do Gil Vicente tomada pelo Conselho de Justiça da FPF, em agosto de 2006.

Na sequência disso, a LPFP aprovou, após recomendação da FPF, a reintegração do emblema de Barcelos no principal escalão na época 2019/20, determinando que, na presente temporada, fossem despromovidos três clubes e promovidos dois da II Liga.

Atualmente, o Gil Vicente disputa a Série A do Campeonato de Portugal – terceiro escalão -, sem que os seus jogos contem para a classificação, por determinação federativa.

Recentemente vários clubes do principal escalão tinham admitido recorrer à justiça para impugnar o campeonato, alegando que a decisão judicial de 2016 não obrigava à reintegração do clube de Barcelos.

 

Notícia atualizada às 18h48.

Anúncio

Barcelos

Saiba onde vai ficar a Mercadona em Barcelos

Abertura a 26 de setembro

em

Foto: DR

Já há data oficial para a abertura da primeira loja da cadeia de hipermercados espanhola Mercadona na região do Minho. O próximo dia 26 de setembro fica marcado pela abertura da loja na rua Filipa Borges, 414, na cidade de Barcelos.

Depois das primeiras 4 aberturas no mês de julho, no distrito do Porto, a empresa prepara agora a sua próxima abertura, no dia 26 de setembro, em Barcelos.

Durante os próximos dias, até 6 de setembro, colaboradores da empresa vão “dar a conhecer” aos vizinhos da nova loja o funcionamento do supermercado, através de sessões de apresentação às comunidades, avança a empresa em comunicado.

Em Barcelos, as apresentações decorrem no Hotel Bagoeira e estão programadas 2 sessões por dia, com capacidade para cerca de 100 participantes cada: uma de manhã, pelas 11:00, e outra à tarde, pelas 18:00, com a duração de uma hora.

Para cada sessão é necessário realizar inscrição através dos números de telefone 918 724 597 e 918 714 687, de segunda a sexta-feira, entre as 9:00 e as 21:00.

Continuar a ler

Barcelos

Detido após “bofetadas e empurrões” a ex-companheira em Barcelos

Homem de 39 anos tinha uma faca de cozinha que lhe foi apreendida

em

Foto: Ilustrativa

A PSP deteve na terça-feira, em Barcelos, um homem de 39 anos por violência doméstica contra a sua ex-cônjuge, anunciou hoje aquela força de segurança.

Em comunicado, a PSP refere que o detido abordou a na via pública e agrediu-a com bofetadas e empurrões. Perante a intervenção de populares, o detido foi “isolado” da ex-cônjuge até à presença da PSP.

O suspeito tinha em sua posse uma faca de cozinha, que foi apreendida.

Continuar a ler

Barcelos

Emigrante de Barcelos mata mulher à facada no Luxemburgo

Violência doméstica

em

Foto: DR

Um emigrante português, natural da freguesia de Lama, Barcelos, está sob custódia policial no Luxemburgo desde o passado sábado depois de ter provocado lesões fatais na companheira, de nacionalidade brasileira, no Luxemburgo, com recurso a uma arma branca, sabe O MINHO.

De acordo com informações da polícia daquele país, os serviços de emergência foram chamados a um apartamento no centro de Esch sur Alzette, a 20 quilómetros da capital, onde residia o casal, encontrando Dione Streckert, de 52 anos, em estado “muito crítico”.

A mulher, natural de Santa Catarina, no Brasil, não resistiu aos ferimentos e acabou por morrer já no hospital durante a madrugada de domingo, dia 11. Já o emigrante português foi ouvido pelas autoridades ainda no local do crime e acabou detido, tendo-lhe sido decretada a medida de prisão preventiva enquanto aguarda julgamento.

Familiares da vítima relataram à imprensa brasileira que o homem já se tinha envolvido em confrontos com a companheira, tendo inclusive sido detido durante dois dias na sequência de episódios de violência doméstica.

A mesma fonte aponta “ciúmes” como motivação do crime, uma vez que a mulher estaria de partida para o Brasil durante esta semana, algo que o português pretendia evitar.

O crime está a chocar a comunidade brasileira no Luxemburgo e foi criada uma página nas redes sociais em homenagem a vítima.

Familiares da vítima estão a caminho do Luxemburgo para cooperar com as autoridades judiciais, uma vez que a vítima tinha uma filha de 10 anos [de outro relacionamento] que se encontra agora entregue às autoridades daquele país.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares