Seguir o O MINHO

Barcelos

“O Gil Vicente, para o ano, estará na I Liga. Esse é um facto adquirido”

Presidente da Liga confirma

em

Foto: LPFP

O Gil Vicente vai ser reintegrado na I Liga portuguesa de futebol na próxima temporada, assegurou hoje o presidente da Liga de clubes, após uma reunião com os clubes do G15.

“O Gil Vicente, para o ano, estará na I Liga. Esse é um facto adquirido”, disse Pedro Proença.

O dirigente falava após a reunião que manteve, em Vila Nova de Gaia, com o grupo dos clubes da I Liga de futebol com exceção dos três ‘grandes’, e do qual faz parte também o Paços de Ferreira, da II Liga.

O porta-voz dos clubes, que hoje foi o presidente do Paços de Ferreira, Paulo Meneses, confirmou o que Proença dissera.

“Essa era a decisão que todos nós esperávamos que saísse daqui, que fosse mais ou menos consensual”, afirmou Paulo Meneses, indicando que tal decisão corresponde a uma “conclusão” sobre a subida do Gil Vicente à I Liga, questão acerca da qual, contudo, se levantaram algumas dúvidas na semana passada.

Clubes querem recompensar o “sacrificado” pelo regresso do Gil Vicente à I Liga

O G15 pediu esta reunião com Pedro Proença na quinta-feira com o intuito de esclarecer aspetos relacionados com a reintegração do Gil Vicente na I Liga na temporada 2019/20, nesse mesmo dia exigida em comunicado pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

O presidente do Marítimo, Carlos Pereira, foi o porta-voz do grupo nessa altura e explicou então que o G15 queria perceber melhor o “memorando, o acordo e a norma em vigor” que sustentam a decisão de devolver o Gil Vicente à I Liga de futebol, em 2019/2020.

Hoje, Proença admitiu que “havia algumas questões que era preciso interpretar”, nomeadamente a nível regulamentar, referiu que a reunião com os clubes decorreu com ” um espírito muito aberto e de grande disponibilidade” e elogiou os clubes pelo seu “sentido de responsabilidade”.

O presidente da Liga de clubes disse que foi também discutida “uma compensação” para o terceiro clube que irá ser despromovido esta época, que caso fosse hoje seria o Tondela, atual 16.º classificado.

Pedro Proença dirigiu ainda “um agradecimento à Federação Portuguesa de Futebol pela forma como tratou este processo”, que já se arrasta há mais de 13 anos.

“Hoje foi um esclarecimento que se fez a bem da competição” para que a próxima época possa decorrer com “toda a normalidade”, reforçou Proença, considerando que este foi o “ponto final” desse processo.

Despromovido à II Liga na época 2006/07, por alegada irregularidade na utilização de Mateus, avançado atualmente no Boavista, o Gil Vicente viu a LPFP anunciar a sua reintegração na I Liga em 12 de dezembro de 2017, na sequência de uma decisão do Tribunal Administrativo do Círculo de Lisboa, em 2016.

Esta instância de recurso declarou nula a decisão de descida do Gil Vicente tomada pelo Conselho de Justiça da FPF, em agosto de 2006.

Na sequência disso, a LPFP aprovou, após recomendação da FPF, a reintegração do emblema de Barcelos no principal escalão na época 2019/20, determinando que, na presente temporada, fossem despromovidos três clubes e promovidos dois da II Liga.

Atualmente, o Gil Vicente disputa a Série A do Campeonato de Portugal – terceiro escalão -, sem que os seus jogos contem para a classificação, por determinação federativa.

Recentemente vários clubes do principal escalão tinham admitido recorrer à justiça para impugnar o campeonato, alegando que a decisão judicial de 2016 não obrigava à reintegração do clube de Barcelos.

 

Notícia atualizada às 18h48.

Anúncio

Barcelos

Barcelos terá a primeira edição da Marcha LGBT+

Anunciou a comissão organizadora

em

Marcha LGTB deste ano em Braga. Foto: Paulo Jorge Magalhães/O MINHO/Arquivo

Barcelos terá este ano a primeira edição da Marcha LGBT+, anunciou este sábado a organização. O evento está marcado para o dia 13 de julho com o lema “o GaLo tamBém canTa!”.

“O ano em que se realiza a Primeira Marcha LGBT+ de Barcelos, 2019, coincide com os 50 anos da Revolta de Stonewall, um momento marcante na história da comunidade LGBT+. A partir daí, a comunidade LGBT+ uniu-se ainda mais, ganhando maior força, e passando a exigir o respeito, a tolerância e os direitos que lhe eram devidos”, diz a Comissão Organizadora da Primeira Marcha LGBT+ de Barcelos, em comunicado.

Veja como foi a 7.ª Marcha pelos direitos LGBTQIA+ em Braga

“Contudo, passados 50 anos desde Stonewall, ainda temos que marchar. Somos filhas e filhos de Stonewall e não nos podemos esquecer do que foi esta revolta. Porque nós, sendo gays, lésbicas, bissexuais, transexuais, intersexuais, queer, e restantes minorias sexuais, não deixamos de ser pessoas, e como tal não podemos ceder – temos que continuar a lutar contra a LGBTfobia estrutural que existe em Portugal, contra a discriminação que sofremos nas escolas, nos locais de trabalho e até mesmo em casa, por parte de pessoas que nos deveriam aceitar como somos, e não nos atacar. Porque nós somos pessoas, que devem e querem ser respeitadas”, pode ler-se no texto.

A marcha decorre a partir das 16:00, saindo da porta do Pavilhão Municipal do Parque da Cidade de Barcelos.

Continuar a ler

Barcelos

Acidente causa um ferido em Barcelos

Em Arcozelo

em

Foto: Cedida a O MINHO

Um acidente envolvendo três viaturas, esta manhã, na freguesia de Arcozelo, em Barcelos provocou um ferido ligeiro.

Segundo informações recolhidas no local, duas viaturas e um trator estiveram envolvidos no acidente, tendo o condutor do trator sido transportado para o hospital. As outras duas viaturas, também, sofreram danos materiais

O alerta foi dado em 10:43 e no terreno estão nove homens apoiados por quatro viaturas, segundo a proteção civil.

Atualizado às 12:40

Continuar a ler

Barcelos

IPCA organiza segunda edição das férias no Campus

De 01 a 12 de julho

em

Foto: DR

De 01 a 12 de julho vão realizar-se as Férias no Campus do IPCA, destinadas a crianças e jovens entre os 10 e 16 anos, visando a sua ocupação através de uma série de atividades de lazer, desportivas e pedagógicas.

O programa integra um conjunto de atividades que se realizam de segunda a sexta-feira, entre as 09:30 e as 17:30. A receção dos participantes começa às 08:30 e o regresso pode ser feito até às 18:00 horas, ambos no Edifício da Cantina do IPCA.

As atividades decorrem, maioritariamente, no Campus do IPCA, estando, ainda, previstas saídas locais, que possibilitarão um contacto com a cidade de Barcelos e com a região. Acompanhados por monitores, os participantes das Férias no Campus do IPCA vão realizar, entre outras, atividades desportivas (piscina e ao ar livre), passeios, atividades nas escolas do IPCA, jogos, workshops e muita brincadeira.

As informações sobre o funcionamento das Férias no Campus do IPCA estão disponíveis on-line, nomeadamente, horários e preços.

As inscrições realizam-se até ao próximo dia 23 de junho (domingo), através do preenchimento e envio da ficha de inscrição, disponível no respetivo link.

O pagamento da inscrição efetua-se com uma referência multibanco que será gerada após os serviços do IPCA receberem a ficha de inscrição e enviada para o email do representante legal do participante.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares