Seguir o O MINHO

Futebol

Clubes querem recompensar o “sacrificado” pelo regresso do Gil Vicente à I Liga

Terceiro clube despromovido

em

Foto: Arquivo

O G15, grupo dos clubes da I Liga de futebol com exceção dos três ‘grandes’, disse hoje que o terceiro clube despromovido, para dar lugar ao Gil Vicente na próxima época, deverá ser recompensado.

A informação foi dada pelo porta-voz do G15 e presidente do Paços de Ferreira, Paulo Meneses, após a reunião que o grupo manteve, a seu pedido, com o presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), Pedro Proença, para esclarecer dúvidas sobre a reintegração do Gil Vicente na I Liga.

“Esse era a decisão que todos nós esperávamos que saísse daqui, que fosse mais ou menos consensual”, afirmou Paulo Meneses, indicando que tal decisão corresponde a uma “conclusão” sobre a questão do regresso Gil Vicente à I Liga, na próxima época, questão acerca da qual, contudo, se levantaram algumas dúvidas na semana anterior.

O presidente do Marítimo, Carlos Pereira, foi o porta-voz do grupo nessa altura e explicou então que o G15 queria perceber melhor o “memorando, o acordo e a norma em vigor” que sustentam a decisão de devolver o Gil Vicente à I Liga de futebol, em 2019/2010.

As dúvidas ficaram hoje esclarecidas e a questão agora é encontrar “conforto financeiro” para o clube que será despromovido devido ao regresso dos gilistas, explicou Paulo Meneses.

“Teremos de cumprir regulamentos e também criar condições para que esse clube possa ser afetado o menos possível” pela descida de divisão, que em condições normais afetaria apenas os dois últimos classificados da I Liga, disse.

Paulo Meneses disse que ainda não estão definidos os moldes desse “conforto financeiro” para o clube “sacrificado”, o 16.º classificado final, que se fosse hoje seria o Tondela.

A modalidade da recompensa deverá ser determinada em assembleia-geral extraordinária da LPFP, segundo Paulo Meneses.

O responsável disse ainda que hoje não foi equacionado voltar atrás com a decisão de reintegrar o Gil Vicente na I Liga, mas admitiu que tal cenário foi aventado noutras alturas.

Despromovido à II Liga na época 2006/07, por alegada irregularidade na utilização de Mateus, avançado atualmente no Boavista, o Gil Vicente viu a LPFP anunciar a sua reintegração na I Liga em 12 de dezembro de 2017, na sequência de uma decisão do Tribunal Administrativo do Círculo de Lisboa, em 2016.

Esta instância de recurso declarou nula a decisão de descida do Gil Vicente tomada pelo Conselho de Justiça da FPF, em agosto de 2006.

Na sequência disso, a LPFP aprovou, após recomendação da FPF, a reintegração do emblema de Barcelos no principal escalão na época 2019/20, determinando que, na presente temporada, fossem despromovidos três clubes e promovidos dois da II Liga.

Atualmente, o Gil Vicente disputa a Série A do Campeonato de Portugal – terceiro escalão -, sem que os seus jogos contem para a classificação, por determinação federativa.

Recentemente vários clubes do principal escalão admitiram recorrer à justiça para impugnar o campeonato, alegando que a decisão judicial de 2016 não obriga à reintegração do clube de Barcelos.

Anúncio

Futebol

Euro2020: Cristiano Ronaldo admite que tem jogado limitado

Vai disputar o seu quinto campeonato da Europa de futebol

em

Foto: Divulgação

O internacional português Cristiano Ronaldo mostrou-se hoje “muito feliz” por poder disputar o seu quinto campeonato da Europa de futebol e admitiu que tem jogado como limitações físicas nas últimas três semanas.

“É um orgulho representar a minha seleção, ainda por cima com golos. Qualificámo-nos, era o que queríamos mais. Sabíamos que tínhamos de ganhar estes dois jogos e estou muito feliz por a equipa ter ganhado e conseguido a qualificação. Vai ser o meu quinto Europeu e estou muito feliz por isso”, afirmou Ronaldo.

O avançado falava aos jornalistas na zona mista do Estádio Josy Barthel, no Luxemburgo, onde a seleção nacional venceu por 2-0, com golos de Bruno Fernandes e do ‘capitão’, e confirmou o apuramento para o Euro2020 de futebol.

“É difícil jogar nestes campos, um campo de batatas. Não sei como é possível seleções deste nível jogarem em campos assim. O espetáculo não foi bonito, mas fizemos o nosso trabalho. O objetivo era passar”, observou o ‘7’ luso.

Ronaldo considerou que na fase final do Europeu “os candidatos são sempre os mesmos” e salientou mesmo que o estatuto de detentor do troféu não coloca Portugal entre os favoritos.

“Somos uma seleção difícil de bater, uma seleção que vai para o Europeu tentar ganhar outra vez, mas acho que favoritos são todos os outros”, referiu.

Com o tento no Luxemburgo, o avançado da Juventus chegou ao 99.º ao serviço da seleção nacional, sendo que o 100.º “vai aparecer de uma forma natural”, tal como os restantes recordes que tem em ‘mira’: “Todos os recordes são para bater e vou bater esses recordes. Vão acontecer de uma forma natural”.

Por outro lado, o avançado da Juventus comentou as dificuldades físicas que tem sentido nas últimas semanas e que o obrigaram a jogar condicionado, tendo afastado qualquer polémica com o treinador dos ‘bianconeri’, Maurizio Sarri, que o substituiu aos 55 minutos do jogo com o AC Milan.

“Nas últimas três semanas tenho vindo a jogar limitado. Não houve polémica, vocês é que gostam de a criar. Não gosto de ser substituído, ninguém gosta. Tentei ajudar a ‘Juve’ mesmo jogando lesionado. Nestes jogos da seleção, também não estava a 100% e continuo a não estar. Quando é para me sacrificar pelo clube e pela seleção, faço-o com todo o orgulho, porque sei que havia muito em disputa”, adiantou aos jornalistas.

De resto, Ronaldo lembrou que “é raro” lesionar-se e foi perentório na explicação: “O Inter está a fazer muita pressão à Juventus [na Serie A]. Não podemos ser moles, estamos dois pontos à frente [na classificação] e, se empatamos ou perdemos, eles passam-nos. Sacrifiquei-me em prol da equipa. Aqui [na seleção], não ganhando um dos dois jogos podíamos estar fora. Sacrifiquei-me também”.

A seleção portuguesa de futebol, campeã em título, venceu hoje por 2-0 no Luxemburgo, na última ronda do Grupo B, tendo conseguido o apuramento ainda antes do final do encontro, face ao empate da Sérvia.

Bruno Fernandes, aos 39 minutos, e Cristiano Ronaldo, aos 86, apontaram os tentos da formação das ‘quinas’, que vai marcar presença no Europeu pela oitava vez, e sétima consecutiva, desde 1996.

Portugal garantiu o segundo lugar do Grupo B, com 17 pontos, contra 20 da Ucrânia, que já estava apurada e empatou 2-2 na Sérvia (terceira, com 14), ainda com hipóteses de qualificação via ‘play-off’. O Luxemburgo somou quatro pontos e a Lituânia um.

Continuar a ler

Futebol

SC Braga triunfa em Santarém e alcança sexta vitória consecutiva na Liga

Campeonato nacional feminino

em

Foto: Divulgação / SC Braga

O Sporting Clube (SC) de Braga venceu (0-4), esta tarde de domingo, o CA Ouriense, em jogo a contar para a sétima jornada do campeonato nacional feminino de futebol (Liga BPI).

As gverreiras do Minho chegaram ao triunfo com golos de Vanessa (40′ e 90′), Jana (63′) e Macchia (91′).

Com este resultado, as bracarenses mantém-se no terceiro lugar, com 18 pontos, empatadas com o Sporting, que ocupa a segunda posição.

O SL Benfica lidera invicto, com 21 pontos.

Continuar a ler

Futebol

Euro2020: Costa felicita seleção e acredita que mostrará força para revalidar título

Apuramento para o Euro2020

em

Foto: Divulgação

O primeiro-ministro, António Costa, felicitou hoje a seleção portuguesa de futebol pelo apuramento direto para a fase final do Euro2020 e mostrou-se convicto de que Portugal mostrará força para tentar revalidar o título europeu.

O chefe do Governo deixou esta mensagem na sua conta oficial na rede social Twitter, depois de Portugal ter vencido o Luxemburgo por 2-0, com golos de Bruno Fernandes e Cristiano Ronaldo, na última ronda do Grupo B da fase de qualificação para o Europeu de 2020.

“Parabéns a todos os jogadores e equipa técnica da seleção de Portugal pelo apuramento direto para o Euro2020. Acredito que a nossa seleção mostrará mais uma vez a sua força e determinação para tentar revalidar o título europeu”, escreveu o primeiro-ministro.

Com a vitória de hoje no Luxemburgo, a seleção portuguesa de futebol, campeã europeia em título, ficou em segundo lugar no Grupo B, apurando-se diretamente para a fase final do Euro2020.

A seleção portuguesa irá marcar presença numa fase final de um campeonato da Europa de futebol pela oitava vez, sendo a sétima consecutiva desde 1996

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares