Seguir o O MINHO

Futebol

FC Porto abre sexta jornada em Paços de Ferreira pressionado a vencer

I Liga

em

Foto: FC Porto

O campeão FC Porto abre hoje a sexta jornada da I Liga de futebol, pressionado a vencer na visita ao Paços de Ferreira, num momento em que está já a cinco pontos do líder Benfica.


Uma derrota em casa com o Marítimo (3-2) e um empate fora, com o Sporting (2-2), deixam a equipa no terceiro lugar do campeonato, atrás de Benfica, 100% vitorioso, com 15 pontos, e do Sporting, segundo classificado, com 13, mais três do que os ‘dragões’.

Em Paços de Ferreira, diante do 14.º classificado, e numa casa em que o FC Porto perdeu pontos em três das quatro últimas visitas para a I Liga (uma vitória, duas derrotas e um empate), o lateral Zaidu, expulso na última ronda, será baixa garantida nos portistas.

A viajem a Paços de Ferreira antecede novo jogo na Liga dos Campeões, com a equipa treinada por Sérgio Conceição a disputar na terça-feira a terceira jornada, na qual recebe aos franceses do Marselha, orientados por André Villas-Boas, antigo treinador do clube.

O Sporting só entra em campo no domingo, em jogo em que recebe o Tondela (13.º), e o Benfica apenas na segunda-feira, com a visita ao Boavista (17.º), a fechar a sexta jornada, já depois de SC Braga, quarto colocado, receber o Famalicão (nono).

Programa da sexta jornada:

– Sexta-feira, 30 out:

Paços de Ferreira – FC Porto, 20:30

– Sábado, 31 out:

Belenenses SAD – Farense, 15:30

Rio Ave – Moreirense, 18:00

Marítimo – Nacional, 20:30

– Domingo, 01 nov:

Portimonense – Santa Clara, 15:00

Gil Vicente – Vitória SC, 17:30

Sporting – Tondela, 20:00

– Segunda-feira, 02 nov:

SC Braga – Famalicão, 18:45

Boavista – Benfica, 21:00

Anúncio

Futebol

Gaitán quer os três pontos frente ao Benfica

Nico Gaitán

em

Foto: SC Braga

Declarações após o jogo da terceira jornada do grupo G da Liga Europa de futebol entre Leicester e SC Braga, que hoje decorreu em Leicester, Inglaterra (4-0).

Gaitán (jogador do SC Braga, à Sportv): “Depois do jogo na Ucrânia [vitória 2-1 sobre o Zorya] não éramos a melhor equipa do mundo e agora não somos a pior. Jogámos de três em três dias e, no domingo, temos já um jogo importante.

Com o Benfica vai ser um jogo disputado, temos uma equipa muito competitiva. Vai ser um jogo para disputar os três pontos, como são todos os outros. Agora defendo a camisola do Braga e, como fiz em todas as equipas que joguei, vou dar tudo para ajudar”.

Matheus (jogador do SC Braga, à Sportv): “Foi um jogo difícil, não só para mim, mas para a equipa. Agora, é aprender com os erros e concentrar porque no do domingo temos um grande jogo pela frente.

Não deixa marca nenhuma, são ligas diferentes, agora é mudar o chip o mais rapidamente possível”.

Continuar a ler

Futebol

“Sabemos perfeitamente o que aconteceu [frente ao Leicester]”

Carlos Carvalhal

em

Foto: SC Braga

Declarações após o jogo da terceira jornada do grupo G da Liga Europa de futebol entre Leicester e SC Braga, que hoje decorreu em Leicester, Inglaterra (4-0).

Carlos Carvalhal (treinador do SC Braga): “Vimos num contexto de jogos de três em três dias, muito intensos, e chegámos a este jogo a ter de gerir a equipa. A primeira parte foi dividida, o golo [do Leicester] foi com alguma felicidade. Na segunda parte, a intenção era reverter o resultado, mas a equipa sofreu um golpe muito forte com aquele golo logo aos dois minutos da segunda parte, isso foi terrível. Defrontámos um adversário muito forte, a equipa começou a abrir-se e eles exploraram essas fragilidades de uma equipa que estava algo desgastada. Aquele segundo golo teve um impacto muito grande na cabeça dos meus jogadores e não tivemos capacidade de reagir.

Não tem peso nenhum [para o jogo com o Benfica], tem o peso numa competição em que temos seis pontos, e agora vamos para outra diferente. Relativizamos as coisas, já falámos no balneário e focamo-nos num jogo de cada vez. Sabemos perfeitamente o que aconteceu, que perdemos a organização com o segundo golo e, no domingo, mas vamos estar preparados e a top no domingo”.

 

Continuar a ler

Futebol

SC Braga goleado em Inglaterra

Liga Europa

em

Foto: DR

O SC Braga foi hoje goleado em Inglaterra pelo Leicester, 4-0, na terceira jornada do grupo G da Liga Europa de futebol, num jogo em que os minhotos pagaram caro a ‘revolução’ na equipa.

O ponta-de-lança nigeriano Iheanacho marcou os primeiros golos (20 e 47 minutos), Praet fez o terceiro aos 67 e Maddison fechou a conta aos 78, interrompendo a série de seis jogos seguidos a ganhar dos minhotos (campeonato e Liga Europa) e isolando a equipa inglesa na frente do grupo, com nove pontos, contra seis do Braga.

Com um ciclo muito intenso de jogos e uma importante deslocação à Luz para defrontar o Benfica, no domingo, Carlos Carvalhal fez várias alterações, mas a equipa deu uma péssima resposta, sobretudo na segunda parte, em que foi quase ‘atropelada’ pelo atual segundo classificado da Premier League.

Sem Fransérgio, que testou positivo para o novo coronavírus, e Ricardo Horta, lesionado, o técnico renovou todo o meio-campo, com Al Musrati, João Novais e André Horta. David Carmo voltou ao eixo defensivo e Abel Ruiz foi titular na frente de ataque.

No Leicester, destaque para o goleador e internacional inglês Jamie Vardy ou o médio francês Mendy não terem saído do banco de suplentes.

A primeira parte foi jogada a um ritmo não muito intenso, mas com sinal mais do Leicester e o primeiro golo surgiu aos 20 minutos, com o avançado Iheanacho a ter alguma sorte no ressalto perante Matheus, mas também a beneficiar da passividade dos centrais David Carmo e Bruno Viana.

Os bracarenses criaram duas ocasiões de algum perigo, mas Bruno Viana cabeceou à figura de Kasper Schmeichel após um canto e, na segunda, Paulinho rematou no ar após um grande passe de João Novais (26 e 37).

Seria mesmo o Leicester a estar mais perto do segundo, mas Matheus, com uma grande defesa, impediu-o após remate de Maddison (45+1).

A segunda parte começou praticamente com o segundo golo do Leicester, com Iheanacho a ter fortuna no remate forte de fora da área porque a bola bateu nas costas de Bruno Viana e traiu Matheus (47).

Cinco minutos depois, Abel Ruiz desperdiçou a melhor ocasião dos bracarenses em todo o jogo, após passe de Galeno, mas depois dessa chance a equipa desapareceu.

O Leicester aproveitava os muitos passes falhados do Braga e, já depois de Iheanacho ter ameaçado novamente o guarda-redes dos ‘arsenalistas’ (53), foi Praet, a passe do avançado nigeriano, a ter só de encostar.

Aos 78 minutos, Maddison fechou a goleada por entre uns centrais de ‘manteiga’ dos bracarenses.

Dentro de três semanas, a 26 deste mês (17:55), é a vez do Sporting de Braga receber o Leicester, na quarta jornada do grupo G.

Ficha de Jogo

Estádio do Leicester City.

Leicester – SC Braga, 4-0.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Kelechi Iheanacho, 20 minutos.

2-0, Kelechi Iheanacho, 47.

3-0, Dennis Praet, 67.

4-0, James Maddison, 78.

Equipas:

– Leicester: Kaisper Schmeichel, James Justin, Wesley Fofana, Christian Fuchs, Marc Albrighton (Wes Morgan, 62), Youri Tielemans (Harvey Barnes, 72), Hamza Choudhury, Luke Thomas, Cengiz Under (Dennis Praet, 62), James Maddison e Kelechi Iheanacho (Ayoze Pérez, 72).

(Suplentes: Danny Ward, Eldin Jakupovic, Wes Morgan, Harvey Barnes, Nampalys Mendy, Dennis Praet, Ethan Fitzhugh, Thakgalo Khanya Leshabela, Ayoze Pérez e Jamie Vardy).

Treinador: Brendan Rodgers.

– SC Braga: Matheus, Bruno Viana, David Carmo, Raul Silva, Esgaio, Al Musrati (Castro, 71), João Novais, André Horta (Iuri Medeiros, 62), Galeno (Moura, 71), Abel Ruiz (Schettine, 62) e Paulinho (Gaitán, 71).

(Suplentes: Tiago Sá, Rogério, Zé Carlos, Tormena, Sequeira, Rolando, Castro, Moura, Iuri Medeiros, Hernâni, Gaitán e Schettine).

Treinador: Carlos Carvalhal.

Árbitro: Bas Nijhuis (Holanda).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Marc Albrighton (43), Esgaio (45+2), Kelechi Iheanacho (69), David Carmo (90).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

Continuar a ler

Populares