Seguir o O MINHO

Ave

Famalicão disponibiliza rede social para apoio aos refugiados sírios

em

O Conselho Local de Ação Social de Vila Nova de Famalicão (CLAS) vai disponibilizar a rede social da cidade, que conta com mais de 200 parceiros, para apoio aos refugiados sírios, anunciou esta quinta-feira a autarquia.


De acordo com comunicado enviado à imprensa, a medida foi aprovada na passada segunda-feira pelo núcleo executivo do CLAS, com o objetivo de ajudar o Governo e a Agência da ONU para Refugiados – ACNUR, na resposta “à necessidade de acolhimento de famílias refugiadas na Europa na sequência da guerra civil na Síria”.

A Rede Social de Vila Nova de Famalicão, plataforma “articulada e dinâmica”, foi criada em 2011, abrange todo o concelho e conta com 214 parceiros, onde se incluem a autarquia, as juntas de freguesia, a administração central e regional, as forças de segurança, instituições educativas, associações humanitárias e organizações não governamentais, entre outras.

Este projeto, agora expandido para ajuda aos refugiados, tem como finalidade principal congregar “esforços que têm como objetivos a erradicação da pobreza e da exclusão social e o planeamento estratégico e solidário de Famalicão”, acrescenta a nota informativa.

A proposta para esta iniciativa foi feita pelo presidente do CLAS, também presidente da câmara municipal, Paulo Cunha, para quem a cidade não pode “ficar indiferente ao desespero e sofrimento de milhares de pessoas”.

O autarca acredita que a resposta passa por “uma posição conjunta dos atores sociais do concelho”, que desta forma podem abrir “um maior leque de possibilidades em termos de ajuda”.

Anúncio

Ave

Homem desaparecido desde sexta quando ia a um funeral em Famalicão

Desaparecimento

em

Foto: DR

Uma família lançou um apelo à população em busca de informações sobre o paradeiro de um homem que se encontra desaparecido desde a passada sexta-feira, quando saiu de casa para ir a um funeral no concelho de Famalicão.

Segundo disse a O MINHO uma sobrinha, Sandra Silva, o homem, chamado António Alves da Silva, saiu de casa na passada sexta-feira, em Santo Tirso, dizendo que ia a um funeral de um cunhado na freguesia de Lousado, em Famalicão.

Desde então, o homem, que sofre de princípios de demência, embora medicado, nunca mais foi visto.

A sobrinha indica que António se deslocava num Opel Corsa preto, modelo antigo, na última vez que foi visto junto a um café, em Areias, concelho de Santo Tirso, pelas 14:30 de sexta-feira.

A família já reportou o caso às autoridades que estão a desenvolver diligências para encontrar o desaparecido, que mora sozinho.

Informações podem ser reportadas ao comando distrital da PSP (253 200 420), GNR (253 203 030) ou diretamente à sobrinha, Sandra Silva (914210985).

Continuar a ler

Ave

Freguesia de Famalicão oferece 250 euros por cada nascimento

Natalidade

em

Foto: Facebook / Divulgação

A Junta da União de Freguesias de Ruivães e Novais, em Famalicão está a oferecer um cheque de 250 euros a cada família que tenha tido um nascimento.

Esse cheque é reservado a compras no comércio local e pretende ser “um incentivo à natalidade”.

Segundo Duarte Veiga, presidente daquela autarquia, em 2020 foram entregues 1.000 euros junto da comunidade das duas freguesias, totalizando quatro nascimentos.

Continuar a ler

Ave

Pedra cai de telhado e deixa homem em estado crítico em Famalicão

Acidente de trabalho

em

Foto: DR

Um homem de 39 anos ficou com ferimentos muito graves na sequência de um acidente de trabalho, ao final da tarde desta sexta-feira, em Famalicão.

Ao que apurou O MINHO junto de fonte do comando territorial da GNR em Braga, o homem estaria a proceder a trabalhos junto a um pavilhão em construção na freguesia de Fradelos quando uma pedra de grande porte terá caído do telhado, atingindo o homem num braço e numa perna.

Para o local foram acionados os Bombeiros de Famalicão com uma ambulância.

Face à gravidade dos ferimentos, a vítima foi transportada de emergência, em estado crítico, para o Hospital de São João, no Porto, com acompanhamento da equipa médica da VMER de Famalicão.

A GNR registou a ocorrência.

O alerta foi dado às 18:10 para a rua de Portemião.

Continuar a ler

Populares