Braga: Festival para Gente Sentada promete colocar o público em pé

O Festival para Gente Sentada mudou de casa e instalou as suas bagagens na cidade de Braga.  A 11ª edição do Festival decorrerá nos dias 18 e 19 de setembro e promete ser, segundo a organização, o festival “onde toda a gente se levanta… para aplaudir, de pé.”

O Theatro Circo e o GNRation, anfitriões dos principais nomes do Festival, juntam-se à Rua do Castelo, ao Largo São João Souto e ao Rossio da Sé para receber os 16 concertos em cartaz.

João Carvalho, diretor do festival, afirma que as expectativas em relação a esta edição são as melhores e que a cidade de Braga é o lugar ideal para o evento.

“As expectativas são as melhores. Mudámos de cidade, para uma cidade jovem, com espaços maravilhosos, temos uma programação coerente, uma programação com nomes importantes”, refere João Carvalho, acrescentando que “achamos que esta era a cidade ideal, porque tem uma casa maravilhosa como o Theatro Circo e um espaço fantástico como o GNRation, criamos também o conceito do festival para gente em pé, podemos chamar assim, com concertos de rua, digamos que há música desde as 4 da tarde até às 4 da manhã.

O Festival para Gente Sentada conta com a organização da Ritmos, organizadora do Festival Paredes de Coura e do Nos Primavera Sound, e tem a parceria da Câmara Municipal de Braga. O diretor do festival garantiu que o público pode esperar o conceito dos eventos da Ritmos.

“Temos uma linha musical e uma linha de organização que felizmente tem granjeado adeptos ou amantes da música e o que nós queremos é que as pessoas sintam que o Festival para Gente Sentada é um festival à Ritmos, um festival onde as pessoas podem ver concertos no Theatro Circo e no GNRation, mas também podem beber um copo e conversar enquanto ouvem DJS num outro espaço, e podem ser surpreendidos com nomes conhecidos, com nomes menos conhecidos, portanto, nós gostamos de música e trazemos música às pessoas que gostam de ser bem tratadas”, refere João Carvalho.

cartaz festival para gente sentada

Yasmine Hamdan, Mercury Rev, Lydia Ainsworth, Giant Sand, B Fachada e Bruno Pernadas são os artistas que vão pisar o palco do Theatro Circo durante estes dois dias de um Festival que foi feito “para quem sabe e sente a música”.

O GNRation, por sua vez, vai contar com a presença de Mdou Moctar, Filho da Mãe & Ricardo Martins, DJ Coco e Electric Shoes.

No dia 18 de setembro, Serushio abre o Festival para Gente Sentada, às 16h00, na Rua do Castelo. Logo de seguida, às 17h30, Benjamim sobe ao palco do Largo São João Souto e por fim, os Box To Box sobem ao Rossio, às 19h00.

No sábado, às 16h00, a Rua do Castelo “abre portas” à guitarra de Peixe. Segue-se Sun Blossoms, no Largo São João Souto, às 17h30, e Time For T encerra a tarde, às 19h00, no Rossio.

Bruno Pernadas, que vai atuar no Theatro Circo, na sexta-feira, às 21h30, mostrou-se contente por atuar neste espaço, elogiando a acústica do mesmo.

“Eu acho que o festival vai ter um público bastante eclético, porque acho que é um festival que ao longo das últimas edições tem deixado uma marca muito forte ao nível de festivais que existem no norte do país, de música independente. Este ano tem uma característica que eu acho muito importante, pelo menos no que diz respeito à minha música, quer dizer, eu acho que também se aplica aos outros grupos, que é o facto de ser no Theatro Circo, que é um teatro muito especial por dois motivos, primeiro porque é muito bonito, com toda a sua construção e depois porque tem uma acústica fantástica, seja numa sala principal como numa sala alternativa. Ambos os espaços têm uma acústica muito boa, fator esse que por vezes não existe em salas onde há festivais”.

No que diz respeito ao concerto, Bruno refere que os seus concertos costumam ter uma duração maior do que o estipulado para este Festival. Assim sendo, o grupo vai seguir a mesma linha utilizada no Festival Nos Primavera Sound, na qual também participaram.

“O nosso concerto costuma ter a duração de 1h15, são muitos músicos e as músicas são longas, e quando tocamos nestes festivais temos sempre muito pouco tempo para tocar, então o que nós vamos fazer em Braga, vai um pouco de encontro ao que fizemos no Festival Primavera Sound, vamos compactar o que para nós são alguns dos melhores momentos do concerto e juntar nessa apresentação.

Os bilhetes diários têm um custo de 20 euros e os ingressos para ambos os dias custam 35.

horários festival gente sentada

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Famalicão disponibiliza rede social para apoio aos refugiados sírios

Próximo Artigo

Celorico de Basto: Homem morre em despiste de moto

Artigos Relacionados
x