Seguir o O MINHO

Braga

E se duas avionetas colidissem na pista do aeródromo? Braga testou o socorro

Simulacro

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

As forças de segurança e socorro participaram num simulacro no Aeródromo Municipal de Braga, na sexta-feira, organizado pela autarquia com o objetivo de testar a capacidade de socorro a um eventual acidente entre meios aéreos.

No simulacro participaram os Bombeiros Voluntários de Braga, Bombeiros Sapadores de Braga, Cruz Vermelha de Braga, GNR, PSP, Comando Distrital da Proteção Civil e Associação Nacional da Aviação Civil.

O simulacro consistiu numa colisão de duas aeronaves na pista, com a existência de seis feridos, dois graves e os restantes sem necessidade de assistência, explicou a O MINHO o comandante dos Bombeiros Voluntários de Braga, Pedro Ribeiro.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

O alerta foi dado por volta das 10:30. Os Voluntários e Sapadores deslocaram prontamente equipas que extinguiram o incêndio, verificaram a existência de vítimas e acionaram mais meios dos Voluntários, Sapadores e também da Cruz Vermelha para o socorro.

No âmbito do DECIR – Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais, o Aeródromo de Braga vai albergar o CMA – Centro de Meios Aéreos e terá uma brigada de incêndio em permanência enquanto lá estiver o helicóptero. Este simulacro serviu para o aeródromo testar o seu plano de emergência.

Populares