Seguir o O MINHO

Braga

Condutores perdem 572 euros por ano com o trânsito em Braga

Estudo

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Uma simulação levada a cabo pela seguradora Budget Diret revelou que os condutores passam em média 69 horas ‘presos’ no trânsito em Braga, situação que acarreta custos de 572 euros para cada condutor.

O simulador, disponível no site da empresa australiana, dá a conhecer quais as cidades a nível mundial onde existe mais tráfego, e Braga é uma das cinco registadas em Portugal – e a terceira da lista no nosso país.

A estimativa aponta uma primeira perda de 262 euros pelas horas de produtividade desperdiçadas, ou seja, diretamente do rendimento. A segunda perda, de 310 euros, remete para os gastos extra com combustível.

Porto é a cidade onde mais tempo os condutores passam no trânsito (110 horas), com custo associado de 907 euros. Já Lisboa, onde o trânsito em hora de ponta está parado durante 108 horas por ano, os custos são de 898 euros anuais.

Fonte: Budget Diret

A nível mundial, Hong Kong é a cidade onde os condutores mais gastam com a hora de ponta – um total de 2.170 euros por 126 horas perdidas. Já Telavive, em Israel, é onde se passa mais tempo parado nas filas (156 horas). Genebra, na Suíça, é a cidade europeia onde o trânsito mais custa aos bolsos dos condutores – 2.156 euros por 112 horas perdidas.

Fonte: Budget Diret

Os cálculos da seguradora seguem um modelo INRIX, considerando horas de produtividade perdidas e custo do combustível.

Populares