Seguir o O MINHO

Guimarães

Alunos de Guimarães defendem projeto na final de concurso sobre sustentabilidade energética

Projeto prevê a criação de um sistema de canalização dos pontos de água existentes, recorrendo a painéis solares

em

Foto: DR

O distrito de Braga vai estar representado por seis alunos do 8.º ano da Escola EB 2.3 Abel Salazar, em Guimarães, na final deste ano dos concursos Missão Up, Power Up e Switch Up, promovidos anualmente pela Fundação Galp para distinguir os melhores projetos de eficiência energética e desenvolvimento sustentável apresentados por equipas de alunos do ensino básico e secundário.

O projeto dos alunos vimaraneses foi um dos cinco finalistas na categoria Power Up, dirigida a alunos do 2º e 3º Ciclo do Ensino Básico.

A escolha teve por base a criação de um sistema de canalização dos pontos de água existentes, recorrendo a painéis solares para bombear a água para o circuito da rega e para um charco artificial que funcionará como centro de observação e monitorização ao vivo na escola, com apoio de uma entidade local.

Além deste projeto dos alunos de Guimarães, estarão na final da categoria Power Up destes prémios projetos desenvolvidos por alunos de escolas dos distritos do Porto, Setúbal, Aveiro e Lisboa.

A divulgação dos vencedores é conhecida hoje, durante o Energy Bootcamp organizado pela Fundação Galp, em Matosinhos, na sede do CEiiA, entidade com a qual a Fundação Galp mantém uma parceria e trabalha a literacia sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, nomeadamente o tema da proteção dos oceanos.

Os projetos vencedores recebem entre mil euros e sete mil euros em financiamento para a sua implementação.

Populares