Connect with us

Última jornada da Liga não muda nada no Minho

Desporto

Última jornada da Liga não muda nada no Minho

Sporting de Braga segurou hoje o quarto lugar da I Liga de futebol com uma goleada (5-0) ao Vitória de Setúbal, ganhando o ‘duelo’ minhoto ao Vitória de Guimarães (quinto), que venceu (4-2) em casa da Académica.

O Vitória de Guimarães dependia de uma derrota do Sporting de Braga e de um triunfo em Coimbra para ascender ao quarto lugar, que dá acesso diretamente à fase de grupos da Liga Europa, caso a equipa que vença a Taça de Portugal já esteja apurada para a Liga dos Campeões.

No entanto, a formação ‘arsenalista’ não deu hipóteses e goleou o Vitória de Setúbal (5-0), com golos de João Schmidt, com um golo aos cinco minutos na própria baliza, Éder, aos 23 e 69, Pedro Tiba, aos 44, e Salvador Agra, aos 81, deram expressão com golos à supremacia exercida pelo Sporting de Braga, que a 31 de maio disputa a final da Taça de Portugal com o Sporting.

Em Coimbra, o Vitória de Guimarães venceu a Académica, por 4-2, com golos de Ricardo Valente, aos 34 e 90+4 minutos, Otavinho, aos 53, e Tómané, aos 59.

Os ‘estudantes’, que terminam o campeonato no 15.º lugar, com os mesmos 29 pontos do Vitória de Setúbal (14.º) ainda empataram por Pedro Nunes (1-1), aos 39 minutos, e reduziram por Ivanildo (2-3), aos 69.

O Moreirense despediu-se da presente temporada com uma vitória em casa do Arouca, por 2-1, com dois golos de Gerso, aos 32 e 40 minutos. O argentino Agustin Vuletich ainda amenizou a derrota ao marcar aos 87 minutos.

Com o título entregue há uma semana ao Benfica, bem como decididas as despromoções de Gil Vicente e Penafiel, a vaga europeia conquistada hoje pelo Belenenses acabou por constituir o atrativo da última jornada.

Além da decisão sobre a última vaga europeia, ao alcance do sexto classificado, lugar conquistado pelo Belenenses, também o ‘duelo’ pela definição do melhor marcador do campeonato marcou presença na última ronda.

O Benfica trabalhou para levar Jonas à conquista do galardão de melhor marcador, mas os dois golos marcados pelo brasileiro na goleada ao Marítimo (4-1), perfazendo 20, foram insuficientes para ultrapassar os 21 de Jackson Martinez.

O já bicampeão nacional venceu a formação insular com golos repartidos pelos brasileiros Lima, aos 06 e 59 minutos, e Jonas, aos 42 e 83. O Marítimo ainda empatou pelo francês Marega, aos 31 minutos, num lance que contou com um desvio de Jardel.

O Sporting encerrou a sua prestação na I Liga com uma vitória ‘magra’ em casa do Rio Ave, por 1-0, com um golo de Nani, aos 48 minutos, terminando no terceiro lugar, com 76 pontos, a nove do Benfica (1.º) e a seis do FC Porto (2.º).

O Belenenses foi o principal beneficido desta última jornada, ao vencer fora o Gil Vicente, por 2-0, com golos de Fábio Nunes e Tiago Caeiro, aos 52 e 84 minutos, numa partida em que a formação de Barcelos ficou reduzida a nove aos 78 minutos.

A formação de Belém beneficiou ainda da derrota sofrida pelo Paços de Ferreira em casa do Nacional, por 3-0, com golos de Fábio Cardoso (1-0), aos 14 minutos na própria baliza, Marco Matias (2-0), aos 43, e Tiago Rodrigues (3-0), aos 53.

Com a vitória em Barcelos, e a derrota na Madeira do Paços de Ferreira, que partiu para a última jornada com dois pontos de vantagem sobre a formação do Restelo, o Belenenses terminou em sexto e garantiu a presença na Liga Europa.

O Estoril-Praia venceu o Boavista, por 2-0, com golos de Léo Bonatini, aos 09 minutos, e Ruben Fernandes, aos 90+2, e garantiu o 12.º lugar, apenas um acima da formação ‘axadrezada’.

 

Mais em Desporto

Bitnami