Seguir o O MINHO

Desporto

SAD do Sporting de Braga regista prejuízo de 1,3 milhões de euros em 2014/15

em

A Sociedade Anónima Desportiva (SAD) do futebol do Sporting de Braga registou um resultado líquido negativo de 1,3 milhões de euros na época 2014/15, que será discutido em assembleia-geral de acionistas na próxima segunda-feira.

Segundo fonte do clube minhoto, esse resultado está em linha com o orçamentado para a época passada, somando-se, apesar disso, ao do ano anterior (2,3 milhões negativos), depois de quatro épocas de lucro.

Porém, as transferências de Santos para o Valência e de Pardo para o Olympiakos ainda não estão contabilizadas no balanço deste exercício, já que ocorreram após 30 de junho.

“Se as mesmas fossem consideradas em 2014/15, a SAD apresentaria um lucro superior a seis milhões de euros, que, aliás, é o resultado líquido estimado para a temporada 2015/16”, refere a mesma fonte.

Esta projeção resulta de um orçamento na ordem dos 18 milhões de euros e rendimentos de cerca de 24 milhões, que incluem mais-valias de venda de passes de jogadores na ordem dos 13 milhões de euros, dos quais já se concretizaram cerca de 7,5 milhões.

A Sporting Clube de Braga, SAD prevê ainda para 2015/16 uma redução ao nível dos gastos com pessoal em 2 milhões de euros (cerca de 16,3 por cento), passando de 12,3 milhões para 10,3 milhões de euros.

Para o exercício de 2014/15, e apesar do resultado negativo, “foram fundamentais para o equilíbrio” das contas, as mais-valias resultantes das transações dos passes dos jogadores Éder, Zé Luís e Ruben Micael, que representam quase a totalidade dos 17 milhões de euros registados (mais valia contabilística de 10,5 milhões após o abate do passe, da dedução das respetivas comissões e em função das percentagens dos passes detidas pela SAD).

Numa época em que a Braga SAD não competiu nas provas da UEFA, registou-se um acréscimo do EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) na ordem dos 61 por cento, ascendendo a 2,9 milhões de euros, o que supera os 1,8 milhões da época anterior.

A SAD apresenta capitais próprios de aproximadamente 10 milhões de euros, originando uma autonomia financeira de cerca de 27 por cento, “caso ímpar neste setor de atividade”.

A SAD logrou ainda a redução do passivo bancário efetivo em 45 por cento, no valor de 3,6 milhões de euros. O passivo bancário efetivo, que era de 8,1 milhões de euros no fecho do exercício 2013/14, situava-se a 30 de junho deste ano nos 4,5 milhões de euros.

Quanto ao passivo exigível, é de registar que se encontra em linha com o montante das dívidas a receber (21 milhões de euros), “o que demonstra uma situação equilibrada do ponto de vista de tesouraria”.

O valor do passivo total, que era de 24,5 milhões de euros na época passada, não foi divulgado.

 

Anúncio

Desporto

SC Braga com duas medalhas de ouro no Open de Karaté de Lisboa

Karaté

em

Foto: Divulgação

Hélio Hernandez e Léa Barros vencerem, este fim de semana, a medalha de ouro no Open de Karaté de Lisboa, com vitórias contundentes nas suas categorias. Tânia Barros (prata) e Emma Barros (bronze), também subiram ao pódio na competição.

Numa das “mais competitivas e bem organizadas” competições “desta modalidade em Portugal”, como dá conta a secção de Karaté do SC Braga, em nota enviada a O MINHO, foram atletas de todo o mundo a competir na capital.

As medalhas foram conquistadas ao serviço da seleção nacional, que contou com quatro atletas do SC Braga, e os quatro saíram medalhados.

Hélio Hernandez esteve em destaque. Na categoria principal, modalidade de -84 quilogramas, foi o grande vencedor do torneio, firmando créditos que tem vindo a granjear nas competições mais recentes.

Léa Barros, a competir em júniores, -53 quilogramas, logrou o ouro, vencendo a categoria. A sua irmã, Tânia Barros, conquistou a prata em séniores, -50 quilos. Já a terceira das irmãs Barros, Emma, conquistou o bronze na categoria Kata, em juvenis.

Pelo SC Braga, também as atletas Beatriz Ferreira (júniores -59 quilogramas), Liliana Abreu (séniores +68 quilogramas) e Leonor Gonçalves (iniciados -40 quilogramas), conquistaram a medalha de bronze, na competição por clubes.

Por Braga, estiveram ainda em competição os atletas Guilherme Gonçalves, João Mendes, Mariana Silva e André Salsa.

Continuar a ler

Futebol

Euro2020: Cristiano Ronaldo admite que tem jogado limitado

Vai disputar o seu quinto campeonato da Europa de futebol

em

Foto: Divulgação

O internacional português Cristiano Ronaldo mostrou-se hoje “muito feliz” por poder disputar o seu quinto campeonato da Europa de futebol e admitiu que tem jogado como limitações físicas nas últimas três semanas.

“É um orgulho representar a minha seleção, ainda por cima com golos. Qualificámo-nos, era o que queríamos mais. Sabíamos que tínhamos de ganhar estes dois jogos e estou muito feliz por a equipa ter ganhado e conseguido a qualificação. Vai ser o meu quinto Europeu e estou muito feliz por isso”, afirmou Ronaldo.

O avançado falava aos jornalistas na zona mista do Estádio Josy Barthel, no Luxemburgo, onde a seleção nacional venceu por 2-0, com golos de Bruno Fernandes e do ‘capitão’, e confirmou o apuramento para o Euro2020 de futebol.

“É difícil jogar nestes campos, um campo de batatas. Não sei como é possível seleções deste nível jogarem em campos assim. O espetáculo não foi bonito, mas fizemos o nosso trabalho. O objetivo era passar”, observou o ‘7’ luso.

Ronaldo considerou que na fase final do Europeu “os candidatos são sempre os mesmos” e salientou mesmo que o estatuto de detentor do troféu não coloca Portugal entre os favoritos.

“Somos uma seleção difícil de bater, uma seleção que vai para o Europeu tentar ganhar outra vez, mas acho que favoritos são todos os outros”, referiu.

Com o tento no Luxemburgo, o avançado da Juventus chegou ao 99.º ao serviço da seleção nacional, sendo que o 100.º “vai aparecer de uma forma natural”, tal como os restantes recordes que tem em ‘mira’: “Todos os recordes são para bater e vou bater esses recordes. Vão acontecer de uma forma natural”.

Por outro lado, o avançado da Juventus comentou as dificuldades físicas que tem sentido nas últimas semanas e que o obrigaram a jogar condicionado, tendo afastado qualquer polémica com o treinador dos ‘bianconeri’, Maurizio Sarri, que o substituiu aos 55 minutos do jogo com o AC Milan.

“Nas últimas três semanas tenho vindo a jogar limitado. Não houve polémica, vocês é que gostam de a criar. Não gosto de ser substituído, ninguém gosta. Tentei ajudar a ‘Juve’ mesmo jogando lesionado. Nestes jogos da seleção, também não estava a 100% e continuo a não estar. Quando é para me sacrificar pelo clube e pela seleção, faço-o com todo o orgulho, porque sei que havia muito em disputa”, adiantou aos jornalistas.

De resto, Ronaldo lembrou que “é raro” lesionar-se e foi perentório na explicação: “O Inter está a fazer muita pressão à Juventus [na Serie A]. Não podemos ser moles, estamos dois pontos à frente [na classificação] e, se empatamos ou perdemos, eles passam-nos. Sacrifiquei-me em prol da equipa. Aqui [na seleção], não ganhando um dos dois jogos podíamos estar fora. Sacrifiquei-me também”.

A seleção portuguesa de futebol, campeã em título, venceu hoje por 2-0 no Luxemburgo, na última ronda do Grupo B, tendo conseguido o apuramento ainda antes do final do encontro, face ao empate da Sérvia.

Bruno Fernandes, aos 39 minutos, e Cristiano Ronaldo, aos 86, apontaram os tentos da formação das ‘quinas’, que vai marcar presença no Europeu pela oitava vez, e sétima consecutiva, desde 1996.

Portugal garantiu o segundo lugar do Grupo B, com 17 pontos, contra 20 da Ucrânia, que já estava apurada e empatou 2-2 na Sérvia (terceira, com 14), ainda com hipóteses de qualificação via ‘play-off’. O Luxemburgo somou quatro pontos e a Lituânia um.

Continuar a ler

Futebol

SC Braga triunfa em Santarém e alcança sexta vitória consecutiva na Liga

Campeonato nacional feminino

em

Foto: Divulgação / SC Braga

O Sporting Clube (SC) de Braga venceu (0-4), esta tarde de domingo, o CA Ouriense, em jogo a contar para a sétima jornada do campeonato nacional feminino de futebol (Liga BPI).

As gverreiras do Minho chegaram ao triunfo com golos de Vanessa (40′ e 90′), Jana (63′) e Macchia (91′).

Com este resultado, as bracarenses mantém-se no terceiro lugar, com 18 pontos, empatadas com o Sporting, que ocupa a segunda posição.

O SL Benfica lidera invicto, com 21 pontos.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares