Seguir o O MINHO

Braga

Ruínas da basílica Sueva de Dume abertas ao público

em

Foto: Sérgio Freitas / CM Braga

O Núcleo Museológico de Dume abriu esta sexta-feira ao público os conteúdos expositivos das ruínas arqueológicas da basílica Sueva de Dume.

A musealização das ruínas da antiga Catedral, localizadas sob a actual igreja paroquial de Dume e seus espaços circundantes, é fruto da união de esforços entre a União de Freguesias de Real, Dume e Semelhe, Município de Braga, Universidade do Minho e a Igreja, a “verdadeira legatária” das memórias referencias agora expostas.

Segundo Miguel Bandeira, vereador da Câmara Municipal de Braga, este espólio “assume uma importância impar pela sua singularidade e valia patrimonial, constituindo-se como exemplar único, cuja valorização permitirá projectar as Ruínas Arqueológicas de São Martinho de Dume para o mesmo patamar dos grandes conjuntos europeus similares, integrando-o nos circuitos internacionais de arquitectura cristã antiga”.

O Núcleo Museológico de Dume é um equipamento cultural da União de Freguesias, composto pelo edifício que alberga o túmulo de São Martinho de Dume e pelas ruínas arqueológicas (basílica e mosteiro Suevo e balneário Romano), já classificados como Monumento Nacional.

A inclusão é uma das grandes apostas deste equipamento, uma vez que o espaço está totalmente equipado para receber visitantes com qualquer tipo de limitações, sejam elas de mobilidade, visual ou auditiva

“Este Núcleo é um importante referencial da nossa memória colectiva. Estes são espaços que nunca estão verdadeiramente encerrados a novos contributos do conhecimento, podendo sempre apresentar novas descobertas e revelações”, sustentou Miguel Bandeira, esperando que “em pouco tempo este seja um museu do conhecimento do grande público”.

A fruição das ruínas assenta na criação de um circuito entre o edifício que alberga o túmulo de São Martinho de Dume e a igreja, sob o actual adro, de modo a proporcionar a visita às ruínas conservadas. O visitante poderá visualizar vídeos e contextualização no auditório e iniciar depois uma espécie de ‘viagem no tempo’, circulando pela parte subterrânea do adro da igreja, vendo ruínas da antiga ‘Villa Romana’ e do mosteiro e basílica Suevas, terminando na sala do túmulo.

O Núcleo Museológico de Dume funciona de terça a sábado (excepto o primeiro sábado de cada mês) das 14:00 às 18:00 e aos primeiros domingos de cada mês entre as 09:30 e as 12:30. O Espaço disponibiliza ainda um serviço educativo com visitas guiadas para grupos e outras actividades, sujeitas a marcação prévia na União de Freguesias de Real, Dume e Semelhe.

Anúncio

Braga

Rixa em posto de abastecimento faz um ferido grave em Vila Verde

em

Um homem ficou com ferimentos graves na sequência de agressões, esta sexta-feira à noite, em Marrancos, Vila Verde.

De acordo com o jornal O Vilaverdense, a vítima, e outro amigo que sofreu ferimentos ligeiros, estariam num posto de combustível daquela freguesia quando foram abordados por um grupo de indivíduos que os terá agredido.

De acordo com o mesmo jornal, os agressores estariam num restaurante durante um aniversário e não terão gostado de uma situação que terá envolvido um automóvel dos agredidos.

Os dois feridos foram transportados para o Hospital de Braga pelos Bombeiros de Vila Verde.

A GNR registou a ocorrência.

Continuar a ler

Braga

Homem mata mulher a tiro em Braga

Violência doméstica

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Uma mulher de 54 anos morreu esta sexta-feira em Braga vítima de um tiro de arma de fogo disparado pelo próprio marido.

O homem terá disparado sobre a mulher dentro da residência, localizada na rua da Bugide, freguesia de Pedralva.

Dirigiu-se esta noite ao posto territorial do Sameiro (GNR) onde confessou a autoria do crime.

Ao local acorreu uma ambulância INEM e a VMER de Braga, tendo confirmado o óbito da mulher.

O homem, de 59 anos, encontra-se sob custódia policial. Desconhecem-se ainda os motivos do crime.

Este é já o segundo caso de morte entre casais no distrito de Braga no espaço de seis dias.

No passado domingo, um homem matou a companheira em Gondifelos, Famalicão, pondo termo à vida de seguida.

Continuar a ler

Braga

“Pico” nas urgências reteve ambulâncias no Hospital de Braga. Situação já normalizou

Bombeiros revoltados

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Ambulâncias de várias corporações de bombeiros da região de Braga ficaram esta tarde de sexta-feira retidas durante mais de uma hora junto das urgências do Hospital de Braga, face ao tempo de espera na triagem.

Ao que O MINHO apurou junto de várias corporações da região de Braga, algumas ambulâncias chegaram mesmo a esperar mais de uma hora enquanto os doentes ficavam em macas no serviço de urgências, à espera de serem atendidos na triagem.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Fonte da unidade hospitalar disse a O MINHO que a situação se encontra normalizada, tendo existido um “pico” durante esta tarde, face a algumas situações de última hora que “atrasaram” as ambulâncias.

A mesma fonte indica, contudo, que tem sido dada “prioridade máxima” às macas que chegam nas ambulâncias, de forma a “libertar” as viaturas que são necessárias em outras ocorrências, não podendo ficar “à espera” naquele serviço.

Ao que O MINHO apurou ao final da tarde desta sexta-feira, a situação já se encontra normalizada.

Continuar a ler

Populares