Seguir o O MINHO

Braga

PSP fiscaliza deslocações entre Braga e Vila Verde

Covid-19

em

Foto: Divulgação / PSP de Braga

O comando distrital da PSP de Braga tem em marcha a “Operação Transição Segura II”, com operações de patrulhamento, sensibilização e fiscalização para garantir as regras em vigor de contenção da pandemia de covid-19 no âmbito das limitações de circulação entre concelhos


Durante esta sexta-feira, já com o despacho de Conselho de Ministro que impede deslocações entre concelhos em vigor, os elementos da PSP fiscalizaram quem se deslocava entre os concelhos de Braga e Vila Verde, junto ao Centro Comercial Nova Arcada. Há ainda registo de ações de fiscalização nos concelhos de Guimarães, Famalicão e Barcelos.

Foto: PSP de Braga

Foto: PSP de Braga

Em conferência de imprensa conjunta, realizada ontem no Ministério da Administração Interna, a PSP e a GNR avançaram que as operações têm essencialmente uma vertente de sensibilização e pedagogia, mas em caso de necessidade estas duas forças e segurança não hesitarão em “impor a lei”.

Além da fiscalização à circulação entre concelhos, a Guarda Nacional Republicana e a Polícia de Segurança Pública vão também estar atentas a outras regras em vigor para conter a pandemia de covid-19, como o uso de máscara na rua e nos transportes públicos, consumo de álcool na via pública e ajuntamento de pessoas, que estão limitados a cinco pessoas.

A circulação para fora do concelho de residência vai estar limitada, entre as 00:00 de sexta-feira e as 06:00 de 03 de novembro, existindo algumas exceções.

Anúncio

Braga

Braga: Temporada de Música de Câmara com três concertos de 03 a 17 de dezembro

Cultura

em

Foto: Divulgação

Braga vai acolher a I Temporada de Música de Câmara, que prevê a realização de três concertos entre os dias 03 e 17 de dezembro, às 19:00, no Salão Medieval da Reitoria da Universidade do Minho, anunciou hoje a instituição.

Os concertos, com direção artística de Miguel Simões, integram um repertório instrumental que abarca diferentes períodos da história da música, contando com intérpretes portugueses e estrangeiros, sublinhou.

Os espetáculos terão acesso limitado de acordo com as regras da Direção-Geral da Saúde (DGS), advertiu.

Continuar a ler

Braga

Novo projeto ibérico de turismo já inclui ‘novo’ caminho que liga Braga a Santiago

Turismo

em

Foto: Divulgação / Associação Codeseda Viva

Uma empresa portuguesa de consultadoria na área do turismo acaba de lançar o projeto “Caminhos Ibéricos de Santiago (CIS)”, que inclui nove itinerários jacobeus, entre os quais o Caminho da Geira e dos Arrieiros, que liga Braga a Santiago de Compostela, na distância de 240 quilómetros, foi hoje anunciado.

“O projeto investiga, divulga e promove os caminhos de Santiago transfronteiriços, que se desenvolvem na raia ibérica, com ênfase para os menos percorridos e que atravessam as regiões do interior”, explica em comunicado a Upstream – Valorização do Território.

O CIS “arranca com nove itinerários, em diferentes fases de desenvolvimento e consolidação”: Central, Geira e dos Arrieiros, Interior, Português da Via da Prata, de Torres, Santiago Via da Estrela, Via Badajoz – Estremoz (Via da Prata-Caminho Nascente Alentejo), Via Aracena – Serpa (Caminho do Sul/Via da Prata – Caminho da Raia Alentejo) e Via Huelva – Castro Marim/Tavira (Caminho do Sul/Via da Prata – Caminho Nascente Algarve).

Esta iniciativa “pretende contribuir para o desenvolvimento sustentável e a promoção turística das regiões do interior transfronteiriço ibérico, associando os itinerários que ligam Espanha e Portugal”, adianta a Upstream, com sede no Fundão, explicando que o projeto CIS “promoverá a coexistência entre o sagrado e o secular, a peregrinação, o turismo religioso e turismo cultural, entre a espiritualidade, o turismo e desenvolvimento local”.

O projeto “é uma forma a potenciar os recursos patrimoniais e naturais associados aos caminhos de Santiago e os seus efeitos na sustentabilidade das regiões, e no bem-estar das populações dos territórios mais desfavorecidos do interior transfronteiriço”, adianta a consultora, que está “aberta a promover e a colaborar em intervenções, de natureza privada e pública, alinhadas com estes objetivos”.

O Caminho da Geira e dos Arrieiros foi reconhecido, a 16 de novembro, pela associação Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular, uma entidade luso-galaica que reúne 35 municípios da região transfronteiriça e a província de Lugo. “Os nossos especialistas e peritos indicaram que estes caminhos estão reconhecidos e certificados. Por isso estão presentes no guia “Um Caminho de Futuro”, explicou o secretário geral do Eixo Atlântico, Xoan Mao, referindo que “a publicação tem por base elementos rigorosos aportados por peritos”.

Este itinerário que liga Braga a Santiago de Compostela também já foi reconhecido pela Igreja, em março de 2019, quando o delegado de peregrinações do cabido da Catedral de Santiago, o deão Segundo L. Pérez López, assinou um certificado onde refere que o traçado cumpre “as condições de outros caminhos de peregrinação” e por isso “concede a Compostela” a quem o percorrer.

Continuar a ler

Braga

Restaurante de Braga oferece latas de conserva para ajudar quem mais precisa

Solidariedade

em

Foto: Facebook Plataforma Amigos de S. Vicente

O restaurante Dom Augusto, situado em São Vicente, na cidade de Braga, entregou mais de uma centena de latas de conserva para ajudar a compor cabazes de Natal para os mais carenciados.

A oferta fará parte dos cabazes de Natal que a plataforma Amigos de São Vicente está a organizar para entregar aos mais necessitados daquela freguesia urbana de Braga.

Através das redes sociais, a plataforma dirigida por José Macedo dá conta do gesto, deixando um agradecimento ao proprietário, Augusto Ferreira.

“Hoje fomos buscar as ofertas do Restaurante Dom Augusto para os nossos cabazes de Natal. Um sector como o da Restauração em dificuldades como todos nós sabemos e a solidariedade deste Estabelecimento da nossa freguesia é a prova viva que ainda há pessoas de bem que se preocupam com os outros”, pode ler-se na publicação.

Continuar a ler

Populares