Seguir o O MINHO

Futebol

Portugal-Espanha: Aplausos e gritos de incentivo dos 2.500 adeptos em ‘nulo’

Covid-19

em

Vários aplausos e gritos de incentivo dos 2.500 espetadores presentes hoje no Estádio José Alvalade destacaram-se no ‘nulo’ entre Portugal e Espanha, no segundo teste no futebol profissional com vista ao regresso gradual dos adeptos aos estádios.


Depois do primeiro ensaio no jogo entre Santa Clara e Gil Vicente, da terceira jornada da I Liga, disputado no sábado, nos Açores, que contou com a presença de 873 pessoas, o Estádio de Sporting, em Lisboa, voltou a ter adeptos nas bancadas, mas apenas 5% da lotação.

Apesar de não ter existido um apoio constante do princípio ao fim no encontro particular, a presença do público fez-se notar em alguns momentos, com o primeiro grito ‘Portugal, Portugal’ a acontecer aos sete minutos, seguindo-se outras tantas vozes de incentivo e aplausos, que se mantiveram na segunda parte.

A entrada dos adeptos no recinto teve início pelas 18:00 e apenas a bancada inferior foi aberta, sendo que todos já estavam devidamente identificados, tendo sido ainda sujeitos ao controlo da temperatura à chegada.

Os espetadores, que adquiriram os ingressos via online, sentaram-se nos respetivos lugares respeitando o distanciamento físico e o uso obrigatório e permanente de máscara durante a partida.

Em 14 de outubro, um novo teste irá decorrer também no recinto do Sporting, com o aumento para 10% da capacidade, equivalente a quase 5.000 pessoas, no embate da equipa das ‘quinas’ frente à Suécia, relativo à Liga A da Liga das Nações.

Anúncio

Futebol

Ricardo Horta iguala Paulinho como ‘rei’ dos marcadores do Braga na Europa

Liga Europa

em

Foto: SC Braga / Divulgação (Arquivo)

Ricardo Horta igualou hoje o companheiro de equipa Paulinho como melhor marcador do Braga nas taças europeias de futebol, com 12 golos, ao apontar o terceiro dos ‘arsenalistas’ no campo do AEK Atenas (4-2).

No encontro da quinta jornada do Grupo G da Liga Europa que valeu aos bracarenses um lugar nos 16 avos de final, o avançado luso faturou aos 45 minutos, num jogo em que Paulinho, também titular, ficou em ‘branco’, sendo substituído aos 71.

Ricardo Horta somou um golo em 2016/17, um em 2017/18, dois em 2018/19, seis em 2019/20 e tem agora dois em 2020/21, uma vez que também havia marcado na receção aos gregos (3-0).

Por seu lado, Paulinho, que recentemente se estreou como internacional ‘AA’ com um ‘bis’, apontou três em 2017/18, a sua época de estreia pelos minhotos, ficou em ‘branco’ em 2018/19, chegou aos seis na temporada transata e leva três em 2020/21.

Com os tentos apontados na presente edição da Liga Europa, Ricardo Horta e Paulinho deixaram para trás o brasileiro Alan, que, entre 2008/09 e 2015/16, marcou 11 golos, seis na Liga dos Campeões, um na Taça UEFA e quatro na Liga Europa, o último num triunfo em Marselha, por 3-2, em 22 de outubro de 2015.

Continuar a ler

Futebol

Braga apurado para os ’16-avos’ da Liga Europa com ‘chuva de golos’ em Atenas

Liga Europa

em

Foto: SC Braga / Twitter

O SC Braga apurou-se hoje para os dezasseis-avos de final da Liga Europa, após vitória por 2-4, frente ao AEK, em Atenas, na Grécia.

Tormena (7), Esgaio (9), Ricardo Horta (45) e Galeno (82) fizeram os golos para os arsenalistas.

O barcelense Nélson Oliveira reduziu para os gregos aos 31 minutos. Já Stravos fez o segundo (89) para o AEK.

Com este triunfo, o Braga garante o apuramento , somando 10 pontos no grupo G, os mesmos do líder Leicester, que hoje perdeu com o Zorya Luhansk, que é terceiro com seis pontos, enquanto o AEK está em último, com três pontos.

Ficha de Jogo

Estádio Olímpico de Atenas.

AEK Atenas – SC Braga, 2-4.

Ao intervalo: 1-3.

Marcadores:

0-1, Tormena, 07 minutos.

0-2, Esgaio, 09.

1-2, Nélson Oliveira, 31.

1-3, Ricardo Horta, 45.

1-4, Galeno, 83.

2-4, Stavros Vasilantonopoulos, 89.

Equipas:

– AEK Atenas: Panagiotis Tsintotas, Michalis Bakakis (Stavros Vasilantonopoulos, 46), Nassim Hnid, Inout Nedelcearu, Emanuel Insua, Costas Galanopoulos, André Simões, Petros Mantalos (Levi Garcia, 74), Christos Albanis (Muamer Tankovic, 60), Marko Livaja e Nélson Oliveira (Karim Ansarifard, 60).

(Suplentes: Giorgos Athanasiadis, Georgios Theocharis, Levi Garcia, Karim Ansarifard, Ziga Laci, Muamer Tankovic, Stratos Svarnas, Mario Mitaj, Anel Sabanadzovic, Theodosios Machairas, Ionnis Foivos Botos, Stavros Vasilantonopoulos).

Treinador: Massimo Carrera.

– SC Braga: Matheus, Esgaio, Tormena, Bruno Viana (David Carmo, 46), Sequeira, Castro (João Novais, 78), Al Musrati (Fransérgio, 57), Iuri Medeiros (André Horta, 57), Galeno, Ricardo Horta e Paulinho (Schettine, 71).

(Suplentes: Tiago Sá, Rogério Santos, Zé Carlos, David Carmo, Raul Silva, João Novais, Fransérgio, André Horta, Hernâni, Schettine e Abel Ruiz).

Treinador: Carlos Carvalhal.

Árbitro: Georgi Kabakov (Bulgária).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Bruno Viana (30), Al Musrati (50), Stavros Vasilantonopoulos (58), Emanuel Insua (70), Esgaio (74), Castro (74) e Petros Mantalos (74).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

(em atualização)

Continuar a ler

Futebol

Portimonense vai a Guimarães com o foco na vitória

I Liga

em

Foto: DR / Arquivo

O treinador Paulo Sérgio assegurou hoje que o Portimonense vai defrontar o Vitória SC “focado em discutir a vitória”, no jogo da nona jornada da I Liga portuguesa de futebol.

“É mais um jogo em que vamos discutir os três pontos, que queremos muito, e vamos à procura deles sabendo que será uma tarefa difícil”, disse o treinador dos algarvios.

Paulo Sérgio falava na conferência de imprensa de antevisão à partida que opõe o Vitória SC, sexto classificado, com 13 pontos, ao Portimonense, 16.º, com sete pontos, no sábado, às 15:30, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.

Para o treinador, este é mais um jogo em que a equipa “deve estar concentrada e focada para aquilo que são as suas missões, o plano estratégico e a competição pelos pontos”.

“Temos de estar muito concentrados naquilo que são os detalhes em cada partida, porque esse foi o crescimento que apresentámos no jogo da jornada anterior com o Nacional da Madeira”, destacou.

Paulo Sérgio antevê um confronto difícil com o Vitória SC, “equipa que introduziu vários elementos novos no grupo, atletas de qualidade, que teve uma alteração na liderança técnica e que está a seguir o seu caminho com vitórias”.

“É um grande clube do futebol português, que tem estado a somar pontos, com muita qualidade técnica”, apontou.

Para o treinador, a vitória conseguida em casa na jornada anterior diante do Nacional da Madeira (1-0) não pode provocar “relaxamento da equipa”, a qual deverá manter a os níveis de concentração evidenciados no jogo com os madeirenses.

“Não podemos relaxar porque conseguimos uma vitória, mas temos de estar muito concentrados, à procura de sermos competentes para defrontarmos uma excelente equipa como é o Vitória SC”, alertou.

Paulo Sérgio considerou que a pressão é sempre a mesma em cada jogo: “Temos de ser nós próprios a colocar essa pressão em cima de cada um de nós, porque se queremos alguma coisa da vida não podemos relaxar”.

O treinador da equipa algarvia prevê um campeonato “longo e duro” exemplificando com o facto de “entre o último e o sexto classificados existir um número escasso de pontos”.

“A nossa saúde mental e equilíbrio emocional serão fundamentais para atingirmos os objetivos”, concluiu.

Continuar a ler

Populares