Seguir o O MINHO

Futebol

Penálti dá vitória difícil ao Vizela sobre o Académico de Viseu

em

Um golo de grande penalidade de Cassiano deu hoje ao Vizela uma ‘suada’ vitória sobre o Académico de Viseu, 1-0, na 11.ª jornada da II Liga de futebol, que consolida a sua posição a meio da tabela classificativa.

Num jogo equilibrado, o único golo surgiu aos 62 minutos, com Cassiano a converter um penálti, dando à equipa da casa a segunda vitória nos últimos três jogos na II Liga (o outro foi um empate).

Já o Académico de Viseu vai no quarto jogo sem vencer no campeonato (duas derrotas e dois empates) e ‘afunda-se’ nos últimos lugares.

Os viseenses até estiveram melhor na primeira parte e, logo aos oito minutos, Carter atirou à barra, num remate de primeira após centro da esquerda de Fernando Ferreira.

O Vizela reagiu aos 19 minutos e, após canto da esquerda, Mathaus, de cabeça, colocou Ricardo Fernandes à prova, mas seria Kiki a salvar a equipa da casa, impedindo o golo a Luisinho (27).

Um livre perigoso de Marcos Paulo e um cabeceamento de Tavinho (49 e 54) deram o mote para um Vizela melhor na segunda parte e, aos 62 minutos, coroando o ascendente, a equipa da casa adiantou-se no marcador, com o recém-entrado Cassiano a converter uma grande penalidade que puniu uma falta de Fábio Santo sobre Zag.

Até ao final, os forasteiros tentaram o empate e acabaram o jogo com menos uma unidade, por expulsão do central Fábio Santos (89).

Jogo no Estádio do FC Vizela.

Vizela – Académico de Viseu, 1-0.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

1-0, Cassiano, 62 minutos (grande penalidade).

Equipas:

– Vizela: Pedro Silva, Koffi Kouao, Matheus, Aidara, Kiki, Marcos Paulo (Ericson, 78), Zag (Cardozo, 90+3), Samu, André Soares (Kiko Bondoso, 58), Tavinho (Francis Cann, 78) e Diogo Ribeiro (Cassiano, 58).

(Suplentes: Ivo, Cardozo, Kiko Bondoso, Ericson, Leonel Mosevich, João Pedro, Richard Ofori, Francis Cann e Cassiano).

Treinador: Álvaro Pacheco.

– Académico de Viseu: Ricardo Fernandes, Mesquita, Fábio Santos, Mathaus, Jorge Miguel, Paná, Zimbabwe (Yuri Araújo, 68), Fernando Ferreira (Bruno, 80), Luisinho (André Carvalhas, 68), João Vasco e Carter (Paul Ayongo, 59).

(Suplentes: Elísio, Yuri Araújo, Jeremias Puch, André Carvalhas, Bruno, Yang Sena, Joel, Filipe e Paul Ayongo).

Treinador: Pedro Duarte.

Árbitro: Gustavo Correia (AF Porto).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Zimbabwe (54), Paul Ayongo (70), Aidara (73), Tavinho (76), Jorge Miguel (82), Mesquita (90+2), Samu (90+4). Cartão vermelho direto para Fábio Santos (89).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

Populares