Seguir o O MINHO

Ave

Ourivesaria no centro de Famalicão assaltada durante a madrugada

Praça D. Maria II

em

Foto: DR

Uma ourivesaria situada no centro da cidade de Famalicão foi assaltada na madrugada desta terça-feira, não sendo ainda conhecido o material roubado, disse fonte da PSP.

Segundo a fonte, o alerta foi dado pelo alarme da ourivesaria, localizada na Praça D. Maria II.

Os suspeitos terão entrado pelas traseiras, indicou a mesma fonte.

A PSP está a investigar.

Anúncio

Guimarães

Cristiano, Jorge Mendes e Nuno Espírito Santo doam central de monitorização a Guimarães

Covid-19

em

Foto: DR / Arquivo

Uma contribuição quadripartida vai possibilitar a implementação de uma central de monitorização de Cuidados Intensivos no Hospital de Guimarães, foi hoje anunciado.

A oferta resulta de doações levadas a cabo pelo Vitória SC, pelo treinador Nuno Espírito Santo com apoio do empresário vianense Jorge Mendes e do craque Cristiano Ronaldo.

A informação está a ser avançada pelos meios de comunicação vimaranenses, Grupo Santiago e Mais Guimarães, e pelo semanário Expresso, dando conta da instalação desta central a breve prazo, e que trará benefícios no tratamento dos doentes com covid-19 internados na UCI da Senhora da Oliveira.

Os números investidos não foram avançados nem existe ainda uma confirmação oficial.

Continuar a ler

Guimarães

95 condutores sem justificação para entrar em Guimarães voltaram para casa

Covid-19

em

Foto: O MINHO

Decorreu este domingo uma megaoperaçao levada a cabo pelo posto territorial da GNR de Guimarães, não só de fiscalização mas também de aconselhamento de condutores e passageiros face às regras de confinamento impostas devido à pandemia de covid-19.

A operação decorreu em quatro locais – eixos de entrada e saída do concelho – e serviu também para mentalizar os ocupantes das viaturas a ficarem em casa durante este domingo.

Foto: O MINHO

O MINHO falou com o capitão Orlando Rodrigues, comandante da GNR de Guimarães que liderou a operação rodoviária, de onde não resultaram condutores ou passageiros detidos.

Mas 95 condutores tiveram de acatar uma ordem de regresso, um acatamento, por não terem justificação válida para circular na estrada. Motivos de lazer não foram tolerados pelas autoridades.

“A nossa intenção era sensibilizar as pessoas para que fiquem em casa, não só os condutores mas também os passageiros”, explicou o comandante, revelando que foram fiscalizadas 804 viaturas e 1.026 passageiros.

Foto: O MINHO

“A maior parte ia às compras, às farmácias ou prestar assistência a familiares, mas mesmo a esses foi aconselhado que evitassem ao máximo as deslocações durante este período”, acrescentou o capitão Rodrigues.

“Apelámos também às pessoas para que se restrinjam às regras que estão a ser veiculadas pelas autoridades e pela comunicação social”, disse ainda.

Algumas viaturas seguiam com vários passageiros, pelo que lhes foi aconselhado a evitarem esse tipo de deslocação. “Quem ia às compras, foi recomendado que evitasse levar passageiros, até porque isso já foi várias vezes veiculado”, explicou a autoridade policial.

Foto: O MINHO

A operação dividiu-se em quatro pontos: rotunda de Silvares, junto à saída da A11, nas freguesias de Infantas e de Ponte (EN 101) e ainda na EN 105, na rotunda que dá acesso a Vizela.

De acordo com as restrições à circulação aprovadas por decreto do Governo sobre o Estado de Emergência, para além de motivos profissionais, só é permitida a circulação para aquisição de bens e serviços, por motivos de saúde, a estações e postos de correio, agências bancárias e agências de corretores de seguros ou seguradoras, para atividade física de curta duração e apenas sozinho e para passear animais de companhia.

Vão ser também proibidas deslocações para fora do concelho de residência no período da Páscoa, entre 09 e 13 de abril.

Continuar a ler

Ave

Empresário do calçado compra e oferece 40 mil máscaras a Vizela

Covid-19

em

Foto: Divulgação / CM Vizela (Arquivo)

O concelho de Vizela vai receber 40 mil máscaras cirúrgicas vindas da China, oferecidas por um empresário local, anunciou hoje esta autarquia do distrito de Braga, apontando que o material será distribuído por instituições da região.

Em comunicado, a Câmara de Vizela indica que as máscaras chegaram hoje ao aeroporto de Lisboa e que o lote se encontra em processo de desalfandegamento e deverá ser transportado para o Minho, na segunda-feira, pela empresa de transportes vizelense Fema.

A Câmara de Vizela aproveita para agradecer ao vizelense Paulino Moura, proprietário da empresa Atrai, que ofereceu este equipamento, contando que o empresário conseguiu adquirir o material em “tempo recorde” graças às relações profissionais que mantém com China.

As máscaras serão distribuídas pelas Instituições Particulares de Solidariedade Social, Unidades de Saúde Familiares, pelos bombeiros do concelho, tal como serão disponibilizadas ao Hospital de Guimarães e de Felgueiras.

Continuar a ler

Populares