Seguir o O MINHO

Braga

Oito anos de prisão por roubar dois taxistas em Braga e em Guimarães

em

Foto: DR/Arquivo

Roubou dois taxistas, um em Braga e outro em Creixomil, Guimarães. E tentou assaltar o local onde está uma antena da Vodafone. Foi, agora, condenado, a oito anos de prisão efetiva, em cúmulo jurídico, no Tribunal de Braga.

Filipe Fernando Salgado, de 39 anos, de Famalicão, acompanhado de outro homem, entrou para um táxi, pelas 23:30 do dia 10 de fevereiro de 2015, em Braga, pedindo-lhe para ir para a freguesia de Vilaça, nos arredores. Minutos depois, encostou uma arma ao pescoço do taxista e tirou-lhe as chaves da ignição. De seguida, obrigaram-no a ir para o banco de trás, tendo o Filipe assumido, durante vários quilómetros, a condução do veículo.

A certa altura, o taxista conseguiu abrir a porta e atirou-se para a estrada, em andamento. Os assaltantes acabaram por abandonar o veículo, mas ficaram com 130 euros do condutor, com documentos pessoais e da viatura e ainda rebentaram a consola, para roubarem bens avaliados em 1630 euros.

Uma semana depois, a dupla, fez o mesmo a um profissional de táxi, em Creixomil. Obrigaram-no a parar, agrediram-no de forma continuada,e roubaram-lhe 60 euros, os documentos, uma arma de fogo e uns óculos, acabando por deixá-lo apeado. O táxi foi, depois, abandonado na Póvoa de Varzim.

Em 2013, tinha tentado assaltar uma antena da Vodafone, para furtar equipamento de 15 mil euros. Sem êxito.

O arguido tinha já seis outras condenações, uma por furto qualficado, em Famalicão e outra por dois crimes de roubo, um deles em Vila do Conde.

Populares