Seguir o O MINHO

Viana do Castelo

Navio russo autorizado a atracar em Viana depois de mudar bandeira

Passa a estar registado nas Ilhas Marshall

em

Imagem: RTP

O navio russo que estava há 13 dias sem autorização para atracar no porto de Viana do Castelo foi hoje autorizado pela empresa Enercom, depois de ter mudado o registo de pavilhão (e bandeira) da Rússia para as Ilhas Marshall, uma nação da Micronésia localizada no Oceano Pacífico.

A embarcação atracou esta manhã no porto de Viana, deu conta a RTP, que avança a informação, explicando que foi necessário proceder à alteração da documentação para depois conseguir fazer registo no porto. Teve, também, de remover a bandeira russa e trocar por uma das Ilhas Marshall.

Fonte do porto explicou à RTP que a autorização só foi concedida depois de o armador ter aceitado as condições, uma vez que a Enercom diz não poder aceitar cargas ou carregar navios que estejam incluídos em sanções europeias, como é o caso.

A embarcação “vinha carregar pás eólicas e a Enercon, empresa com sede na Alemanha, deu instruções à filial de cá para não carregar”, explicou a O MINHO o capitão do Porto de Viana e comandante da Polícia Marítima, Rui da Silva Lampreia.

Como o armador não tinha autorização para carregar e havia condições para o barco ficar fundeado (ancorado) à entrada do Porto, ali ficou desde o passado dia 28 de fevereiro.

EM FOCO

Populares