Seguir o O MINHO

Futebol

“Não vamos mudar a nossa forma de estar e o nosso foco”

FC Porto 3-0 FC Famalicão

em

Foto: Facebook / Arquivo

Declarações após o jogo FC Porto-Famalicão (3-0), da oitava jornada da I Liga portuguesa de futebol, disputado no Estádio do Dragão, no Porto:

João Pedro Sousa (treinador Famalicão): “Já esperava um FC Porto muito forte e traçámos um plano de jogo para isso. Mas foi mais do que contávamos. Conseguiram controlar, dominar quando precisaram e condicionar a nossa forma de jogar e dominar. Tivemos dificuldades em conseguir espaços. O FC Porto foi um justo vencedor.

Esta derrota não belisca o que fizemos até aqui. O balanço é muito positivo. Temos 19 pontos feitos num calendário complicado, demos boas resposta e continuamos no grupo da frente no campeonato.

Vamos pensar no que temos de fazer para melhorar. Este jogo trouxe-nos novos desafios, com equipas deste nível, temos de trabalhar para sermos mais competentes.

Primeira derrota do Famalicão chegou no Estádio do Dragão

[Sobre as alterações táticas do FC Porto] Confesso que fomos surpreendidos, mas a qualidade do FC Porto condiciono-nos bastante na primeira fase, quando nos eliminaram o espaço entre linhas e fecharam-nos os caminhos. Só nos restou sair longo.

Não vamos mudar a nossa forma de estar e o nosso foco. Ficámos tristes por não conseguirmos um bom resultado para os 2.500 adeptos que nos vieram apoiar”

Anúncio

Futebol

Liga Europa: Ivo Vieira quer vencer em Frankfurt

Vitória despede-se da competição

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães/O MINHO (Arquivo)

O treinador do Vitória SC, Ivo Vieira, afirmou esta quarta-feira que os portugueses vão “jogar para ganhar e para crescer” no terreno do Eintracht Frankfurt, no sexto e último jogo do grupo F da Liga Europa de futebol.

Com dois pontos após cinco partidas, os vimaranenses estão ‘condenados’ ao quarto e último lugar do grupo e vão despedir-se da competição quinta-feira, na Alemanha, num duelo em que o técnico madeirense espera ver os seus atletas lutarem pelo primeiro triunfo, mas sem qualquer “trauma” ou “frustração” pelo que não foi conseguido.

“Há que interpretar este momento como de crescimento, em que os atletas puderam usufruir de palcos fantásticos. Vamos tentar ganhar, pois é merecido pelo futebol que o clube apresentou, mas sabemos que vai ser difícil”, adiantou, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo marcado para as 17:55, no Estádio Commerzbank.

Apesar da turma minhota ter perdido na receção aos germânicos, em outubro, por 1-0, após um golo do defesa Evan N’Dicka, Ivo Vieira lembrou que os seus pupilos fizeram então um bom jogo e precisam apenas de “ser mais competentes” para fazerem mais golos do que o Eintracht, na quinta-feira.

Além de precisar de um triunfo para se qualificar, na condição de segunda classificada, com nove pontos, mais dois do que os belgas do Standard de Liège, a equipa alemã só perdeu até agora dois jogos em casa na presente época: Arsenal, para a Liga Europa (3-0), e Wolfsburgo, para o campeonato (2-0).

O ‘timoneiro’ vitoriano reconheceu que o Eintracht Frankfurt é “muito forte em casa”, mas também passível de ser contrariado por um Vitória “organizado”, a “acreditar na sua ideia de jogo”.

Em retrospetiva, Ivo Vieira considerou ainda que o número de pontos que o clube português tem é “injusto”, apesar de se encontrar, a seu ver, no “grupo mais difícil para se aspirar a um apuramento à fase seguinte”.

Ao lado do treinador, o defesa Frederico Venâncio considerou que a participação na Liga Europa foi uma oportunidade para alguns jogadores que se estrearam na competição “aprenderem e ganharem experiência”.

Com 10 partidas disputadas na época em curso, o central, de 26 anos, prometeu ainda um Vitória preparado para “enfrentar um ambiente adverso”, mas também para “receber apoio dos seus adeptos” e para tentar ganhar.

Questionado ainda sobre a recente falta de produtividade dos avançados portugueses do Eintracht, André Silva e Gonçalo Paciência, Venâncio lembrou que os minhotos não se podem preocupar apenas com esses dois elementos, mas com a “parte ofensiva” do adversário como um todo.

O Eintracht Frankfurt, segundo classificado do grupo F, com nove pontos, menos um do que o líder Arsenal, recebe o Vitória de Guimarães, quarto e último classificado, com dois, num jogo agendado para as 17:55 de Lisboa, no Estádio Commerzbank, em Frankfurt, com arbitragem do lituano Gediminas Mazeika.

Continuar a ler

Futebol

Fábio Martins (Famalicão) e Galeno (Braga) entre os três melhores avançados de outubro e novembro

Duo minhoto ficou atrás de Carlos Vinícius, do Benfica

em

Carlos Vinícius, do SL Benfica, foi eleito pelos treinadores principais da Liga NOS como o melhor avançado da competição, nos meses de outubro e novembro.

O avançado dos encarnados apontou cinco golos, somando, ainda, uma assistência, nos cinco encontros disputados durante os últimos dois meses.

Com 47,86% dos votos, o brasileiro assegurou a distinção, seguido de Fábio Martins (FC Famalicão) com 14,53% e de Galeno (SC Braga) com 9,40%.

Continuar a ler

Futebol

Liga Europa: Sacko, Tapsoba e Evangelista de fora dos convocados do Vitória

Última jornada do grupo F

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães/O MINHO (Arquivo)

Os futebolistas Sacko, Tapsoba e Lucas Evangelista, regularmente utilizados pelo Vitória SC na Liga Europa de futebol, vão falhar o sexto e último jogo do grupo F, na Alemanha, diante do Eintracht Frankfurt, na quinta-feira.

O lateral direito Sacko, que falhou a convocatória por opção do treinador Ivo Vieira, o central Tapsoba, castigado com três cartões amarelos na fase de grupos, e o médio brasileiro, que esteve com fadiga muscular nos últimos dias, não integraram a comitiva vitoriana de 19 jogadores que partiu hoje do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, para Frankfurt.

Também o médio André Almeida, de 19 anos, titular na terceira jornada, em Londres, frente aos ingleses do Arsenal (derrota lusa por 3-2), está de fora da lista, devido a uma situação de fadiga muscular.

A convocatória para o duelo com o Eintracht marca, em sentido inverso, os regressos do central ucraniano Bondarenko, após uma ausência causada pela fratura de um dos dedos da mão, e do ponta de lança brasileiro Bruno Duarte, de novo operacional após ter contraído uma entorse no tornozelo esquerdo na jornada anterior, com os belgas do Standard de Liège (1-1).

Nos instantes que antecederam o voo para a Alemanha, o responsável pelas relações públicas do clube, Neno, realçou, aos jornalistas presentes, que os vimaranenses, apesar de arredados da Liga Europa, querem vencer para ‘curar’ o “orgulho ferido” de não terem alcançado qualquer triunfo nos desafios anteriores.

O Vitória, quarto e último classificado do grupo F, com dois pontos, defronta os alemães do Eintracht Frankfurt, segundos, com nove, num jogo agendado para as 17:55 de Lisboa, no Estádio Commerzbank, em Frankfurt, com arbitragem do lituano Gediminas Mazeika.

A lista de 19 convocados:

– Guarda-redes: Douglas, Miguel Silva e Miguel Oliveira.

– Defesas: Victor Garcia, Pedro Henrique, Frederico Venâncio, Bondarenko, Florent e Rafa Soares.

– Médios: Mikel Agu, Al Musrati, Pepê e Dénis Poha.

– Avançados: Rochinha, Marcus Edwards, Davidson, André Pereira, Bruno Duarte e Léo Bonatini.

Continuar a ler

Populares