Seguir o O MINHO

Futebol

“Não era por acaso que [o Famalicão] liderava o campeonato”

FC Porto 3-0 FC Famalicão

em

Foto: Facebook de FC Porto

Declarações após o jogo FC Porto-Famalicão (3-0), da oitava jornada da I Liga portuguesa de futebol, disputado no Estádio do Dragão, no Porto:

Sérgio Conceição (treinador FC Porto): “Fomos uns justos vencedores, percebendo os pontos fortes do Famalicão, que não era por acaso que liderava o campeonato.

Algo de bom se passa nesta equipa [do Famalicão], tanto em termos coletivos como individuais, mas conseguimos perceber onde estava a força desta equipa.

Primeira derrota do Famalicão chegou no Estádio do Dragão

Estudámos bem o adversário, condicionámos ao máximo o jogo onde o Famalicão tem qualidade, conseguindo bloquear-lhe o processo ofensivo, para fazer um jogo não tranquilo, porque tivemos oportunidades para fazer mais golos, mas com convicção. Os jogadores estão de parabéns.

[Sobre ausências de Marega e Alex Telles no ‘onze’] Olho para quem está em melhores condições, em termos técnicos, táticos, físicos e emocionais, para definir o ‘onze’.

[Se foi um dos melhores jogos da época da equipa] Foi um jogo muito completo da nossa parte, em que limitámos o adversário. Veio ao de cima toda a nossa qualidade individual e coletiva.

Anúncio

Futebol

FPF distribui 4,3 milhões de fundo da UEFA por clubes da I e II Ligas

Menos o Benfica, FC Porto e Sporting

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou hoje que vai distribuir 4,3 milhões de euros pelos clubes da I e II Ligas de futebol, provenientes de um fundo de solidariedade da UEFA, que terão de ser aplicados na formação.

As verbas serão distribuídas por todos os clubes, menos o Benfica, o FC Porto e o Sporting, “que participaram nas fases de grupo da Liga dos Campeões e Liga Europa”, justifica a FPF.

Em comunicado, a federação explica que as verbas se destinam “exclusivamente a investimentos no futebol de formação”, visando “compensar os clubes que não participam nas duas competições de clubes europeias”.

De fora do âmbito de ação deste fundo de solidariedade ficam, igualmente, as equipas B e satélite na II Liga.

Os 29 emblemas – 15 da I Liga e 14 da II Liga – abrangidos pelo apoio deste mecanismo europeu vão receber a mesma verba, 150.887,38 euros, numa atribuição relativa a 2018/19.

Continuar a ler

Futebol

Jorge Jesus eleito melhor treinador do Brasileirão

Ex-treinador do Vitória, Moreirense e SC Braga

em

Foto: Twitter

O técnico português Jorge Jesus, que se sagrou campeão da liga brasileira de futebol ao serviço do Flamengo, venceu hoje o prémio “Bola de Prata” da ESPN Brasil para melhor treinador, sendo o primeiro estrangeiro a vencer a categoria.

“O troféu faz parte da estrutura do Flamengo, que tem um grupo de jogadores sensacionais e apaixonados pelo que fazem. Quero dar parabéns aos nossos advesrários. O Flamengo é o vencedor, mas tivemos rivais que nos obrigaram a ter um empenho muito grande”, realçou Jorge Jesus após receber o prémio das mãos do histórico treinador brasileiro Joel Santana.

Jesus chegou ao Flamengo em meados de julho, estreando-se na 10.ª jornada do Brasileirão, com a equipa carioca com oito pontos de desvantagem para o Palmeiras, mas o ‘Mengão’ iniciou uma caminhada imparável até ao título brasileiro, terminando o campeonato com 16 pontos de vantagem sobre o Santos e o Palmeiras, e tornando-se apenas o segundo estrangeiro a ser campeão no Brasil. Antes do português, só o argentino Carlos Volante tinha conseguido igual feito, em 1959.

Além disso, o Flamengo ainda conquistou a Taça dos Libertadores, a segunda da sua história, depois de idêntico sucesso em 1981.

Ao longo da sua carreira, o treinador português, recorde-se, orientou Vitória SC, Moreirense e SC Braga, no Minho.

Continuar a ler

Futebol

Três jovens do FC Famalicão e um do Vitória entre as ‘pérolas’ da I Liga

Dois defesas, um médio e um avançado

em

Nehuén Pérez. Foto: Divulgação / Arquivo

A Liga Portuguesa de Futebol divulgou hoje o onze mais jovem do campeonato, decorridas que estão 13 jornadas.

O FC Famalicão, com três nomes, é o segundo clube com mais jogadores na lista, atrás do Belenenses SAD. O Vitória SC, a par de CD Tondela, Marítimo e Benfica, também tem um jogador entre os wonderkids.

Numa formação escalada em 4-3-3, a lista é então composta por: Hervé Koffi (23 anos, Belenenses SAD); Diogo Calila (21 anos, Belenenses SAD), Nehuén Pérez (19 anos, FC Famalicão), Tomás Ribeiro (20 anos, Belenenses SAD) e Álex Centelles (20 anos, FC Famalicão); Gustavo Assunção (19 anos, FC Famalicão), Pedro Pelágio (19 anos, Marítimo) e Florentino Luís (20 anos, Benfica); Richard (20 anos, Tondela), Edwards (21 anos, Vitória SC) e Kikas (21 anos, Belenenses SAD).

Imagem: LPFP

No critério utilizado, “os onze mais jovens selecionados têm que já ter atuado um mínimo de cinco partidas como titulares, sendo a idade mais baixa o fator de desempate, em caso de igualdade”.

FC Famalicão

No centro, Nehuén Pérez é totalista na atual edição da Liga NOS. Titular em todas as 13 partidas, o argentino, emprestado pelo Atlético de Madrid, foi chamado aos trabalhos da seleção da Argentina, já se estreou a marcar, na vitória por 2-3 diante do CD Aves, somando ainda 62 recuperações de bola e 11 cortes completos.

Na ala esquerda, Álex Centelles está em Famalicão por empréstimo de outro clube espanhol: o Valência. Lateral com valências ofensivas, já por duas vezes assistiu um companheiro de equipa para golo e que soma 21 ataques e 35 recuperações de bola, nos nove jogos que completou.

Também emprestado pelo Atlético de Madrid, outro jogador em grande destaque no terceiro classificado da I Liga é brasileiro e filho do ex-FC Porto Paulo Assunção. Titular em 12 das 13 jornada, Gustavo Assunção tem sido nuclear na formação de João Pedro Sousa, com 67 recuperações de bola e 18 cortes completos.

Vitória SC

Na asa esquerda do ataque surge Marcus Edwards. O inglês resgatado pelo Vitória SC ao Tottenham, no princípio da temporada, marcou o primeiro golo ao serviço dos vimaranenses na última jornada, tendo já efetuado, também, duas assistências para golo, nos sete jogos que cumpriu, dos quais seis como titular.

Continuar a ler

Populares