Seguir o O MINHO

Alto Minho

Mulher de Cerveira condenada a 4 anos e 3 meses de prisão efetiva por tráfico de droga

Justiça

em

Foto: GNR / Arquivo

Uma mulher, de 54 anos, residente em Cerveira, foi condenada a quatro anos e três meses de prisão efetiva por tráfico de droga.

Segundo o Jornal de Notícias (JN), arguida encontrava-se em prisão preventiva desde dezembro de 2019, quando foi detida, juntamente com outra mulher e seis homens, com idades entre 25 e os 59 anos, por suspeitas de operarem em rede nos concelhos de Cerveira, Caminha e Viana do Castelo.

Na altura, a GNR apreendeu 1.028 doses de cocaína, 1.054 doses de haxixe, 224 doses de canábis, oito doses de MDMA, entre muito outro material relacionado com o tráfico de droga.

Na segunda-feira, o Tribunal de Viana do Castelo “não deu como provada a existência de associação criminosa ou de alguma organização destinada a promover a venda de estupefacientes”, mas condenou uma das mulheres a prisão efetiva por tráfico, numa pena de quatro anos e três meses.

Os outros cinco arguidos foram condenados, dois por posse de droga e três por tráfico de menor gravidade, a penas de prisão suspensa entre um ano e dois meses e dois anos e dois anos e meio.

Dois arguidos foram absolvidos.

O caso remonta a dezembro de 2019, quando no âmbito de uma investigação que durava já há um ano, a GNR procedeu a 20 mandados de busca domiciliária nos concelhos de Caminha, Viana e Cerveira. Realizaram, ainda, oito buscas em veículos.

A ação, para além do efetivo do Comando Territorial de Viana do Castelo, contou com o reforço dos Comandos Territoriais do Porto e Braga, da Unidade de Intervenção e da Polícia de Segurança Pública.

Populares