Seguir o O MINHO

Alto Minho

Apreendidas mais de duas mil doses de droga após 28 buscas em Viana, Caminha e Cerveira

Sete detidos, oito identificados

em

Foto: Divulgação / GNR

Cinco homens e duas mulheres, com idades entre os 24 e os 58 anos, foram detidos, esta terça-feira, por suspeitas de tráfico de estupefacientes, em três concelhos do Alto Minho, avançou hoje a GNR.


Depois de uma investigação que durava já há um ano, os militares procederam  a 20 mandados de busca domiciliária nos concelhos de Caminha, Viana e Cerveira. Realizaram, ainda, oito buscas em veículos.

Na operação foram apreendidas 1.028 doses de cocaína, 1.054 doses de haxixe, 224 doses de canábis, oito doses de MDMA, euas balanças de precisão, euas estufas, uma arma branca, 18 telemóveis, eois computadores portáteis, 10.675 euros em numerário, uma embalagem de bicarbonato de sódio, várias facas de corte  e diverso material relacionado com o trafico de estupefacientes.

Cinco dos detidos permanecem nas instalações da GNR para serem presentes, esta quarta-feira, ao Tribunal Judicial de Viana do Castelo. Os outros dois detidos, juntamente com outros oito identificados na operação, foram constituídos arguidos.

Esta ação, para além do efetivo do Comando Territorial de Viana do Castelo, contou com o reforço dos Comandos Territoriais do Porto e Braga, da Unidade de Intervenção e da Polícia de Segurança Pública

Anúncio

Alto Minho

Cinco dias, três árvores e um jato de água: O resgate da gata Lola em Ponte de Lima

Resgate

em

Foto: DR

A gata que estava há cinco dias no topo de um pinheiro, no campo de golfe de Ponte de Lima, já está sã e salva aos cuidados da família e de um veterinário.

Lola de seu nome, estava no topo de um pinheiro, a 20 metros de altura, e nunca colaborou com os bombeiros das cinco vezes que lá foram nos últimos cinco dias.

Esta tarde de domingo, foram muitos os que se deslocaram ao campo de golfe para ajudar a Lola. Ao todo, dezenas de pessoas e viaturas dos bombeiros não foram suficientes para persuadir a gata a deixar as ‘instalações’ que improvisou.

Resgate de Lola. Foto: O MINHO

Ao que apurou O MINHO, a empresa de desporto aventura Timeout, sediada em Ponte de Lima, disponibilizou os meios e a mão de obra para retirar Lola do pinheiro, mas a gata não queria mesmo sair de lá.

Foto: António Leitão

Vítor Melo, um dos sócios da empresa, disse ao nosso jornal que a empresa foi chamada pela dona do gato, depois da quinta tentativa frustrada por parte dos bombeiros através de uma autoescada. É que Lola trocava sempre as voltas aos operacionais.

O responsável da empresa conta que foram utilizadas técnicas com cordas para a subida à árvore. “Estivemos ao pé da gata, mas ao tentar capturar, ela saltou de uma copa da árvore para outra. Pegámos numa vara extensivel para fazer com que descesse mas ainda saltou para uma árvores diferente”, contou.

Face a novo insucesso, a dona da gata ligou novamente para os bombeiros e pediu para que se utilizasse o último recurso. Um jato de água.

Primeiro, foi improvisado um toldo por debaixo da zona onde estava Lola. Mal foi atingida com a água, caiu nesse mesmo toldo. Era a última solução.

Foto: Facebook de Alaar

Foto: Facebook de Alaar

Apesar da polémica que uma situação como esta já suscitou anteriormente no mesmo concelho, este resgate foi feito com o total consentimento dos donos, por não existir alternativa.

Segundo a Associação Limiana dos Amigos dos Animais de Rua, a Lola encontra-se bem e foi a uma clínica veterinária apenas para observação.

Aquela instituição, que acompanhou o processo, agradeceu a persistência dos bombeiros e a generosidade da Timeout para que o resgate fosse concluído com sucesso

Continuar a ler

Alto Minho

Gato está há cinco dias em cima de uma árvore no campo de golfe de Ponte de Lima

Resgate animal

em

Foto: António Leitão

Um gato está há cerca de cinco dias em cima de um pinheiro numa urbanização inserida dentro do campo de golfe de Ponte de Lima, na freguesia de Feitosa.

Ao longo da última semana, têm sido feitos vários esforços para retirar o animal de cima do arvoredo, mas sem sucesso, face à elevada altura em que se encontra e por não existir material próprio.

Pelas 12:04 deste domingo, os Bombeiros de Ponte de Lima foram novamente acionados para mais uma tentativa de retirar o gato, que se encontra a cerca de 20 metros de altura. Estão no local quatro operacionais e duas viaturas.

A situação já foi denunciada nas redes sociais por parte de moradores daquela urbanização, que ficam com pena das circunstâncias em que o animal se encontra.

Ao que tudo indica, o gato pertence a residentes naquele espaço.

Continuar a ler

Alto Minho

Aparatoso acidente corta EN 203 em Ponte de Lima e faz três feridos

Acidente

em

Foto: David Lima Faria

Um aparatoso acidente a envolver duas viaturas obrigou ao corte da Estrada Nacional 203, em Vitorino das Donas, concelho de Ponte de Lima, disse a O MINHO fonte do CDOS.

Estão confirmados três feridos. Um deles, condutor de um Volkswagen Golf, ficou encarcerado numa perna, o que levou ao desencarceramento por parte das forças de socorro.

Foto: David Lima Faria

No local estiveram os Bombeiros de Ponte de Lima, a ambulância SIV de Ponte de Lima e a viatura médica do INEM de Viana do Castelo, num total de 18 operacionais e sete viaturas.

Foto: David Lima Faria

O alerta foi dado às 20:13, segundo a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil.

Um dos feridos foi assistido no local mas recusou transporte hospitalar. Os outros dois, com idades entre os 18 e os 25 anos, foram transportados para o Hospital de Santa Luzia, em Viana, com ferimentos considerados ligeiros, disse a O MINHO Carlos Lima, comandante dos Bombeiros de Ponte de Lima.

A GNR registou a ocorrência.

(notícia atualizada às 22h26)

Continuar a ler

Populares