Seguir o O MINHO

Futebol

Moreirense volta com novo treinador e três reforços entre exames para 20 atletas

I Liga

em

Foto: Moreirense / Facebook

O plantel do Moreirense iniciou hoje os trabalhos de pré-temporada com exames médicos e testes físicos, na presença de 20 futebolistas, incluindo três reforços, e do novo treinador do clube despromovido à II Liga.

Os minhotos concentraram-se no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos, para o primeiro de dois dias reservados à habitual avaliação clínica depois das férias, com destaque para a integração dos defesas Alhassane Sylla (ex-Rio Ave) e Luís Rocha (ex-Desportivo de Chaves) e do médio Pedro Aparício (ex-Mafra).

Da última época transitam com contrato os guarda-redes Mateus Pasinato e Kewin Silva, os defesas Godfried Frimpong, Matheus Silva, Artur Jorge e Pedro Amador, os médios Sori Mané, Fábio Pacheco, Ibrahima Camará, Rúben Ismael, Nikola Jambor, Gonçalo Franco e Galego e os avançados Walterson, Yan Matheus, Derik Lacerda e André Luís.

De saída estão o guarda-redes Miguel Oliveira, os defesas Lazar Rosic, Steven Vitória e Paulinho, o médio Jefferson e os avançados Kevin Mirallas e Rafael Martins, todos com vínculos cessados, enquanto os defesas Rodrigo Conceição e Pablo Santos terminaram as suas cedências e foram devolvidos a FC Porto e SC Braga, respetivamente.

Os treinos começam na segunda-feira e vão decorrer globalmente na academia do clube, estando previsto o tradicional estágio em Ofir, no concelho de Esposende, de 11 a 16 de julho, numa altura em que ainda é desconhecido o calendário dos jogos de preparação.

Paulo Alves vai orientar o projeto de subida de divisão do Moreirense, em substituição de Ricardo Sá Pinto – que reeditou as despromoções de 2004/05 e 2012/13 à II Liga – e na companhia de Marco Couto, a caminho da terceira experiência como diretor desportivo.

Os minhotos fecharam a edição 2021/22 da I Liga no 16.º e antepenúltimo lugar, à frente de Tondela e Belenenses SAD, mas vacilaram no ‘play-off’ com o Desportivo de Chaves, terceiro colocado da II Liga, para falharem a 13.ª presença, e nona consecutiva, na elite.

Populares