Seguir o O MINHO

Futebol

Moreirense bate Farense na terceira vitória seguida fora

I Liga

em

O Moreirense somou hoje a terceira vitória seguida fora sob o comando técnico de Vasco Seabra, ao bater no Algarve o último classificado Farense por 2-1, em jogo da 18.ª jornada da I Liga de futebol.

A vitória dos forasteiros, mais eficazes ao longo da partida, começou a ser construída por Yan Matheus, aos 28 minutos, e Rafael Martins assinou o segundo golo, de grande penalidade, aos 79, enquanto Pedro Henrique reduziu para os algarvios no terceiro minuto dos descontos.

A equipa de Moreira de Cónegos subiu, provisoriamente, ao sétimo lugar, com 24 pontos, enquanto o Farense saiu do segundo confronto caseiro consecutivo com apenas um ponto em seis possíveis, continuando no 18.º e último posto, com 13.

No Farense, o técnico Jorge Costa optou pelo mesmo ‘onze’ que tinha escolhido para o jogo de estreia frente ao Santa Clara (1-1), enquanto, nos ‘cónegos’, Vasco Seabra fez apenas uma alteração depois da vitória no terreno do Famalicão (2-0), trocando Filipe Soares por Lucas Silva.

Ocupando o último lugar à entrada para a segunda volta e com a “necessidade urgente” de pontos que o seu técnico tinha transmitido na antevisão da partida, os algarvios entraram em campo com essa mensagem na mente, proporcionando um quarto de hora pressionante e ofensivo.

O primeiro momento de perigo do Farense surgiu aos quatro minutos, quando Ryan Gauld conduziu um ataque rápido e serviu Licá que cruzou rasteiro, da direita, mas Mansilla chegou ligeiramente atrasado ao segundo poste e não conseguiu fazer o desvio.

O emblema de Faro continuava ‘por cima’ e, aos 14 minutos, foi o médio escocês a estar perto do golo, obrigando, com um remate muito forte, a uma defesa apertada de Pasinato para canto, na sequência do qual Stojiljkovic cabeceou ao lado.

Depois deste ascendente inicial dos locais, o Moreirense, que se apresentou num sistema tático de 3-4-3, sacudiu a pressão e começou a ameaçar a defensiva algarvia através das incursões dos extremos Yan Matheus e Lucas Silva, os seus elementos mais em foco na primeira metade.

Foi mesmo Yan Matheus a ameaçar com um remate ao lado, aos 19 minutos, antes de marcar o primeiro golo da partida, aos 28, na sequência de um roubo de bola de Walterson a Cláudio Falcão e de uma transição rápida conduzida por Lucas Silva, que serviu o seu colega para um ‘tiro’ em arco certeiro.

A partida primou pelo equilíbrio até ao intervalo, com oportunidades para os dois lados, nomeadamente por Ryan Gauld (remate por cima, aos 31 minutos) e Lucas Silva (‘tiro’ forte para defesa de Defendi, aos 37).

Os dois técnicos mexeram ao intervalo – duas substituições para cada lado -, sem mudanças nos sistemas táticos, e voltou a ser o Farense a tentar ‘pegar’ no jogo, ‘apertando’ o adversário no seu meio-campo para anular a desvantagem.

Contudo, apesar do domínio do Farense, e tirando uma ‘bomba’ de fora da área de Madi Queta (57 minutos), que passou a rasar o poste direito de Pasinato, escasseavam as oportunidades claras para o conjunto algarvio.

O 0-2 surgiu, de alguma forma, contra a corrente do jogo, castigando novamente um erro defensivo do Farense, desta vez de Tomás Tavares, que jogou a bola com a mão na grande área, com Rafael Martins a converter a respetiva grande penalidade (79).

Já nos descontos, aos 90+3 minutos, os algarvios reduziram distâncias, com golo de Pedro Henrique na recarga a uma defesa de Pasinato, mas já não foram a tempo de conseguir mais.

Ficha de Jogo

Jogo no Estádio de São Luís, em Faro.

Farense – Moreirense, 1-2.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Yan Matheus, 28 minutos.

0-2, Rafael Martins, 79 (grande penalidade).

1-2, Pedro Henrique, 90+3.

Equipas:

– Farense: Rafael Defendi, Tomás Tavares, André Pinto (Hugo Seco, 87), Eduardo Mancha, Fábio Nunes, Cláudio Falcão (Madi Queta, 46), Amine, Ryan Gauld, Licá, Mansilla (Jonatan Lucca, 46) e Stojiljkovic (Pedro Henrique, 66).

(Suplentes: Hugo Marques, Hugo Seco, Madi Queta, Bura, Abner, Cássio, Jonatan Lucca, Alex Pinto e Pedro Henrique).

Treinador: Jorge Costa.

– Moreirense: Mateus Pasinato, Steven Vitória (Ferraresi, 46), Rosic, Abdoulaye, D’Alberto, Alex Soares (Ibrahima, 56), Fábio Pacheco, Abdu Conté, Yan Matheus (Derik, 88), Lucas Silva (Filipe Soares, 67) e Walterson (Rafael Martins, 46).

(Suplentes: Miguel Oliveira, Ferraresi, Ibrahima, André Luís, Filipe Soares, David Simão, Afonso Figueiredo, Derik e Rafael Martins).

Treinador: Vasco Seabra.

Árbitro: Iancu Vasilica (Vila Real).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Steven Vitória (07), Amine (36), Alex Soares (43), Ryan Gauld (61), Pedro Henrique (75), Mansilla (81) e Ibrahima (87).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

Populares