Seguir o O MINHO

Alto Minho

Minho com cinco comendadores em dois dias

em

O Presidente da República atribuiu, esta quarta-feira, o grau de comendador da Ordem do Mérito a Fernando Pimenta, de Ponte de Lima, que ganhou duas medalhas individuais e coletivas de ouro, em K1 1000 e 5000, nos europeus de canoagem em Moscovo, no final de junho, e a seis atletas que conquistaram medalhas nos europeus de atletismo que terminaram no domingo, em Amesterdão.

Essas seis atletas são Patrícia Mamona (medalha de ouro no triplo salto), Sara Moreira (medalhas de ouro individual e por equipas na meia maratona), Jéssica Augusto , de Braga,(bronze individual e ouro por equipas na meia maratona), Ana Dulce Félix, de Guimarães, (prata nos 10.000 e medalha de ouro por equipas na meia maratona), Marisa Barros e Vanessa Fernandes (medalha de ouro por equipas na meia maratona).

Foi ainda condecorado hoje, com a medalha da Ordem do Mérito, o atleta Tsanko Arnaudov (medalha de bronze no lançamento do peso).

Assistiram a esta cerimónia, na Sala das Bicas do Palácio de Belém, o presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, e o secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo.

As distinções foram atribuídas pelo Chefe de Estado depois de, na segunta-feira, ter condecorado os 23 jogadores da Seleção Nacional de Futebol, vencedores do Campeonato da Europa, e o selecionador nacional Fernando Santos. Adrien Silva, de Arcos de Valdevez, e Vieirinha, de Guimarães foram os dois atletas minhotos a receber o grau de comendador da Ordem do Mérito.

Atletas condecorados esta quarta-feira felizes

Os sete atletas portugueses que foram hoje condecorados pelo Presidente da República mostraram-se muito felizes pelas distinções, que servirão de motivação para os Jogos Olímpicos Rio2016, que se realizam em agosto.

Com a presença de diversas figuras de Estado, entre as quais o presidente da Assembleia da República Ferro Rodrigues ou o secretário de Estado do Desporto e Juventude, João Paulo Rebelo, os atletas não disfarçaram o contentamento pelas distinções recebidas.

“Tenho ainda os Jogos Olímpicos, mas este reconhecimento motiva-me para mais e melhor. Quero bater o meu recorde pessoal e chegar às finais. Se estiver ao melhor nível tudo é possível “, afirmou Patrícia Mamona, condecorada depois de ter conquistado nos europeus de atletismo a medalha de ouro no triplo salto.

Jéssica Augusto considerou este um “momento especial”, e rejeitou pressões adicionais após o reconhecimento da presidência da República.

“Fico feliz por este momento, que é especial e mais do que merecido. Não sentimos uma pressão maior, mas sim uma pressão saudável para os Jogos e espero que Portugal traga medalhas”, disse a atleta que foi medalha de bronze na meia-maratona.

Sara Moreira, vencedora dessa prova, salientou que esta condecoração a vai motivar ainda mais para os Jogos do Rio de Janeiro.

“Ser distinguida é uma coisa com que todos sonhamos, este é um momento especial para mim e para o atletismo português. A medalha a cinco semanas dos Jogos motiva-me ainda mais para chegar ao Rio de Janeiro, mas ninguém quer mais do que eu alcançar o melhor resultado possível”, “disse.

O único condecorado que não participou nos europeus de atletismo foi Fernando Pimenta, canoísta que conquistou o ouro em K1 1.000 e 5.000, nos europeus de canoagem em Moscovo, no final de junho e que se mostrou orgulhoso da condecoração atribuída.

“Sei do meu valor, surpreendi a concorrência nos europeus e isso é um indicador para os jogos, mas aí voltamos à linha de partida. É um orgulho receber a condecoração, que significa a vida que temos, em prol do desporto”, assumiu.

 

 

logo Facebook Fique a par das Últimas Notícias. Siga O MINHO no Facebook. Clique aqui

Populares