Seguir o O MINHO

País

Mais de quatro milhões com dose de reforço da vacina

em

O reforço de vacina contra a covid-19 já foi administrado a mais de quatro milhões de pessoas, 81.335 delas na terça-feira, segundo o relatório de vacinação hoje divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Até terça-feira já tinham sido vacinados com a dose de reforço contra a doença 4.004.961 pessoas, tendo a vacinação primária completa mais de 8,7 milhões de pessoas, dados só sobre o continente.

Contra a gripe foram vacinadas até agora 2,5 milhões de pessoas, mais de quatro mil só na terça-feira. Ao todo, na terça-feira foram vacinadas contra a gripe e contra a covid-19 (esquema primário completo e reforço) 88.590 pessoas.

Especificamente com o reforço contra a covid-19 a maior percentagem de vacinados está na faixa etária dos 70 aos 79 anos, 93%, seguindo-se as pessoas com mais de 80 ano (91%) e o grupo entre os 60 e os 69 anos, 84%. Na faixa entre os 50 e os 59 anos 59% das pessoas também já recebeu a dose de reforço.

A covid-19 provocou 5.553.124 mortes em todo o mundo desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 19.413 pessoas e foram contabilizados 2.003.169 casos de infeção, segundo a última atualização da DGS.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China.

Uma nova variante, a Ómicron, classificada como preocupante e muito contagiosa pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi detetada na África Austral e, desde que as autoridades sanitárias sul-africanas deram o alerta em novembro, tornou-se dominante em todo o mundo.

Populares