Seguir o O MINHO

Liga Europa

Liga Europa. SC Braga tenta bom resultado em Marselha

em

Foto: DR/Arquivo

O SC Braga visita Marselha na quinta-feira, no arranque dos 16 avos de final da Liga Europa de futebol. Outra equipa portuguesa na prova, o Sporting tem uma deslocação longa, e que promete ser difícil, até ao Cazaquistão.

Às 18:00 (19:00 horas em França), o SC Braga defronta, no Estádio Vélodrome, o Marselha, equipa que está em crescendo na liga francesa e está há 10 jogos sem perder, incluindo oito vitórias.

A formação de Abel Ferreira, que não vai poder contar com o central Raul Silva, castigado, vai tentar impor a primeira derrota europeia caseira da época do Marselha, que leva um registo de quatro vitórias e um empate nos jogos no Vélodrome.

Na formação comandada por Rudi Garcia, que esta temporada já encontrou o Vitória SC na fase de grupos, destaque para o central português Rolando, para o avançado francês Florian Thauvin, que é a figura da equipa com 15 golos em todas as competições, e para o grego Mitroglou, que passou as duas últimas temporadas no Benfica.

O Sporting joga com o Astana às 16:00.

Anúncio

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Liga Europa

UEFA: Vem aí a “Liga Europa 2”

em

A UEFA aprovou hoje a criação de uma terceira competição de clubes, que se junta à Liga dos Campeões e à Liga Europa – e que se chama, para já, “Liga Europa II”, que deverá ser disputada por 32 clubes de países com menor representatividade no futebol europeu.

A nova competição vai arrancar na temporada 2021/22 e deverá, à semelhança da Liga Europa, ter 141 encontros, distribuídos por 15 jornadas, e ser jogada à quinta-feira.

A prova, cujo vencedor garante presença na Liga Europa, deverá ser disputada em oito grupos, de quatro equipas cada, seguindo-se fases a eliminar a partir dos oitavos de final.

Segundo a UEFA, será ainda jogada uma fase a eliminar adicional, que será jogada antes dos oitavos de final, entre as equipas classificadas no segundo lugar de cada grupo e os terceiros classificados das ‘poules’ de Liga Europa.

A UEFA pretende que as finais das três competições de clubes sejam jogadas na mesmo semana, devendo a da nova competição ser disputada na quarta-feira, a da Liga Europa na quinta, e a da Liga dos Campeões no sábado.

Segundo o presidente da UEFA, Aleksander Ceferin, “nasceu do constante diálogo com os clubes através da Associação Europeia de Clubes” e tornará “as competições de clubes da UEFA mais inclusivas do que nunca, com mais jogos para mais clubes e com mais federações representadas na fase de grupos”.

“Há uma crescente procura por todos os clubes de possibilidades de poderem jogar com mais regularidade nas competições europeias. Isto foi conseguido através de uma abordagem estratégica, em conjunto com o objetivo da UEFA de ter tanto mais qualidade como mais inclusividade nas nossas competições de clube”, disse.

O Comité Executivo da UEFA, reunido em Dublin, aprovou o formato da competição e a lista de acesso, devendo os detalhes da distribuição de verbas e sistemas de solidariedade, bem como o nome da competição, sistema de coeficientes e estratégia comercial ser finalizados durante 2019.

O conteúdo Vem aí a Liga Europa II aparece primeiro em Desporto – O MINHO.



Source link

Continuar a ler

Liga Europa

“Em 2009/10, também fomos eliminados e nesse ano lutámos pelo título até à última jornada”

em

Foto: DR/Arquivo

O presidente do SC Braga, António Salvador, lembrou hoje a época 2009/10, em que a equipa também foi eliminada da Liga Europa de futebol antes da fase de grupos e “lutou pelo título até à última jornada”.

Os minhotos empataram na quinta-feira em casa 2-2 com o Zorya e ficaram de fora à terceira pré-eliminatória da Liga Europa, depois do 1-1 da primeira mão.

O líder dos ‘arsenalistas’ revelou ter falado com os jogadores no final e ter-lhes transmitido que “é o momento de levantar a cabeça”.

“Disse-lhes que, em 2009/10, também fomos eliminados [antes da fase de grupos da Liga Europa] e nesse ano lutámos pelo título até à última jornada. É um momento duro para todos, mas acredito que vamos sair mais fortalecidos das restantes provas”, disse.

António Salvador quer “uma resposta forte” da equipa e frisou que os “jogadores têm personalidade”.

“Fomos eliminados, mas acredito neste plantel, que é ainda mais equilibrado do que o ano passado e vamos dar uma resposta concreta ao longo da época”, tendo lembrado também as taças da Liga e de Portugal que quer “conquistar”.

Continuar a ler

Liga Europa

“Estamos tristes, mas é mais um desafio que se coloca a esta equipa, o de saber superar a adversidade”

em

No final do encontro entre o SC Braga e o Zorya, no Estádio Municipal de Braga, que terminou com um empate (2-2) que ditou a eliminação da equipa da casa da Liga Europa, o treinador Abel Ferreira falou, em conferência de imprensa:

“Muito honestamente, é um objetivo falhado. O futebol é algo apaixonante, que mexe muito com as nossas emoções, porque não temos a certeza do resultado. Nem sempre a melhor equipa acaba por vencer, o que nos custou muito. Mas, fazendo um resumo da eliminatória, parece-me que o nosso adversário foi bastante feliz. Fez muito pouco para merecer [o apuramento] hoje.

Na primeira parte, poucas vezes lá [à baliza] chegou. Na segunda parte, fez três remates exteriores, duas transições, dois golos e deixou-nos mossa. O adversário foi feliz pelas bolas ao poste, pelas lesões que tivemos no próprio jogo. Com todo este contexto, fomos melhores, mas o que fica para a história é o resultado. O nosso adversário não nos ganhou, mas passou a eliminatória.

Estamos tristes, mas é mais um desafio que se coloca a esta equipa, o de saber superar a adversidade. É duro, mexe muito com as nossas emoções. Agora, o compromisso é o mesmo: lutar em todos os jogos até ao fim, pela vitória. Hoje, não fomos capazes de segurar, por duas vezes, o resultado. O Dyego [Sousa] mandou ao poste, quando estava 2-1. Faltou-nos marcar mais do que o adversário.

Nesta competição, estamos fora. Há mais competições, há mais provas. Esta equipa nem era a melhor há uma semana atrás, nem a pior hoje. Estes foram os jogadores que escolhemos para representar o Sporting de Braga e ainda vão-nos dar alegrias. Em termos de empenho, os nossos jogadores deram o melhor de si. Aqui e acolá, faltou-nos executar melhor e uma pontinha de sorte.

(Há mais responsabilidade no campeonato, com a eliminação?) É uma prova de regularidade, ao contrário desta. No campeonato, queremos fazer melhor do que o que fizemos no ano passado. No final, veremos a classificação que nos toca. Agora, o importante é recuperar estes atletas. Foi uma ferida que se abriu. Queremos curá-la, para estarmos preparados para domingo e poder vencer [o jogo com o Santa Clara].

É uma lesão muscular [a do Raúl Silva]. Ainda não tivemos o exame. Foi pena, porque foi menos um ‘guerreiro’. Queríamos ter todos disponíveis, mas infelizmente nem todos estavam disponíveis para ser opção.”

Yuriy Vernydub, treinador do Zorya, também esteve na conferência de imprensa.

“Foi um jogo muito difícil. O Braga é uma equipa muito forte. Disse aos meus jogadores que teríamos de igualar as oportunidades de golo [do adversário]. Estou grato pelo que conseguiram.

Eu não diria que o Braga jogou passivamente. Depois de termos marcado o segundo golo, garantimos a continuidade nas competições europeias. O nosso orçamento é 10 vezes menor do que o do Braga.

Não somos favoritos [no ‘play-off de acesso à Liga Europa]. Vamos lutar contra o Leipzig com o que temos.”

Continuar a ler

Populares