Seguir o O MINHO

Alto Minho

Laurinda Correia, a mulher mais velha de Ponte de Lima, celebra hoje 106 anos

Aniversário

em

Foto cedida a O MINHO

Laurinda da Conceição Correia, de Ponte de Lima, celebra, esta quinta-feira, 106 anos de vida. É muito provavelmente a mulher mais velha do concelho limiano e, com certeza, das mais idosas de Portugal.

Nascida em Faldejães, freguesia de Arcozelo, em Ponte de Lima, filha de Ernesta da Conceição Correia e José Fernandes Júnior, foi criada junto os cinco irmãos e dois primos.

Casou aos 27 anos com José d’Abreu Pereira, conhecido como Zé Lau, com quem teve sete filhos.

Já na altura revelou-se “uma mulher determinada”, tendo contraído matrimónio “sem o apoio de parte da família”, contava a O MINHO uma fonte familiar, no ano passado, aquando da celebração do 105.º aniversário.

Começou por trabalhar como governanta em várias casas senhoriais, com destaque para o Convento Vale de Pereiras e a Casa Grande da Freiria.

Foto cedida a O MINHO

Depois de casar, trabalhou na agricultura e de noite fazia arranjos de guarda-chuvas juntamente com o marido, que, por sua vez, durante o dia, trabalhava de barbeiro e mecânico.

Compram o negócio de oficina mecânica em que o marido trabalhava e, mais tarde, abrem uma barbearia junto à igreja matriz e uma outra sociedade no Largo de Camões com uma taberna no rés do chão da casa onde habitam. Assim, todos os filhos começam a sua atividade profissional nos negócios da família.

Laurinda Correia acompanhou de perto todos os negócios, tratando dos mais variados assuntos com a banca, fornecedores e clientes, trabalhos que na altura pertenciam maioritariamente aos homens.

Por tudo isso, “é reconhecida socialmente pela sua determinação, dinâmica, capacidade de trabalho e dedicação à família”.

EM FOCO

Populares