Seguir o O MINHO

Desporto

Fernando Pimenta: “Estou aqui para apimentar um pouco mais o Benfica”

em

O canoísta olímpico português Fernando Pimenta, que esta segunda-feira se vinculou ao Benfica, manifestou a intenção de continuar a alcançar resultados internacionais de relevo e frisou que já tem “os olhos postos” nos Jogos Olímpicos de Tóquio2020.

O vice-campeão olímpico em K2 1.000 em Londres2012, com Emanuel Silva, atual atleta do Sporting, destacou o “passo importante” na carreira, tendo agora a “responsabilidade de representar a maior estrutura do desporto português”, ao qual chega proveniente do Clube Náutico de Ponte de Lima, que publicou uma nota de agradecimento ao limiano.

“Como já disse a brincar, estou aqui para apimentar um pouco mais o Sport Lisboa e Benfica. Estou aqui para conquistar resultados de relevo, sobretudo internacionais, porque são os que o Benfica mais ambiciona. Neste projeto olímpico do Benfica, vou ter outras condições que muitas vezes me faltavam. Isso é muito importante quando estamos a falar de alta competição e de resultados que se definem por milésimos”, afirmou na apresentação.

Após ter conquistado a ‘prata’ nos Jogos Olímpicos de 2012, Fernando Pimenta, que se vinculou ao emblema da Luz até dezembro de 2021, olha para a competição de 2020 com a mesma ambição, embora lembrando que há “um longo processo e outras etapas” até chegar a Tóquio.

“Já temos olhos postos em Tóquio2020, mas temos etapas até lá. O objetivo a longo prazo são os Jogos Olímpicos, mas a curto e a médio temos o Campeonato da Europa, em junho, e o Campeonato do Mundo que se vai realizar em Portugal”, referiu, antes de se congratular por poder continuar a ser treinado por Hélio Lucas.

Hélio Lucas vai continuar a ser treinador de Fernando Pimenta. Foto: Divulgação

Para trás, ficam 18 anos ao serviço do Clube Náutico de Ponte de Lima, o seu clube de sempre, com o qual o Benfica assinou uma parceria, que irá permitir a Fernando Pimenta e aos restantes canoístas ‘encarnados’ utilizar as instalações do emblema limiano.

Vou continuar a levar a bandeira de Ponte de Lima comigo, como sempre fiz. Estou num outro clube e acho que as pessoas vão perceber isso. Há oportunidades que temos de agarrar e há comboios que só passam uma vez. Agora, a mala vai mais pesada ainda. Vou levar as bandeiras de Ponte de Lima, de Portugal e do Benfica”, transmitiu.

Já o vice-presidente para as modalidades do Benfica, Fernando Tavares, revelou “muito orgulho” pela contratação do canoísta português com melhor currículo de sempre, considerando que esta é mesmo “a cereja no topo do bolo” do projeto olímpico do clube.

“Como dizia ontem um amigo meu, já há algum tempo que o Benfica e o Fernando Pimenta se mereciam um ao outro. É a cereja no topo do bolo do nosso projeto olímpico. Temos feito um esforço grande para defender, proteger e reforçar o nosso ecletismo. Este é mais um passo”, disse o dirigente.

Fernando Tavares revelou ainda que “o treinador de sempre” de Fernando Pimenta, Hélio Lucas, vai assumir “um papel preponderante no projeto do Benfica para a canoagem”.

No Benfica, Fernando Pimenta junta-se aos também olímpicos João Ribeiro, Teresa Portela e Joana Vasconcelos.

Quinto classificado em K1 1.000 nos Jogos do Rio2016, Fernando Pimenta foi vice-campeão do Mundo em 2017 em Racice, República Checa, e bronze em 2015 em Milão, Itália.

O limiano é o atual campeão do Mundo de K1 5.000, distância não olímpica, e em 2010 foi vice-campeão do Mundo em K2 500 com João Ribeiro em Poznan, Polónia.

Ainda em mundiais, foi prata em 2014 em Moscovo com o K4 1.000 no qual entraram ainda Emanuel Silva e David Fernandes.

Fernando Pimenta, cuja primeira medalha internacional foi obtida em 2005 no Festival Olímpico da Juventude Europeia (FOJE), em K4 500, é o atual bicampeão da Europa em K1 1.000, após títulos conquistados em Moscovo em 2016 e Plovdiv, Bulgária, em 2017.

Em todos os escalões e nas vertentes de velocidade e maratonas, Fernando Pimenta conquistou para Portugal 64 medalhas em Europeus e Mundiais, nomeadamente 20 de ouro, 25 de prata e 19 de bronze.

Fernando Pimenta, que sempre representou o Clube Náutico de Ponte de Lima, vai tentar inédito título mundial em K1 1.000 em Portugal, de 22 a 15 de agosto em Montemor-o-Velho, num ano em que o país organiza as duas maiores provas internacionais da modalidade, já que promove também o mundial de maratonas de 06 a 09 de setembro, em Prado, Vila Verde.

Anúncio

Futebol

Vitória vence Santa Clara ao cair do pano

I Liga

em

Imagem via VSports

Um golo de João Pedro em período descontos garantiu hoje o triunfo do Vitória SC na receção ao Santa Clara (1-0), em jogo da 17.ª jornada I Liga portuguesa de futebol.

O avançado João Pedro, que tinha entrado na partida no decorrer da segunda parte, marcou aos 90+1 o único golo da partida, que permitiu ao Vitória manter a distância de dois pontos para o Sporting de Braga, que venceu na sexta-feira na deslocação ao FC Porto.

Com o triunfo de hoje, os vimaranenses estão em sexto lugar no campeonato, com 25 pontos, enquanto o Santa Clara mantém os 17 pontos, no 14.º lugar.

Ficha de Jogo

Jogo no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.

Vitória SC – Santa Clara, 1-0.

Ao intervalo: 0-0.

Marcador:

1-0, João Pedro, 90+1 minutos.

Equipas:

– Vitória SC: Douglas, Victor Garcia, Tapsoba, Pedro Henrique, Florent, Pepê, André André (João Pedro, 73), Lucas Evangelista, Marcus Edwards (Rafa Soares, 90+4), Rochinha (Davidson, 73) e Léo Bonatini.

(Suplentes: Miguel Silva, Frederico Venâncio, Rafa Soares, Dénis Poha, João Carlos Teixeira, Davidson e João Pedro).

Treinador: Ivo Vieira.

– Santa Clara: Marco, Patrick, João Afonso, Fábio Cardoso, Mamadu Candé, Osama Rashid, Anderson Carvalho, Costinha (Nené, 90), Lincoln (César, 76), Carlos Júnior e Guilherme Schettine (Thiago Santana, 71).

(Suplentes: André Ferreira, César, Zaidu, Nené, Ukra, Zé Manuel e Thiago Santana).

Treinador: João Henriques.

Árbitro: Manuel Oliveira (AF Porto).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Tapsoba (28), Fábio Cardoso (30), Marco (65), Anderson Carvalho (66), Mamadu Candé (81), Victor Garcia (83), Osama Rashid (84) e Miguel Silva (90+2, no banco). Cartão amarelo para o treinador do Vitória de Guimarães, Ivo Vieira (80).

Assistência: 12.815 espetadores.

(em atualização)

Continuar a ler

Futebol

Governo “disponível” para reunir com Liga de futebol na próxima semana

Pirotecnia no desporto

em

Foto: Divulgação

O Governo, “através das áreas governativas da Administração Interna e do Desporto”, está “disponível” para reunir com a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) na próxima semana, disse hoje à Lusa fonte ministerial.

Fonte do Ministério da Administração Interna (MAI) explicou à Lusa que há disponibilidade para receber a LPFP “na próxima semana”, na sequência dos vários atos de pirotecnia verificados no Sporting-Benfica de sexta-feira, que os ‘encarnados’ venceram POR 2-0, após vários objetos como potes de fumo e tochas terem sido lançados para o relvado.

A mesma fonte adiantou ainda que tanto a data precisa como as horas da reunião terão ainda de ser acertadas entre ambas as partes, conjugando agendas de MAI, do Desporto e da Liga.

Já depois da vitória por 2-0 do líder da I Liga portuguesa de futebol, na 17.ª jornada, o presidente da LPFP, Pedro Proença, pediu uma reunião de urgência ao ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, além de ter “lamentado profundamente” o sucedido, em comunicado.

“Face aos últimos acontecimentos relacionados com os artefactos de pirotecnia que têm deflagrado nos estádios, com efetivo impacto no decorrer do jogo, e colocando, em muitas situações, em causa a integridade física e a segurança de adeptos de todas as idades, o futebol não vai ficar refém de um conjunto de pessoas que, sem rosto, mancham o nome dos clubes e dos seus fiéis e reais adeptos”, acrescentou a Liga.

Depois de mais este episódio, a Liga “exige que as revistas feitas aos adeptos na entrada para os estádios sejam mais rigorosas e eficazes, de forma a acabar, definitivamente, com a entrada de objetos perigosos e proibidos nos recintos desportivos”.

“Neste desiderato, o presidente da Liga, Pedro Proença, enviou, já no decorrer da presente semana, uma comunicação ao ministro da Administração Interna [Eduardo Cabrita], solicitando, com caráter de urgência, uma reunião para analisar a situação e encontrar medidas eficazes para combater este flagelo”, finaliza o comunicado da LPFP.

Continuar a ler

Futebol

Organização “confiante” em ‘final four’ da Taça da Liga sem incidentes em Braga

“Uma festa onde se possa estar em família”

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

O presidente da Liga de clubes garantiu hoje que a manifestação de polícias prevista para a ‘final four’ da Taça da Liga de futebol, a realizar-se em Braga na próxima semana, não põe em causa a segurança.

“Não, de todo. [essa manifestação de polícias] Só é bem demonstrativa de que a ‘final four’ já é, hoje, uma referência que até é utilizada para esses eventos e esses reconhecimentos”, respondeu Pedro Proença, quando questionado se o esquema de segurança poderia estar em causa.

O líder da Liga frisou que “esta competição está a ser preparada há mais de 300 dias pela Liga Portugal e, também, pelos responsáveis da Polícia de Segurança Pública”.

“Por isso, estamos muito confiantes que seja uma ‘final four’ sem qualquer tipo de incidentes”, reforçou, à margem da inauguração da ‘fan zone’, no centro da cidade minhota.

Pedro Proença não quis comentar o pedido de uma reunião de urgência ao ministro da Administração Interna, na sequência dos incidentes no encontro entre Sporting e Benfica, sexta-feira, da 17.ª jornada da I Liga, que os ‘encarnados’ venceram por 2-0, preferindo destacar que a ‘final four’ da Taça da Liga “é uma competição de festa e de inclusão, de apelo às famílias”.

“É disto que queremos fazer o futebol, uma festa onde as pessoas possam estar e festejar”, disse.

O líder da Liga de clubes deixou ainda uma palavra de agradecimento a Braga, que acolhe pelo terceiro ano consecutivo, e último, a fase final da competição.

Continuar a ler

Populares