Seguir o O MINHO

em

Um concorrente de Vila Nova de Famalicão, que participou no programa “Joker”, da RTP, transmitido esta segunda-feira à noite, tornou-se num embaixador inesperado das  Feiras Novas, festas do concelho de Ponte de Lima, que recomendou, com veemência, aos telespectadores daquele concurso, transmitido em horário nobre.

Foi quando lhe foi colocada a questão “Em que vila portuguesa se realizam, desde 1826, as Feiras Novas?” – era a pergunta para três mil euros.

“100% de certeza, Ponte de Lima”, respondeu de imediato, sem hesitar.

Depois, fez a promoção grátis à vila e às festas.

“São umas festas que acho que qualquer português devia lá ir (pelo menos) uma vez!”

“Ponte de Lima tem duas festas muito tradicionais. Uma é as Feiras Novas, em setembro, outra é a Vaca das Cordas, penso que é em julho [NDR. É, todos os anos, na véspera do dia do Corpo de Deus]”, disse ainda Gabriel, de 53 anos, Engenheiro Civil, técnico comercial numa empresa de materiais de construção, mostrando-se conhecedor.

Foto: Imagens RTP

“Depois de sair da auto-estrada, a fila para ir para Ponte de Lima tinha mais de três quilómetros. É impressionante aquilo”, disse, justificando o facto de apenas ter visitado as festas uma vez.

Enquanto ia falando com o apresentador, voltou a elogiar a vila.

“Ponte de Lima é dos melhores sítios para viver em Portugal”.

Antes de confirmar que a resposta estava correcta, a voz off do “Joker” completou a promoção.

“As Feiras Novas são celebradas desde 1826 em honra de Nossa Senhora das Dores. Para além da música, folclore e o fogo-de-artifício, há concursos pecuários, cortejos etnográficos, gigantones, cabeçudos. É uma animação!”

Foto: Imagens RTP

Mais tarde, o concorrente acabou por ser errar uma pergunta sobre o vencedor da Taça CERS de hóquei em patins, que o Óquei de Barcelos venceu em 2016 e 2017, mas não em 2018, ano a que se referia a pergunta e em que os barcelenses perderam a final, nos penáltis, contra os espanhóis do Club Lleida, em Lérida, Espanha.

Este concurso, que se estreou em setembro, é apresentado pelo popular apresentador Vasco Palmeirim, que também é conhecido por participar no programa das manhãs da Rádio Comercial.

Sinopse do Programa

Vasco Palmeirim, apresentador de “Joker”. Foto: Divulgação / RTP

“Cada pergunta tem quatro hipóteses de resposta. Por cada resposta correta, o concorrente sobe um patamar na árvore do dinheiro, até atingir o sétimo e último patamar da árvore, no valor de 50 mil euros. Quando lá chegar, deve tentar manter-se no topo, respondendo acertadamente às perguntas, de modo a assegurar o prémio máximo.

O concorrente tem um trunfo na manga: o seu acompanhante, que o vai auxiliar nas rondas especiais: Ronda Bónus e Super Joker. Ao fim de quatro perguntas, o concorrente tem a hipótese de ganhar 1 ou 2

Jokers extra na Ronda Bónus. Seguem-se mais quatro perguntas e terá de novo a oportunidade de ganhar mais dois Jokers extra, numa segunda Ronda Bónus, para enfrentar as quatro derradeiras perguntas. O acompanhante desempenha ainda um papel fundamental no Super Joker, onde dá o seu contributo numa única pergunta do jogo”.RTP.

Anúncio

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Ponte de Lima

Ponte de Lima e IP estabelecem acordo para intervenção em importante via de acesso

Investimento de 400 mil euros.

em

Foto: Divulgação/CM Ponte de Lima

A Câmara de Ponte de Lima e as Infraestruturas de Portugal (IP) estabeleceram um acordo que prevê o tratamento de travessia urbana na Via do Foral Velho de D.ª Teresa (EN 203), uma das principais preocupações do Município no que diz respeito à segurança rodoviária no concelho.

O projeto inclui reordenamento de acessos e reformulação de interseções, através nomeadamente da construção de duas rotundas de forma a reduzir a velocidade de circulação automóvel promovendo-se, de uma forma articulada com intervenção já adjudicada pelo Município relativa às ciclovias e vias pedonais da envolvente urbana, uma maior segurança para o peão.

Recorde-se que diversos acidentes ocorreram no local nos últimos anos.

Diversos acidentes já ocorreram no local. Fotos: O MINHO/Arquivo

“A via em causa, da jurisdição da Infraestruturas de Portugal, consiste num dos principais acessos à Vila de Ponte de Lima, integrando uma malha urbana plenamente consolidada, onde se localizam diversos espaços e equipamentos públicos educativos e desportivos, bem como, estabelecimentos de comércio e de serviços. A EN 203 apresenta-se por isso e neste contexto totalmente descaracterizada, sendo a questão da segurança rodoviária uma preocupação desde há muito invocada pelo Município”, diz a Câmara de Ponte de Lima, em comunicado.

Perante este facto, a Câmara Municipal em reunião realizada no passado dia 14 de janeiro, deliberou submeter à Assembleia Municipal de Ponte de Lima a aprovação do Acordo de Gestão com as Infraestruturas de Portugal (IP) para a melhoria das condições de circulação e segurança na EN203, o que permitirá ao Município avançar com a intervenção, enquanto dono da obra, sendo a mesma financiada em cerca de 400 mil euros pela IP.

São promovidas, através de ambos os projetos, as condições de sustentabilidade ambiental, de fluidez de tráfego e segurança da circulação, esperando-se que estas medidas possam efetivamente permitir uma redução dos registos de sinistralidade verificados nesta via.

Continuar a ler

Ponte de Lima

‘Incentivo ao Empreendedorismo’ na Escola Superior Agrária de Ponte de Lima

Melhores projetos vão ser premiados

em

Apresentar Planos de Negócio de ideias inovadoras, desenvolvidos pelos alunos de Biotecnologia e de Enfermagem Veterinária, é o objetivo da sessão de incentivo ao empreendedorismo que irá decorrer, hoje, na Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, pelas 14:00.

O alunos foram desafiados a encontrar soluções para lacunas existentes no mercado e identificaram oportunidades de negócio em produtos tão distintos como velas e incensos com feromonas; uma escova canina multifunções; uma colher para facilitar os snacks saudáveis a meio da manhã/tarde; um peitoral para arrefecimento canino; um sistema para a hidratação de cães de caça; a venda de produtos especializados para cães e gatos; um sistema de booking para animais; a venda de pacotes personalizados para gatos; temperos inovadores para substituir o sal ou palmilhas para acabar com o mau odor.

São 10 ideias inovadoras, concretizadas em Planos de Negócio desenvolvidos nas unidades curriculares de “economia e gestão” e “gestão de empresas”.

Os melhores projetos irão ser premiados pela In.Cubo.

Continuar a ler

Ponte de Lima

Carteiristas espanholas voltam a atacar na Feira de Ponte de Lima

em

Foto: Luís Cunha / Arquivo

Duas carteiristas, de nacionalidade espanhola, foram detidas pela PSP, esta segunda-feira de manhã, na feira quinzenal da Ponte de Lima.

Ao que O MINHO apurou, as mulheres, com idades entre 40 e 45 anos, foram interceptadas em flagrante delito por polícias à paisana, e na posse de uma avultada quantia de dinheiro.

As suspeitas foram levadas para a esquadra da PSP de Ponte de Lima, onde vão passar a noite, antes de serem presentes a tribunal.

Estas duas carteiristas já haviam sido identificadas na mesma feira, em julho do ano passado.

Continuar a ler

Populares