Seguir o O MINHO

Futebol

Famalicão volta a perder e só venceu um dos últimos seis jogos

I Liga

em

O Paços de Ferreira recebeu e venceu hoje o Famalicão, por 2-0, com um golo em cada parte, e ascendeu provisoriamente ao quinto lugar da I Liga de futebol, no jogo de abertura da oitava jornada.

Os pacenses confirmaram o bom momento de forma e alcançaram o terceiro triunfo consecutivo, incluindo a vitória na Taça de Portugal (venceram a Oliveirense por 4-0), graças aos tentos de Luther Singh, aos 20 minutos, e de Uilton, aos 88, que se estrearam a marcar esta temporada.

Com este merecido triunfo, o Paços, que tem menos um jogo, subiu ao quinto lugar, com 11 pontos, ultrapassando o Famalicão, que mantém nove e ocupa o 10.º lugar.

Na antevisão, Pepa perspetivara um bom jogo e as duas equipas fizeram por isso, apostando num futebol positivo e agradável.

Na primeira parte, o que se viu mais foi uma vontade maior do Paços, assente num meio campo mais agressivo e pressionante, que por vezes adiantava Eustáquio para fazer ‘sombra’ a Gustavo Assunção e, assim, anular uma das saídas limpas da formação famalicense, e uma maior rapidez com bola e objetividade na finalização.

Douglas Tanque, de regresso ao ‘onze’ pacense após lesão, foi a referência no ataque e deu sempre muito trabalho aos centrais do Famalicão, conseguindo, também, criar espaços para as penetrações de Luther Singh e Hélder Ferreira, sobretudo.

O Famalicão, que iniciou o jogo com Riccieli no lugar de Diogo Queirós relativamente ao jogo da Taça de Portugal (vitória no reduto do Oriental por 3-0), até foi a primeira equipa a criar perigo, aos oito minutos, num cabeceamento para fora de Jhonata Robert, mas esse lance foi uma exceção numa primeira parte em que raramente conseguiu criar perigo.

Com naturalidade, os locais adiantaram-se no marcador, aos 20 minutos, por Luther Singh, com um remate forte e colocado de fora da área, sem possibilidades de defesa para Luiz Júnior, que repetiu a titularidade na baliza do Famalicão

Aposta para os sub-20 do Brasil, Luiz Júnior voltou a ver o perigo rondar a sua baliza seis minutos depois, por Eustáquio, num remate de primeira a responder ao cruzamento de Oleg da esquerda, brilhando mais tarde, já na segunda parte, a um cabeceamento de Tanque na pequena área do Famalicão, com Marcelo a falhar depois a recarga.

Este lance, aos 61 minutos, e uma outra incursão perigosa protagonizada minutos antes pelo internacional sul-africano Luther Singh mantiveram os pacenses sempre mais próximos do golo, apesar da esperada reação famalicense à desvantagem no marcador.

João Pedro Sousa juntou no segundo tempo Dyego Souza a Trotta no centro do ataque e aumentou a agressividade no meio campo com a entrada de Bruno Jordão, mas estas alterações apenas aproximaram a equipa da baliza de Jordi, não tendo correspondência em matéria de oportunidades de golo.

Seria mesmo o Paços a chegar ao golo, nos instantes finais do encontro, numa incursão de Uilton pela direita, concluída com um remate forte e colocado de fora da área, fixando o resultado final.

Ficha de Jogo

Jogo no Estádio Capital do Móvel, em Paços de Ferreira.

Paços de Ferreira – Famalicão, 2-0.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Luther Singh, 20 minutos.

2-0, Uilton, 88.

Equipas:

– Paços de Ferreira: Jordi, Fernando Fonseca, Marcelo, Marco Baixinho, Oleg, Stephen Eustáquio, Luiz Carlos, Bruno Costa (Uilton, 73), Hélder Ferreira (Diaby, 73), Douglas Tanque (Dor Jan, 87) e Luther Singh (João Amaral, 65).

(Suplentes: Michael, Uilton, Maracás, Diaby, Ibrahim, João Amaral, Adriano Castanheira, Dor Jan e João Pedro).

Treinador: Pepa.

– Famalicão: Luiz Júnior, Edwin Herrera, Riccieli, Babic, Gil Dias (Guga, 85), Valenzuela, Joaquín Pereyra (Dyego Souza, 46), Gustavo Assunção, Jhonata Robert (Calvin, 66), Marcello Trotta e Iván Jaime (Bruno Jordão, 46).

(Suplentes: Zlobin, Morer, Henrique Trevisan, Calvin, Patrick William, Guga, Bruno Jordão, João Neto e Dyego Souza).

Treinador: João Pedro Sousa.

Árbitro: João Bento (AF Santarém).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Babic (17), Bruno Costa (22), Douglas Tanque (33), Hélder Ferreira (70), Oleg (80), Bruno Jordão (83) e Gustavo Assunção (90+3).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

Futebol

Câmara de Guimarães deve apoiar miniestádio do Vitória com 270 mil euros

I Liga

Projeto do miniestádio. Foto: DR

A Câmara de Guimarães vai discutir e votar um subsídio de 270 mil euros ao Vitória, da I Liga portuguesa de futebol, para a edificação de um miniestádio, informou hoje um documento da autarquia.

O executivo municipal vimaranense vai decidir a atribuição do apoio na segunda-feira, em reunião quinzenal, estando previsto que a verba seja entregue em três tranches anuais de 90 mil euros, de 2021 até 2023.

O vice-presidente vitoriano Pedro Vinagreiro adiantou à Lusa, em outubro último, que o clube deseja transformar o campo número 5 da academia num miniestádio de 2.500 lugares, numa intervenção que prevê a colocação de cadeiras e de coberturas nas duas bancadas existentes, o aumento do número de balneários para seis e a criação de uma área administrativa para o futebol de formação.

O dirigente também referiu que a infraestrutura vai acolher as equipas B, atualmente na série B do Campeonato de Portugal, e sub-23 do Vitória, com a obra a poder começar no primeiro semestre deste ano.

O subsídio ao Vitória enquadra-se nos apoios da autarquia vimaranense aos vários clubes desportivos do concelho para instalação de relvados sintéticos e construção de balneários, cuja verba para 2021 totaliza os 651.500 euros.

Continuar a ler

Futebol

Gil Vicente e Braga jogam ‘quartos’ da Taça a 29 de janeiro

Taça de Portugal

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO (Arquivo)

Os jogos Gil Vicente-FC Porto e SC Braga-Santa Clara, dos quartos de final da Taça de Portugal de futebol, vão disputar-se em 29 de janeiro, um dia depois do Benfica-Belenenses SAD, de acordo com o calendário divulgado.

As datas e os horários dos encontros dos ‘quartos’ estão disponíveis no site oficial da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), sendo que os ‘dragões’, detentores do troféu, jogam em Barcelos numa sexta-feira, a partir das 20:45.

Uma hora antes, às 19:45, inicia-se o duelo entre SC Braga e Santa Clara, na ‘Cidade dos Arcebispos’.

Já o Benfica-Belenenses SAD está agendado para a véspera, quinta-feira, dia 28, com início marcado para as 21:15, no Estádio da Luz, em Lisboa.

Os quartos de final da prova ‘rainha’ arrancam em 27 de janeiro, uma quarta-feira, com a receção do Marítimo ao Estoril-Praia, da II Liga, às 20:15.

Nas meias-finais, disputadas a duas mãos, o vencedor do encontro entre Benfica e Belenenses SAD vai defrontar Marítimo ou Estoril-Praia, e o vencedor do Gil Vicente-FC Porto terá pela frente SC Braga ou Santa Clara.

De acordo com o calendário divulgado pela FPF, os encontros da primeira mão das meias-finais jogam-se em 10 de fevereiro, e os da segunda em 03 de março.

Continuar a ler

Futebol

Diogo Figueiras reforça Famalicão

Mercado de Transferências

Foto: FC Famalicão

Diogo Figueiras é reforço do Famalicão com um contrato válido até 2022, anunciou hoje o clube da I Liga portuguesa de futebol.

O defesa, de 29 anos, rescindiu com o SC Braga e é agora uma opção para João Pedro Sousa.

Para além da formação bracarense, Diogo Figueiras representou ainda clubes como o Paços Ferreira, Moreirense, e Rio Ave. Jogou também no Sevilha, onde viria a conquistar a Liga Europa por três ocasiões.

O lateral jogou ainda na Serie A italiana pelo Génova e na Liga grega pelo Olympiacos, tendo neste último celebrado o título nacional.

“Voltar a ser feliz e sentir o prazer de jogar futebol dá-nos vida e, como tal, decidi aceitar o convite do Futebol Clube de Famalicão para recuperar essa alegria”, afirmou o defesa, que se mostrou “satisfeito” pela forma como foi recebido pelo plantel e equipa técnica do clube.

Continuar a ler

Populares