Seguir o O MINHO

Cávado

CREARTE estreia dois espetáculos teatrais

em

crearte grupo de teatro esposende1

No âmbito do projeto CREARTE – Crescimento da Arte Teatral em Esposende, a Câmara Municipal de Esposende vai promover a estreia de dois espetáculos por grupos de teatro amador do concelho.

No dia 9 de outubro, pelas 21h30, no Salão Paroquial de Fão, o GATA – Grupo Teatro Amador de Fão levará à cena a peça “A Donzela Guerreira”, de António Torrado, e, no dia 24 de outubro, às 22h00, no Salão Social e Paroquial de Fonte Boa, o Grupo Teatro Amador de Fonte Boa irá estrear a peça “A Birra do Morto”, de Vicente Sanches.

“A Donzela Guerreira” retrata a travessia de uma jovem que se disfarça de homem para seguir para a guerra em nome do velho pai, representando o único filho varão. Como soldado, apaixona-se pelo seu capitão, e este por ela. Donzela e capitão travam as suas próprias batalhas, colocando à prova os seus princípios, sentimentos e desejos.

“A Birra do Morto” é uma tragicomédia que tenta mostrar um pouco da sociedade atual. A peça gira em torno da história de um homem que morre mas não quer ser enterrado, evidenciando o cinismo de uns, o interesse de outros e a grande falsidade da maioria.

Ambos os espetáculos contam com a encenação de Eva Fernandes e Jorge Alonso, responsável por este projeto de dinamização do teatro no concelho implementado pelo Município, que incluiu o desenvolvimento de ações junto das escolas e formação junto dos quatro grupos de teatro amador em atividade no concelho, nomeadamente o GATERC, a GATA, a JUM e o Grupo de Teatro de Fonte Boa. O resultado desse trabalho poderá ser apreciado nestas duas estreias, bem como no FESTIAMA – Festival de Teatro Amador do Concelho de Esposende, que terá lugar nos meses de novembro e dezembro, no Auditório Municipal de Esposende.

Este evento contará com a participação de todos os grupos de teatro amador abrangidos pelo CREARTE e, para além da reposição das peças “A Donzela Guerreira” e “A Birra do Morto”, prevê a estreia de mais dois espetáculos, pelo Grupo de Teatro da JUM e pelo GATERC – Grupo Amador de Teatro de Esposende – Rio Cávado.

Populares