Buscas por cidadã estrangeira residente em Caminha

Mulher de 50 anos

Uma mulher de 50 anos, que terá dupla nacionalidade, ambas estrangeiras, foi dada como desaparecida deste o início desta manhã, pelo companheiro, em Caminha.

O alerta foi dado pelo companheiro, tanto à GNR como à Polícia Marítima com ambas as polícias a desenvolverem operações no âmbito da sua jurisdição para encontrar a mulher desaparecida. Apesar de ser de nacionalidade estrangeira, o casal reside em Caminha há algum tempo.

Vestia calças cinzentas de fato de treino , com casaco cinzento azulado com capuz. Usa óculos e tem uma pulseira com uma chave no pulso. Mede 1,72, estatura magra e cabelo curto.

As operações em curso incluem buscas na frente marítima e nas margens ao longo do rio Minho, por parte da Polícia Marítima, e na zona de interior, pela GNR.

Pelas 18:00 horas, ainda não havia sinais da mulher, com as buscas a prosseguirem, indicou a O MINHO o comandante da Polícia Marítima de Caminha.

Não foi relatado às autoridades que a mulher sofresse de algum tipo de doença psicológica.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

PSD alerta para aumento da delinquência juvenil mas diz ser contra aumento de penas

Próximo Artigo

Famalicão: Professor que sofreu aneurisma nos EUA já está em Portugal, mas ainda precisa de ajuda

Artigos Relacionados
x