Seguir o O MINHO

Alto Minho

Brandão Rodrigues: “Governo investiu 32 milhões para reabilitar 19 escolas do Alto Minho”

Eleições legislativas

em

Tiago Brandão Rodrigues e Miguel Alves. Foto: DR

O cabeça de lista do PS às próximas eleições legislativas, pelo círculo eleitoral de Viana do Castelo, salientou no sábado um investimento de 32 milhões, efetuado pelo Governo, para reabilitar 19 escolas do distrito.

O candidato falava à margem de uma visita à recentemente reabilitada Escola Secundária de Caminha, onde foi recebido pela direção do agrupamento e pelo presidente da Câmara, Miguel Alves, também ele um nome de peso do socialismo no Alto Minho.

Em comunicado enviado a O MINHO, o ministro da Educação nas duas anteriores legislaturas descreve que “a intervenção na Secundária de Caminha é um bom exemplo de como a aposta do Governo na Educação vai muito além da boa vontade”.

“A Câmara de Caminha lutou por esta obra, apresentou um projeto de grande qualidade, dispôs-se a contribuir com financiamento e o Governo não podia deixar de dar resposta a esta comunidade”, salientou.

Mas Tiago Brandão Rodrigues quis sublinhar que “o investimento em Caminha não foi o único no concelho, muito menos no distrito”. “No concelho está a ser requalificada a Escola Básica do Vale do Âncora e contruída a sede da Academia de Música Fernandes Fão, investimento de 2 milhões de euros”, avançou.

Por todo o Alto Minho, diz, “só nestes seis anos, foram investidos 32 milhões de euros na reabilitação de 19 equipamentos escolares. É obra!”, destaca, considerando o investimento “justo perante todo o trabalho que professores, pessoal não docente e alunos têm feito na valorização da escola pública”.

Para o autarca de Caminha, Miguel Alves, não restam dúvidas que “o mandato de Tiago Brandão Rodrigues à frente do Ministério da Educação corresponde ao período com maior investimento nas escolas no Alto Minho e no país”.

“No caso do concelho de Caminha, o trabalho do Governo assume especial expressão. Por um lado, foi possível construir a Escola Secundária de Caminha que o PSD na Câmara não conseguiu e o PSD no Governo não quis”, critica.

E prossegue: “Por outro lado, conseguimos uma Escola Secundária pública no Vale do Âncora e estamos em vias de ter condições para aprofundar o ensino articulado da música em Vila Praia de Âncora, depois de décadas de desinvestimento público nas escolas da maior vila do concelho”.

As eleições legislativas estão marcadas para 30 de janeiro.

Populares