Benfica empata com o Rangers e segura liderança na Liga Europa

Liga Europa
Foto: SL Benfica / Facebook

O Benfica conseguiu hoje minimizar danos que pareciam irreversíveis e resgatou um empate 3-3 na receção ao Rangers, segurando a liderança do grupo D da Liga Europa de futebol, em igualdade com os escoceses.

Poucos dias depois da derrota no Bessa (3-0), os ‘encarnados’ até entraram bem no jogo da terceira jornada, graças a um autogolo de Connor Goldson, mas cinco minutos de absoluto ‘desnorte’ inverteram o rumo do encontro, a começar com a expulsão de Otamendi, passando pelo ‘azar’ de Diogo Gonçalves e terminando com o golo da reviravolta, de Glen Kamara.

O tento de Alfredo Morelos, no segundo tempo, parecia ter retirado quaisquer hipóteses de reação às ‘águias’, que, mesmo com 10 elementos, conseguiram salvar um empate, graças a Rafa e Darwin Núñez, este aos 90+1 minutos.

A formação comandada por Jorge Jesus continua, assim, na liderança do grupo, com os mesmos sete pontos dos escoceses, mas com melhor diferença de golos.

No terceiro posto está o Lech Poznan, que conquistou a primeira vitória na prova, diante do Standard de Liège (3-1). Michal Skoras e Mikael Ishak, este por duas vezes, marcaram para os polacos, e Maxime Lestienne anotou o tento dos belgas, que continuam sem pontuar.

A Roma, treinada pelo português Paulo Fonseca, isolou-se no topo do grupo A, com sete pontos, depois de ter aplicado uma ‘mão cheia’ (5-0) ao Cluj, segundo colocado, com golos de Henrikh Mkhitaryan, Roger Ibañez, Borja Mayoral (dois) e Pedro Rodríguez.

No grupo J, o Tottenham, de José Mourinho, recuperou da derrota averbada em Antuérpia, na ronda anterior, ao vencer por 3-1 no reduto do Ludogorets, igualando os seis pontos dos belgas, que defrontam o LASK Linz a partir das 20:00.

No jogo 300 pelos ‘spurs’, o capitão Harry Kane abriu o marcador e festejou o 200.º golo com a camisola dos londrinos, antes de Lucas Moura e Giovani lo Celso dilatarem a vantagem. Pelo meio, Clausiu Keseru reduziu para os búlgaros.

O Granada, com os portugueses Rui Silva e Domingos Duarte de início, consolidou o primeiro posto do grupo E, ao triunfar por 2-0 no terreno do Omonia, enquanto o PAOK goleou o PSV por 4-1, numa partida na qual o antigo jogador do Benfica Andrija Zivkovic assinou um ‘bis’.

O grupo F tem agora tem agora três equipas com seis pontos: Nápoles, AZ Alkmaar e Real Sociedad. Os napolitanos, com Mário Rui no ‘onze’, bateram o Rijeka por 2-1 e os espanhóis também venceram pela margem mínima (1-0), na receção aos holandeses.

No grupo C, o Slavia de Praga venceu o Nice (3-2), que contou com Rony Lopes, e divide a liderança com o Bayer Leverkusen – ambos com seis pontos – que deu a volta ao resultado (4-2) no terreno do Hapoel Beer Sheva (4-2), de Miguel Vítor e Josué.

O Rapid Viena conquistou o primeiro triunfo no grupo B, num jogo ‘frenético’ frente ao Dundalk (4-3), tal como o Sivasspor no grupo I, que bateu o Qarabag, por 2-0.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

"Casas inteligentes" estão mais acessíveis, mas é preciso distinguir gadgets de soluções

Próximo Artigo

Pianista Luís Pipa, a viver em Viana, lança disco dedicado a Óscar da Silva

Artigos Relacionados
x