Seguir o O MINHO

Aqui Perto

Apreendidos 10 mil euros em amêijoa-japonesa na A28

Na Póvoa de Varzim

em

Foto: Divulgação / GNR

A Unidade de Controlo Costeiro apreendeu hoje de madrugada 1.066 quilogramas de amêijoa japonesa, na Autoestrada 28 (A28), na Póvoa de Varzim, por não possuir o tamanho mínimo legal para ser apanhada, anunciou GNR.


Em comunicado, a GNR ter identificado um homem, de 45 anos, por “transporte de bivaldes em estado imaturo”, sendo que a amêijoa japonesa apreendida, com um valor estimado de cerca de 37.400 euros, “teria como destino o mercado espanhol”.

A apreensão decorreu no âmbito de uma ação de fiscalização rodoviária dirigida ao transporte de pescado fresco e moluscos bivaldes, tendo os militares detetado “um veículo a transportar amêijoa japonesa subdminesionada, isto é, que não possuía o tamanho mínimo legal de quatro centímetros exigido por lei” para ser apanhada.

Anúncio

Aqui Perto

Já cai neve em Montalegre

Descida da temperatura

em

Já cai neve em Montalegre e em Boticas, no distrito de Vila Real. As imagens captadas esta noite nas Alturas de Barroso, em Boticas, foram publicadas nas redes sociais pela página Meteo Barroso. Há também registo de queda de neve em Montalegre.

Recorde-se que durante esta tarde já havia nevado na região da Galiza, em Ourense, no alto de uma estância de esqui.

Já cai neve na Galiza e granizo em Braga

As previsões apontavam para queda de neve em cotas superiores a 1.200 metros de altitude, podendo ainda nevar na Serra do Gerês e no Larouco, dentro do Parque Nacional.

Continuar a ler

Aqui Perto

Já cai neve na Galiza e granizo em Braga

Descida da temperatura

em

Neve na estação de esqui de Manzaneda. Foto: La Region

A estação de esqui da montanha de Cabeza de Manzaneda, em Ourense, Galiza, ficou tingida de branco ao final da tarde deste domingo, depois de começar a cair neve. Também no distrito de Braga caiu granizo. Eram 18:24.

Os flocos de neve em território espanhol caíram a cerca de 1.300 metros de altitude, por volta das 17:30, com os termómetros a apontarem -1,5 graus, segundo a MeteoGalicia.

As previsões do IPMA apontam que pode cair neve até aos 1.200 metros, ou seja, atingindo alguns pontos do Parque Nacional Peneda-Gerês, como o alto da serra de Louroco ou da serra do Gerês.

Pelas 18:09, o IPMA apontava temperaturas de seis graus no Parque Nacional e de oito em Braga.

Também a Serra da Estrela pode ser atingida por neve no topo.

De acordo com as últimas previsões do IPMA, a temperatura mínima vai baixar mais dois graus na segunda-feira, descendo para 7º.

Continuar a ler

Aqui Perto

Recolher obrigatório na Galiza decretado hoje (e pode durar até abril)

Covid-19

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

O Governo espanhol anunciou hoje que todas as regiões autónomas de Espanha, onde se inclui a Galiza, passam a estar em Estado de Emergência, com obrigação de recolher obrigatório entre as 23:00 e as 06:00 horas, ao longo dos próximos 15 dias.

Pedro Sanchez, presidente do Governo, informou que este novo estado foi aprovado em Conselho de Ministros extraordinário e que a intenção será prolongar o mesmo até ao próximo mês de abril.

Este novo decreto surge depois de um aumento de casos de contágio pela covid-19 ao longo das últimas semanas, nesta que já foi identificada como sendo a segunda vaga da doença.

Espanha já registou mais de um milhão de casos de covid-19 desde o início da pandemia, entre os quais à volta de 35 mil mortes.

A pandemia do novo coronavírus fez pelo menos 1.151.077 mortos desde que começou no fim de dezembro de 2019 na China, de acordo com um balanço feito hoje pela agência France-Presse.

Os casos diagnosticados oficialmente de infeção pelo novo coronavírus ascendem a 42.694.790, dos quais 28.991.400 foram dados como recuperados, embora estes números não reflitam a totalidade do número real de contágios, uma vez que alguns países apenas fazem testes aos casos graves de covid-19, enquanto outros têm menos capacidade de testagem.

Nas últimas 24 horas, registaram-se 466.838 casos em todo o mundo e 5.765 pessoas com covid-19 morreram.

Os países com maior número de mortes nos balanços mais recentes são os Estados Unidos, com 906 mortes, Índia, com 578, e Brasil, com 432.

Os Estados Unidos são o país com mais casos de infeção (8.578.063) e mortes com covid-19 (224.906), segundo um balanço da Universidade Johns Hopkins. O número de pessoas recuperadas cifra-se nas 3.406.656.

Os outros países mais afetados pela pandemia são o Brasil, com 5.380.635 casos acumulados e 156.903 mortes, a Índia, com 7.864.811 casos e 118.534 mortes, o México (886.800 casos e 88.743 mortes) e o Reino Unido (854.010 casos e 44.745 mortes).

A China, sem contar com Macau e Hong Kong, teve oficialmente 85.790 casos (mais 15 desde sábado), dos quais 4.634 morreram e 80.981 recuperaram da infeção.

Entre os países mais afetados, o Peru é o que tem mais mortes por habitante, com 103 mortes por 100.000 habitantes, seguido da Bélgica, com 93 mortes por 100.000, Espanha e Bolívia, ambas com 74 mortes por 100.000 habitantes.

Por região, a América Latina e as Caraíbas registavam hoje às 11:00 um total de 10.897.051 casos e 390.870 mortes, os Estados Unidos e Canadá 8.791.791 casos e 234.826 mortes, a Ásia tinha 10.153.519 casos e 165.627 mortes, o Médio Oriente tinha 2.424.331 casos e 56.245 mortes, a África 1.709.040 casos e 41.102 mortes e a Oceânia 33.967 casos com 1.012 mortes.

O balanço da France-Presse assenta em dados recolhidos pelas delegações da agência noticiosa junto das autoridades nacionais competentes e da Organização Mundial de Saúde.

Os números referentes às últimas 24 horas podem não corresponder exatamente devido a correções ou divulgação mais tardia de dados.

Continuar a ler

Populares