Seguir o O MINHO

Desporto

Ana Rodrigues (ED Viana) bate recorde nacional nos 50 bruços

Diana Durães, de Fafe, venceu nos 400 metros estilos

em

Dois recordes nacionais absolutos de natação, de Francisca Martins, nos 200 metros costas, e Ana Pinho Rodrigues, nos 50 bruços, destacaram-se hoje no Campeonato Nacional de Juvenis e Absolutos, que decorre até sábado no Jamor.

O dia de provas no complexo de piscinas do Jamor rendeu ainda o recorde nacional de juniores pelo quarteto do Galitos/Bresimar nos 4×100 livres.

Francisca Martins confirmou o favoritismo ao vencer os 200 costas com um máximo de Portugal absoluto de 2.01,30 minutos. A nadadora do Foca Quinta Da Lixa chegou à frente da benfiquista Diana Durães, a anterior recordista de Portugal (com 2.01,48 em 2017).

Na prova feminina dos 50 bruços, a olímpica Ana Pinho Rodrigues (Desportivo de Viana) superou o recorde de Portugal absoluto ao terminar com 31,09 segundos, melhorando a anterior marca que já lhe pertencia com 31,23, desde 02 de abril em Coimbra.

Lidiana Rodrigues (Belenenses) foi segunda e Cláudia Borges (Natação Olhão) terceira.

Nos 400 estilos Open masculinos, o espanhol Álvaro Lopes Conde impôs-se no derradeiro estilo com 4.28,57 minutos, numa competição onde os portugueses Lucas Bastos (Náutico Académico) e Tomas Silva (FC Porto) se bateram até aos últimos metros pela vitória.

Diana Durães vence nos 400 estilos

Na prova feminina de 400 estilos, o duelo entre as fundistas olímpicas Diana Durães (Benfica) e Angélica André (FC Porto) pendeu para a benfiquista, vencedora em 4.50,57.

Diogo Ribeiro venceu os 200 livres com um máximo pessoal (1.50,58). O jovem benfiquista, recordista de Portugal dos 100 livres, superou Bruno Ramos (Belenenses) e Tomás Lopes (Vitória SC).

Jaime Plaza (Louletanos) venceu os 50 bruços masculinos com 28,47 segundos.

Francisco Santos (Sporting) impôs-se nos 200 costas com 2.03,13 minutos. Na mesma prova, mas em femininos, a jovem argentina Malena Santillan, de 14 anos, venceu com 2.14,54 minutos, à frente de Catarina Mestre (Natação de Lisboa).

A estafeta feminina de 4×100 livres foi dominada pelo quarteto Sporting (Rita Frischknecht, Leonor Catalão, Ana Fomina e Maria Moura) com 3.56,96.

O segundo lugar foi para a formação do Galitos/Bresimar (Carolina Fernandes, Miriam Soares, Maria Almeida, Lara Vasconcelos) que terminaram com um máximo de Portugal de juniores (4.00,06).

Nos homens, O Sporting (Gustavo Ribeiro, Bernardo Almeida, Tiago Costa e Francisco Santos) também dominou com 3.26,57 minutos.

A encerrar a jornada, caiu o máximo de juvenis de 4×100 livres misto. O recorde foi obtido pelo Sporting de Braga (Milan Jevic, Eduardo Faria, Margarida Pinto, Maria Gomes Neves) com 3.53,92 minutos, superando o anterior máximo do Bairro Anjos (4.00,22 em 2021).

EM FOCO

Populares