Seguir o O MINHO

Braga

Adiada leitura do acórdão do caso das cartas de condução

em

Foto: Joaquim Gomes / O MINHO

A leitura do acórdão do caso de exames fraudulentos para obtenção de cartas de condução automóvel, que estava marcada esta manhã de sexta-feira, no Palácio da Justiça de Braga, porque os advogados de defesa dos arguidos não aceitaram as alterações não substanciais aos factos e a sua respetiva qualificação jurídica, sem se pronunciarem primeiro.

Segundo O MINHO havia noticiado, em primeira mão, as três juízas constataram muitas alterações do género durante o julgamento, por isso mesmo a presidente daquele Tribunal Coletivo, Luísa Alvoeiro, apresentou esta manhã um extenso despacho, com 43 páginas, a enumerar a razão de ser, uma por uma, das alterações que as três magistradas judiciais entendem ter havido, durante este julgamento, que já decorre ao longo de mais de um ano.

O advogado Miguel Brochado Teixeira, defensor de um dos principais arguidos, pediu a declaração de especial complexidade deste processo e o consequente prazo de dois meses para apreciar as alterações e solicitar documentação a entidades oficiais, como ao IMTT (Instituto da Mobilidade e dos Transportes) e ainda à ANIECA (Associação Nacional dos Industriais do Ensino de Condução Automóvel).

A procuradora do Ministério Público, Natacha Borges de Pinho, discordou da posição dos advogados, pelo que as três juízas do Tribunal Coletivo interromperam logo para reunir.
Depois de um intervalo a leitura do acórdão ficou marcada para o próximo dia 09 de março.

Anúncio

Braga

Hospital de Braga promove rastreio auditivo

Dia Mundial da Audição

em

Foto: DR

O Hospital de Braga celebra o Dia Mundial da Audição, no dia 03 de março com a oferta de rastreios auditivos levados a cabo pelo Serviço de Otorrinolaringologia, anunciou a direção do hospital em comunicado.

Esta iniciativa inédita do Serviço Nacional de Saúde (SNS), visa melhorar a saúde auditiva da população e contará também com uma tertúlia para reflexão sobre a importância do tema.

Sensibilizar a população, prevenir as doenças auditivas e consciencializar para a importância do diagnóstico precoce de lesões que afetam a qualidade da audição serão as medidas a tomar que permitirão uma atuação mais eficaz de medidas de reabilitação.

O rastreio, que consiste na realização de um audiograma (exame não invasivo que avalia de forma precisa a capacidade e a sensibilidade auditiva), destina-se a todos aqueles que apresentam sintomas de alteração da sua qualidade auditiva e que não estejam a ser seguidos na consulta externa de otorrinolaringologia do Hospital de Braga.

A participação é sujeita a marcação através do contacto telefónico 253027381, disponível nos dias úteis até 02 de março, das 08:30 às 12:00 e das 13:00 às 16:30.

A tertúlia realizar-se-á das 09:00 às 11:00 e terá entrada livre e aberta ao público em geral, visando a discussão de várias temáticas, entre as quais a importância deste dia, o papel do Serviço de Otorrinolaringologia do Hospital de Braga e o futuro desta área em Portugal.

Continuar a ler

Braga

Dois feridos em acidente em Braga

EN 14

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Duas pessoas ficaram feridas, esta terça-feira à noite, após colisão entre dois veículos, na Estrada Nacional (EN) 14, em Vimieiro, Braga.

Ao que O MINHO apurou junto de fonte dos bombeiros, “as vítimas sofreram ferimentos ligeiros”.

No local, estiveram os Bombeiros Sapadores de Braga, com desencarceramento para retirar uma vítima, e o INEM.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

A GNR Braga tomou conta da ocorrência.

Continuar a ler

Braga

Joaquim Barreto e Ricardo Costa na corrida à Federação de Braga do PS

Política

em

Foto: DR/Arquivo

O deputado Joaquim Barreto e o vereador na Câmara de Guimarães Ricardo Costa já anunciaram a sua candidatura à liderança da Federação Distrital de Braga do PS, nas eleições marcadas para 14 de março.

Joaquim Barreto preside à Federação do PS desde 2014 e candidata-se a um novo mandato, com o slogan “Primeiro o distrito. Primeiro o partido”.

Já Ricardo Costa, na primeira vez que concorre à Federação, escolheu o slogan “Todos como um. Todos um”.

Em relação ao mandato que agora está a terminar, Barreto destaca a vitória do PS em Braga nas eleições Europeias e nas Legislativas.

Neste último caso, refere que, a seguir ao Porto, Braga foi o distrito em que o PS mais cresceu em número de votos, elegeu mais um deputado do que em 2015.

Já Ricardo Costa coloca o foco nas autarquias, sublinhando que o PS “apenas” governa 4 dos 14 concelhos do distrito de Braga.

Diz ainda que, nas Autárquicas de 2017, em seis concelhos do distrito houve listas independentes protagonizadas por dissidentes do Partido Socialista, designadamente em Barcelos, Cabeceiras de Basto, Celorico de Basto, Póvoa de Lanhoso, Vizela e Fafe.

Ricardo Costa lembra ainda que, dos 4 atuais presidentes de Câmara do PS, dois foram escolha da Direção Nacional do partido, “contra a vontade da Federação”.

A esta leitura, Joaquim Barreto responde com a mensagem de apoio de Ricardo Costa quando, em 2018, se candidatou a um novo mandato à frente da Federação.

“Se as Autárquicas foram em 2017 e se o cenário foi assim tão negro, como se compreende o testemunho de apoio que [Ricardo Costa] publicou em 2018?”, refere Barreto.

Ricardo Costa alude ainda à avocação, pela Direção Nacional do PS, da lista de deputados pelo círculo de Braga, considerando que é reveladora dos “erros e da falha da estratégia” da Federação na coordenação do processo.

Para as eleições de 14 de março, Barreto diz que conta com o apoio dos presidentes de 11 das 14 concelhias, sendo as exceções Barcelos, Vila Verde e Famalicão.

Ricardo contrapõe que a sua candidatura é “das bases”, de cada militante do PS, e lembra que “o voto do militante mais prestigiado vale tanto como o voto do militante mais anónimo e desconhecido”.

Continuar a ler

Populares