Seguir o O MINHO

Futebol

Wendel, do Sporting, detido por conduzir sem carta

Em Alcochete

em

Foto: Twitter

O futebolista brasileiro Wendel, do Sporting, foi hoje detido pela Guarda Nacional Republicana (GNR) depois de ter sido apanhado a conduzir sem carta, em Alcochete, disse à Lusa fonte policial.


O médio, que seguia com outras pessoas no carro, recebeu ordem de paragem numa operação de rotina e foi levado ao posto da GNR de Alcochete, depois de admitir que não possuía habilitação legal para conduzir.

Wendel saiu em liberdade, mas foi notificado para comparecer perante um juiz do Tribunal do Montijo na quinta-feira, às 10:00.

O incidente com o jogador ‘leonino’ aconteceu três dias antes da final da Taça de Portugal, em que o Sporting defronta o FC Porto.

Contactado pela Lusa, o Sporting não comentou o sucedido.

Anúncio

Futebol

‘Champions’: O resultado do sorteio da “final a oito” em Lisboa

Liga dos Campeões

em

Foto: Divulgação / UEFA

O Atlético de Madrid, ‘carrasco’ do campeão europeu Liverpool, vai defrontar o Leipzig nos quartos de final da Liga dos Campeões de futebol, cuja ‘final a 8’ se vai disputar em Lisboa.

Num sorteio ainda condicionado por faltarem realizar quatro encontros da segunda mão dos oitavos de final, adiados pela pandemia de covid-19, apenas dois encontros dos ‘quartos’, disputados a apenas uma mão, ficaram definidos, entre os quais o dos ‘colchoneros’, de João Félix e finalistas em 2013/14 e 2015/16.

Pela frente, o Atlético de Madrid vai ter o Leipzig, estreante nesta fase da competição, que defrontou o Benfica na fase de grupos e que afastou nos oitavos de final o Tottenham, de José Mourinho e que tinha sido finalista em 2019.

Contudo, os alemães terão uma baixa de peso nos quartos de final, que se disputam de 12 a 15 de agosto, uma vez que já não vão contar com o avançado Timo Werner, transferido para o Chelsea.

O outro encontro já definido dos quartos de final vai colocar frente a frente a Atalanta, estreante na ‘Champions’, e o Paris Saint-Germain, crónico campeão francês, mas que não passa esta fase da competição desde 1994/95, tendo caído nos ‘oitavos’ nas últimas quatro temporadas.

Atual terceira classificada da Liga italiana, a Atalanta terá a vantagem de chegar com maior ritmo competitivo à partida com o Paris Saint-Germain, que não joga desde março, quando o campeonato francês foi cancelado, embora ainda dispute jogos da Taça de França e da Taça da Liga antes dos ‘oitavos’ da ‘Champions’.

Certo é que haverá uma equipa que nunca foi campeã europeia na final do Estádio da Luz, uma vez que o vencedor do encontro entre o Atlético de Madrid e o Leipzig vai defrontar Paris Saint-Germain ou Atalanta.

O Real Madrid, recordista de triunfos na principal prova europeia, com 13 troféus, terá de reverter uma derrota caseira por 2-1 com o Manchester City, de João Cancelo e Bernardo Silva, para evitar a segunda eliminação consecutiva nos oitavos de final.

Sem qualquer presença na final da ‘Champions’, os ‘citizens’, que perderam o título de campeão inglês para o Liverpool, tentam a terceira presença consecutiva nos quartos de final.

Quem vencer este duelo em atraso dos ‘oitavos’, marcado para 07 ou 08 de agosto, vai defrontar a Juventus, de Cristiano Ronaldo, ou o Lyon, de Anthony Lopes, com os franceses a viajarem para Itália com uma vantagem de 1-0.

Duas vezes campeã europeia, a ‘vecchia signora’ tenta chegar pela terceira vez consecutiva aos quartos de final, enquanto o Lyon não passa desta fase há 10 temporadas.

Cristiano Ronaldo pode reencontrar o Real Madrid em Lisboa, onde, ao serviço dos ‘merengues’, venceu a Liga dos Campeões.

Com um ‘pé e meio’ nos quartos de final está o Bayern Munique, que venceu fora o Chelsea, por 3-0, numa temporada em que procura juntar uma sexta ‘Champions’ ao oitavo título consecutivo de campeão alemão e à Taça da Alemanha.

Nos quartos de final, caso confirmem o favoritismo, os bávaros poderão encontrar outro gigante europeu, o FC Barcelona, que recebe na segunda mão dos ‘oitavos’ o Nápoles, após uma igualdade a um golo em Itália.

Os catalães, de Nelson Semedo, não atingem uma final desde 2014/15, quando conquistaram o seu quinto e último troféu, e defrontam um Nápoles, de Mário Rui, que nunca passou dos ‘oitavos’, mas que ainda não perdeu na presente edição da competição.

Os jogos em atraso da segunda mão dos oitavos jogam-se nos recintos dos clubes visitados em 07 e 08 de agosto, com a ‘Champions’ a mudar-se depois para Lisboa, onde se disputam os quartos de final (12 a 15), as meias-finais (18 e 19) e a final (23).

Continuar a ler

Futebol

“Oitavo lugar seria uma boa classificação para o Moreirense”

I Liga

em

Foto: DR / Arquivo

O treinador Ricardo Soares afirmou hoje que o jogo entre o Moreirense e o Belenenses SAD, da 31.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, no sábado, é mais uma “oportunidade” para a sua equipa crescer e tentar vencer.

Oitava classificada, com 39 pontos, a turma de Moreira de Cónegos já garantiu matematicamente a permanência, mas o seu técnico realçou que os seus jogadores vão lutar pelos triunfos nos quatro jogos do campeonato que restam, a começar pelo duelo com a equipa ‘azul’, que não vence há cinco jogos e luta ainda pela manutenção, ao ocupar a 14.ª posição da tabela, com 31 pontos.

“É mais um jogo em que temos oportunidade de crescer e de demonstrar qualidade. Vamos lutar pela vitória, como fazemos em todos os jogos, sabendo que vamos encontrar um adversário extremamente motivado e difícil, que precisa de pontos para atingir o objetivo”, realçou o técnico, na conferência de antevisão ao desafio agendado para as 19:15.

O ‘timoneiro’ do conjunto minhoto reconheceu que é importante saber como o Belenenses SAD, uma “equipa com qualidade”, se vai “posicionar” em campo, mas lembrou que é “mais importante” os seus pupilos serem “iguais a si próprios”.

Depois de Halliche ter visto o cartão vermelho e de Steven Vitória ter visto o quinto amarelo na receção ao Sporting (0-0), na segunda-feira, o Moreirense só dispõe de um defesa central para o jogo de sábado, mas Ricardo Soares disse encarar a situação como um “desafio” à sua competência, que pretende “resolver com eficácia”.

“Isto coloca-nos à prova e faz de nós mais competentes ou menos competentes. Se não houvesse estas adversidades, não iríamos acrescentar mais valor a nós próprios”, observou.

O treinador rejeitou ainda que a escassez de opções para o eixo da defesa possa ser decisivo para “o sucesso ou o insucesso” do Moreirense, tendo preferido realçar o desejo da sua equipa ser “protagonista” como fator que pode fazer a diferença perante uma “equipa agressiva”, com um “compromisso enorme”, “à imagem” do seu treinador, Petit.

Com o principal objetivo da época concretizado, o Moreirense quer, nos jogos que restam, “potenciar jogadores”, “mostrar profissionalismo” e segurar o oitavo lugar da tabela, face à distância de sete pontos para a equipa logo acima na tabela, o Vitória SC.

“Seria uma boa classificação para o Moreirense o oitavo lugar. As equipas mais competentes nesta ‘reta final’ vão conseguir mais pontos. Estamos numa excelente classificação. É difícil chegar mais acima, pela qualidade dos adversários e pela distância pontual. Atrás, temos equipas de valia muito idêntica à nossa e queremos ser competentes”, assumiu.

O Moreirense, oitavo classificado da I Liga, com 39 pontos, visita o Belenenses SAD, 14.º, com 31, em partida da 31.ª jornada, às 19:15 de sábado, na Cidade do Futebol, em Oeiras, com arbitragem de Luís Godinho, da Associação de Futebol de Évora.

Continuar a ler

Futebol

Sorteada hoje fase final da Liga dos Campeões que se disputa em Lisboa

Na Suíça

em

Foto: DR / Arquivo

O sorteio da fase final da Liga dos Campeões de futebol, que se vai disputar em Lisboa, vai realizar-se hoje em Nyon, na Suíça, com quatro equipas ainda por definir.

A pandemia de covid-19 obrigou à interrupção das provas europeias, com a UEFA a decidir organizar uma inédita ‘final a oito’, com eliminatórias a apenas uma mão, em Lisboa, entre 12 e 23 de agosto, com a final marcada para o Estádio da Luz.

A partir das 12:00 (11:00 em Lisboa), em Nyon, iniciar-se-á o sorteio dos quartos de final, meias-finais e final da Liga dos Campeões, e, como é habitual nesta fase da competição, não haverá cabeças de série, nem qualquer impedimento de se defrontarem equipas do mesmo país.

Até ao momento, já se apuraram para os ‘quartos’ Atalanta, Leipzig, Atlético de Madrid – que eliminou o campeão europeu em título, Liverpool – e Paris Saint-Germain.

Com a paragem da competição, ficaram por decidir quatro embates da segunda mão dos oitavos de final: Manchester City-Real Madrid (2-1, na primeira mão), Juventus-Lyon (0-1), Bayern de Munique-Chelsea (3-0) e FC Barcelona-Nápoles (1-1).

Caso estas quatro partidas, agendadas para 07 e 08 de agosto, não se possam realizar nos países para os quais estavam inicialmente marcadas, devido à pandemia de covid-19, serão disputadas em Portugal, mais concretamente nos estádios do Dragão, no Porto, e D. Afonso Henriques, em Guimarães.

Uma hora depois (12:00 em Lisboa) será a vez de se conhecer o alinhamento da Liga Europa, cuja fase final se vai disputar na Alemanha, de 12 a 23 de agosto.

Os desafios em falta dos oitavos de final terão lugar em 05 e 06 de agosto.

Devido à suspensão das provas, ficou por decidir a segunda mão dos jogos LASK-Manchester United (0-5, na primeira mão), Eintracht Frankfurt-Basileia (0-3), Basaksehir-Copenhaga (1-0), Wolfsburgo-Shakhtar Donetsk (1-2), Olympiacos-Wolverhampton (1-1) e Rangers-Bayer Leverkusen (1-3).

Já as eliminatórias entre Inter de Milão e Getafe, e entre Sevilha e Roma, cuja primeira mão não foi realizada, devido à crise mundial de saúde pública, serão decididos em apenas um jogo, em local a confirmar.

Continuar a ler

Populares