Seguir o O MINHO

Futebol

Vitória depois de 18 casos de covid-19? “Houve superação mental”

Rui Almeida

em

Declarações após o jogo Gil Vicente-Portimonense (1-0), da segunda jornada da I Liga portuguesa de futebol, disputado no Estádio Cidade de Barcelos:


Rui Almeida (treinador do Gil Vicente): “Depois de todos estes acontecimentos das últimas três semanas [18 casos de covid-19 no clube de Barcelos], houve superação mental face a tudo o que se tinha passado, superação física, depois dos jogadores terem sido obrigados a trabalho individual, que não é igual. Os meus parabéns a eles, por se mostrarem assim, num jogo que seria difícil. Era importante entrar bem.

Antes do penálti, tivemos duas ou três ocasiões claras para golo. Foi muito importante para a confiança da equipa [Dénis ter defendido o penálti]. Reagimos bem a esse momento. Pegámos no jogo novamente. Nos minutos finais, foi uma situação diferente. Deveríamos pressionar mais o portador de bola e não permitir o jogo direto deles. Nestas cinco semanas de trabalho, trabalhámos três. A equipa está em crescimento e houve jovens que acabaram de chegar. Queremos passar as ideias à equipa o mais rapidamente possível.

[Sobre a quarentena do Gil Vicente e o alegado desconhecimento do Portimonense sobre a sua equipa] Hoje, temos ao nosso dispor ferramentas para chegarmos à informação. Faz parte do nosso trabalho pensar o jogo para atacar o adversário da forma mais forte possível. Mas eu peço sempre mais da minha equipa do que do adversário. Tínhamos algumas limitações. Temos alguns jogadores que saíram há 48 horas de quarentena. Queríamos criar alguma incerteza quanto à nossa saída de bola.

Estou feliz pelo regresso [ao futebol português]. Entrar bem é sempre fantástico e trabalhar sobre vitórias dá confiança aos atletas. A minha carreira foi construída sempre a pulso. É um orgulho chegar a esta casa, numa região em que tenho raízes familiares.

Em relação ao Samuel [Lino] e ao Antoine [Léautey], são jovens e têm muita qualidade. Estamos cá para os ajudar a serem o melhor possível. Vamos ajudá-los a crescer. O individual não é importante se o coletivo não tiver sucesso. Hoje, tivemos sucesso. Eles trabalharam muito para a equipa”.

Paulo Sérgio (treinador do Portimonense): “Não fomos a equipa que queremos ser ao longo dos 90 minutos. Melhorámos bastante na segunda parte, mas não tivemos eficácia. Na primeira parte, perdemos uma grande penalidade que nos poderia dar outro conforto no jogo. Não entrámos nada bem. Entrou melhor o Gil. Mas, antes do penálti, tivemos um bom período.

O que mais me preocupa são alguns erros infantis ao longo dos 90 minutos. Um dá o golo do Gil. Noutros dois ou três, o Gil não aproveitou. Depois, tivemos quatro ou cinco bolas para golo, mas não aproveitámos. Viu-se alguma apatia em alguns jogadores. Mas há um sabor a injustiça por não levarmos pelo menos um ponto daqui.

Viemos para esta partida não tão munidos de informação quanto desejaríamos [devido aos casos de covid-19 que atrasaram o regresso gilista à competição]. Tínhamos muito menos informação acerca do Gil. Isto teve alguma influência, mas não desculpa tudo.

No primeiro jogo [empate com o Paços de Ferreira], referi alguns erros de índole coletiva. Neste, cometemos erros de índole individual. Melhorámos nos aspetos em que falhámos na primeira jornada, mas, neste jogo, houve uma apatia em alguns jogadores que não esperava, tendo em conta o que fizemos na pré-época. Que acordem, porque a competição já começou”.

Anúncio

Futebol

Bracarense Diogo Dalot cedido ao AC Milan

Mercado de transferências

em

Foto: AC Milan / Twitter

O defesa Diogo Dalot vai atuar esta época na Liga italiana de futebol ao serviço do AC Milan, confirmou este domingo o clube italiano, que garantiu o empréstimo do internacional sub-20 português junto do Manchester United.

Diogo Dalot vai usar a camisola número cinco nos ‘rossoneri’, informou o emblema de Milão no sítio oficial da Internet, num curto comunicado em que não são adiantados mais detalhes sobre este acordo de empréstimo.

Nascido em Celeirós, Braga, em 1999, Diogo Dalot foi formado nas escolas do F. C. Porto, tendo atuado pela primeira vez na equipa principal dos ‘dragões’ em 2017, ano em que se sagrou campeão nacional, sendo transferido na temporada seguinte para o Manchester United (35 jogos, um golo).

Continuar a ler

Futebol

SC Braga bate Casa do Benfica de Loures na fase final em futebol de praia

Futebol de praia

em

Foto: DR

O tricampeão nacional SC Braga bateu a Casa Benfica de Loures por 7-2, somando os seus primeiros três pontos nesta fase, depois da derrota da véspera frente ao Sporting.

Do lado dos minhotos, André Lourenço (2), Bokinha, Fábio Costa, Rafa Padilha, Léo Martins e Jordan Soares foram os marcadores de serviço, com Andrade e Josep a fazerem os golos do conjunto de Loures.

Já o Sporting somou a segunda vitória consecutiva na fase final do Campeonato de Elite de futebol de praia, após vencer o Desportivo de Chaves (5-3).

Os ‘leões’ ganharam graças aos golos de Coimbra, Von, Pinhal e um ‘bis’ de Belchior, enquanto Javier Torres e Kuman marcaram para os transmontanos.

Com estes resultados, o Sporting lidera a tabela classificativa com seis pontos, enquanto a Casa Benfica de Loures (que venceu no sábado o Desportivo de Chaves) e o SC Braga seguem com três. O Desportivo de Chaves ainda não somou qualquer ponto.

O título de campeão é decidido na segunda-feira, na terceira jornada desta fase final que coloca frente a frente o Braga e o Chaves, e o Sporting e a Casa Benfica de Loures.

Continuar a ler

Futebol

Vitória empresta Venâncio ao Lugo de Espanha

Mercado de transferências

em

Foto: DR

O defesa central Frederico Venâncio vai cumprir a temporada 2020/21 no Lugo, da II Liga espanhola de futebol, por empréstimo do Vitória SC , anunciou hoje o clube da I Liga portuguesa.

“A Vitória Sport Clube, Futebol SAD anuncia o empréstimo de Frederico Venâncio ao CD Lugo, de Espanha, com duração de uma temporada, sem opção de compra”, lê-se na nota publicada no sítio oficial dos vimaranenses.

O jogador, de 27 anos, vai competir pela primeira vez em Espanha, pela equipa da comunidade autónoma da Galiza, atual 16.ª classificada da II Liga ao fim de três jornadas, após ter realizado 36 jogos pelo emblema minhoto nas duas últimas temporadas – oito em 2018/19 e 26 em 2019/20.

Ligado ao Vitória até ao final da temporada 2021/22, Frederico Venâncio ficou de fora do plantel treinado por Tiago Mendes para a época em curso, composto por 33 elementos.

Natural de Setúbal, o defesa formou-se no Benfica e no Vitória sadino, clube pelo qual se estreou na I Liga em 2013, aos 19 anos, e contabilizou 138 jogos oficiais até 2017, com oito golos marcados.

Na temporada 2017/18, Frederico Venâncio representou, por empréstimo dos setubalenses, o Sheffield Wednesday, equipa da II Liga inglesa pela qual disputou 25 jogos oficiais.

Continuar a ler

Populares