Seguir o O MINHO

Alto Minho

Por vingança pegou fogo a floresta em Viana do Castelo e foi apanhado pela PJ

em

Foto (arquivo): DR

Um homem com 40 anos de idade foi hoje detido por ser suspeito de ter ateado fogo a uma floresta em Vila Nova de Anha, concelho de Viana do Castelo. Segundo apurou o O MINHO, o indivíduo terá agido por “vingança”.

“Utilizou um isqueiro e foiu movido por sentimentos de vingança”, lê-se no comunicado da Polícia Judiciária (PJ) de Braga.

A mesma força judiciária adiantou que o homem, desempregado e residente naquela freguesia da margem esquerda do rio Lima, foi detido numa operação que contou com a colaboração da GNR de Viana do Castelo.

“Está fortemente indiciado pela prática de um incêndio florestal que consumiu uma área de 50 metros quadrados de mato, não tendo tomando outras proporções dada a pronta intervenção de uma testemunha, populares e bombeiros quem de imediato, se deslocaram para o local”, refere o mesmo comunicado.

O suspeito vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

A PJ informou que, este ano, já identificou e deteve seis dezenas de pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal. Uma destas ainda hoje em Famalicão.

 

EM FOCO

Populares