Connect with us

Viana do Castelo recebe Europeu de Laser Radial

Alto Minho

Viana do Castelo recebe Europeu de Laser Radial

Mais de 300 velejadores de 31 países vão participar, de 18 a 25 de julho, em Viana do Castelo, no Campeonato Europeu de Laser Radial, considerada “a maior prova náutica alguma vez realizada na cidade”.

“Passará a ser, de longe, o maior evento náutico que Viana do Castelo organizou, até pelo número de dias. É uma estrutura logística imensa que vai colocar a organização no limite, tendo a certeza que vamos cumprir”, garantiu o presidente do Clube de Vela de Viana do Castelo (CVVC), António Cruz.

O responsável, que falava hoje à tarde aos jornalistas durante a apresentação do evento desportivo, destacou o facto de algumas equipas, da Suíça e da Alemanha, chegarem um mês antes da competição para começar os treinos.

Além do CVVC, o Campeonato Europeu de Laser Radial é promovido pela Câmara Municipal de Viana do Castelo, que, através do projeto Centro de Mar, financia o evento orçado em várias dezenas de milhares de euros.

António Cruz adiantou que o CVVC dispôs de apenas seis meses para organizar a competição, inicialmente prevista para França.

“Face à desistência de França, e da candidatura da Corunha não ter avançado, soubemos em dezembro que seriamos nós a receber o evento, que obriga a uma estrutura logística e humana enorme, mas que vai permitir equipar o CVVC com equipamentos estruturas para o futuro”, explicou.

O dirigente desportivo sublinhou o “forte” impacto económico que a prova irá ter na restauração e hotelaria da cidade uma vez que para além dos velejadores o evento vai movimentar “mais de 500 pessoas, entre familiares e treinadores que vão estar na cidade”.

Também o secretário de Estado do Desporto e Juventude, Emídio Guerreiro, destacou a forte “componente económica por detrás deste tipo de eventos”, considerando que estes acontecimentos desportivos são “fundamentais para alavancar a atividade económica e o desenvolvimento do país”.

O presidente da Câmara de Viana, José Maria Costa, disse que esta prova é “o reconhecimento justo” da aposta que Viana do Castelo tem vindo a fazer na náutica de recreio e, “uma oportunidade de afirmação enquanto centro de acolhimento de provas internacionais, e de estágios para equipas de todo o mundo”.

Nesse sentido, José Maria Costa sublinhou que esta prova “vai ao encontro dessa estratégia”, que localmente inclui ainda o projeto Náutica nas Escolas, que este ano letivo mobilizou 1.063 alunos, de 54 turmas dos 2.º e 3.º ciclos do Ensino Básico.

A cidade passou a contar, deste 2013 com quatro equipamentos náuticos dedicados ao Surf, Vela, Remo e Canoagem, que resultaram de um investimento superior a sete milhões de euros, aplicado no âmbito do projeto Centro de Mar.

 

Mais em Alto Minho

Bitnami