Seguir o O MINHO

Alto Minho

Viana do Castelo investe 5 milhões para pôr 35.500 famílias a fazer compostagem

em

Os Serviços Municipalizados de Saneamento Básico de Viana do Castelo (SMSBVC) vão investir 5,3 milhões de euros nos próximos três anos para pôr 35.500 famílias do concelho a fazer compostagem e recolha seletiva de biorresíduos alimentares.

processo-de-compostagem

Imagem: meioambiente.culturamix.com

Aquele investimento, anunciado hoje em conferência de imprensa pelo presidente do conselho de administração dos SMSBVC, Vítor Lemos resulta da aprovação de uma candidatura ao Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (PO SEUR).

Do montante global do projeto para a promoção da compostagem doméstica e recolha seletiva de biorresíduos alimentares, 4,2 milhões de euros representam a comparticipação daqueles fundos comunitários e 1,1 milhões de euros serão suportados pelo município de Viana do Castelo.

Vítor Lemos, que é também vice-presidente da Câmara da capital do Alto Minho explicou que o objetivo do projeto é atingir as novas metas comunitárias de reciclagem previstas no Plano Estratégico para os Resíduos Urbanos (PERSU) para 2020.

“Pretendemos com este trabalho atingir as metas comunitárias, evitando que os munícipes de Viana do Castelo sejam taxados por incumprimento do PERSU”, frisou, referindo ainda que a redução da produção e deposição Biorresíduos em aterro é outra das finalidades do projeto.

“Em 2006 Viana do Castelo encaminhava para aterro, 39 mil toneladas de resíduos. Em 2015 foram depositadas 32 mil toneladas”, destacou.

O técnico responsável pelo projeto hoje anunciado, Constantino Azevedo explicou uma das duas componentes da ação, destinada às zonas rurais, prevê a distribuição, por 13.500 fogos, cerca de 50% do total de fogos existentes em área rural, de igual número ‘kits’ para compostagem urbana.

“Passamos das atuais 100 famílias que já fazem compostagem para as 13.500”, reforçou.

Já na área urbana, o projeto cobrirá a totalidade dos 22.000 fogos habitacionais existentes, através da distribuição do mesmo número de contentores domésticos para armazenamento temporário dos biorresíduos alimentares e da instalação de 480 contentores para a descarga coletiva.

“Os contentores de descarga coletiva têm um sistema de gestão de acessos. Cada habitação receberá uma chave que permite ao munícipe controlar o material depositado”, explicou.

Segundo aquele técnico o projeto prevê a criação de uma plataforma informática ‘online’ “onde cada munícipe poderá ter acesso ao seu contributo ambiental pela utilização destes equipamentos”, especificou.

No âmbito deste projeto serão ainda adquiridas duas viaturas, “com capacidade para 25 metros cúbicos que irão permitir ganhos de eficiência na recolha e transporte dos biorresíduos alimentares”.

“Atualmente a recolha seletiva de biorresíduos alimentares cobre 88 restaurantes e cantinas, representando um total de 637 toneladas por ano”, disse.

Segundo Constantino Azevedo o objetivo deste projeto é “colocar ao dispor da população as melhores ferramentas e melhores práticas com vista a atingir uma redução da produção e deposição Biorresíduos em aterro, promovendo a educação para a cidadania e sustentabilidade”.

O projeto inclui ainda ações de sensibilização e educação ambiental a realizar junto das famílias e dos estabelecimentos escolares do concelho “com vista à alteração de comportamentos no que diz respeito ao tratamento dos resíduos”.

logo Facebook Fique a par das Notícias de Viana do Castelo. Siga O MINHO no Facebook. Clique aqui

 

Anúncio

Alto Minho

Bombeiros de Valença homenageados na Galiza

Confrades de honra de San Telmo

em

Foto: Cortesia de Radio Municipal de Tui

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Valença foi, este sábado, alvo de uma homenagem na catedral da cidade vizinha de Tui, na Galiza (Espanha).

Esta homenagem, fruto de “uma histórica ligação” de apoio ao longo dos 100 anos da corporação portuguesa, foi proposta pela Confraria de San Telmo, baseada naquela cidade espanhola, que reconheceu não só a direção como todo o corpo de bombeiros como “confrades de honra de San Telmo”.

Esteve presente o presidente da direção, Fernando Oliveira, e o comandante do corpo de bombeiros, Miguel Lourenço, assim como outros elementos da direção, do corpo ativo e do quadro de honra daquela instituição.

“A todos os Tudenses, um enorme agradecimento pelo reconhecimento e importante nomeação, que será sem dúvida mais um marco no ano de cumprimento do nosso centenário de vida”, referiu a associação, em comunicado divulgado na sua página de Facebook.

Os Bombeiros de Valença, assim como os serviços de proteção civil, efetuam, ao longo do ano e sob várias valências, uma série de serviços em conjunto com os meios de socorro galegos.

A associação está a celebrar, em 2019, o seu centenário.

Continuar a ler

Viana do Castelo

Viana: Emília Cerqueira e Jorge Mendes eleitos para a coordenação de comissões parlamentares

A deputada vai coordenar o Grupo Parlamentar do PSD nas matérias relacionadas com a problemática do Mundo Rural e do Mar

em

Emília Cerqueira e Jorge Mendes, deputados eleitos por Viana. Foto: Divulgação

Os deputados do PSD escolheram, na quinta-feira, os Coordenadores e Vice-coordenadores do partido nas Comissões Parlamentares Permanentes, tendo sido eleitos os deputados do PSD do distrito de Viana do Castelo, Emília Cerqueira e Jorge Mendes.

Emília Cerqueira foi eleita coordenadora da Comissão de Agricultura e Mar onde passa a coordenar o Grupo Parlamentar do PSD nas matérias relacionadas com a problemática do Mundo Rural e do Mar.

Jorge Mendes, por seu lado, foi eleito vice-coordenador na Comissão de Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação onde exercerá as funções de coadjuvação na coordenação do Grupo Parlamentar nas áreas da Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação.

“Com esta eleição para cargos de coordenação, os deputados do PSD, eleitos pelo Alto Minho, assumem um papel relevante na condução dos interesses da nossa região e reunirão condições privilegiadas para colocar o distrito na centralidade da agenda política”, referem os deputados em nota de imprensa.

Continuar a ler

Viana do Castelo

Estação Salva-Vidas de Viana resgata tripulante de cargueiro com problemas de saúde

Resgate

em

Foto: Divulgação

Um tripulante de um cargueiro, que estava com problemas de saúde, foi resgatado, esta sexta-feira à noite, pela Estação Salva-Vidas de Viana do Castelo.

De acordo com o capitão de porto e comandante da Polícia Marítima de Viana do Castelo, Sameiro Matias, citado pela Rádio Alto Minho, o homem resgatar tem 50 anos, é de nacionalidade estrangeira e queixava-se de um problema ocular, necessitando de cuidados médicos.

A operação de resgate, a cerca de 50 milhas da costa vianense, teve início às 17:00 horas, mobilizando vários meios de emergência, terminando por volta das 20:30.

Ondas com seis metros de altura

Face à intensa agitação marítima, o capitão destacou o resgate por entre ondas que iam “dos quatro aos seis metros”.

“O navio navegava a cerca de 50 milhas da costa e aproximou-se até às 16/18 milhas para permitir a manobra do salva-vidas Atento e o resgate do tripulante. Concluída a operação o navio prosseguiu viagem”, disse o capitão, citado pela mesma fonte.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares