Seguir o O MINHO

Região

Urso-pardo terá sido avistado no Gerês

em

Urso-pardo. Foto: Ilustrativa

Uma fotografia partilhada no Facebook por Carlos Aguiar, professor da Escola Superior Agrária de Bragança, esta terça-feira, mostra aquilo que serão pegadas de um urso-pardo, na zona da serra do Barroso, no Gerês, animal que desapareceu da região há 175 anos.

“Confirmada a presença de ursos (Ursus arctos) divagantes no Barroso (norte de Portugal)”, escreve o docente daquela escola, que diz que a fotografia foi tirada por um primo e a “identificação foi confirmada por especialistas”.

À TVI, o familiar do professor afirma mesmo ter ali avistado o urso-pardo.

“Vi ali naquela esquina um animal muito grande, a andar com as quatro patas. Mas um animal muito grande. (…) quando ele vem virado às colmeias é que lhe vi o focinho e era um urso”, relatou.

Desde 1843 que o urso-pardo não existe no Gerês, altura em que o último exemplar foi morto pela população local.

A informação da presença do animal ainda não foi confirmada oficialmente.

O urso-pardo, recorde-se, ainda existe em Espanha, nomeadamente na zona de Zamora, do outro lado da fronteira com o distrito de Bragança. Por isso, caso se confirme a presença na região, a mesma deverá ser temporária.

Populares